InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Como você descobriu sua assexualidade?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Allison2017
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 03:11

Oi, pessoal. Tudo bem com vocês??
Estou aqui hoje porque queria pedir um favor de vocês.

Não sei bem como colocar isso em palavras, o que é até um pouco irônico. Mas recentemente comecei a escrever sobre assexualidade; um história normal que eu quero expor a diversidade e a complexidade do ser humano. Sou gay assumido e passei por ~certas~ dificuldades do momento em que eu me descobri como homossexual até me abrir para minha família.
Mas sem falar muito sobre mim, eu queria saber se vocês poderiam me contar como e quando vocês descobriram sua orientação sexual, se você tentou manter relações com outras pessoas por pressão externa (e como foi essa situação), se você tentava esconder sua falta de interesse em sexo das pessoas etc etc etc, como foi o processo de descoberta, em geral.  

Pode parecer clichê da minha parte, mas desde muito cedo fui aspirante a escritor. E acho que a diversidade na literatura é algo de EXTREMA importância, mas, acima de tudo, de EXTREMO cuidado. Assexualidade não é somente um assunto pouco discutido, como também é algo não tão fácil de expor em palavras por pessoas que não conhecem/não vivem essa orientação.

Gostaria de saber se vocês poderiam me ajudar com seus depoimentos, pois quero passar sinceridade e beleza com as minhas palavras. Será que vocês poderiam me contar um pouco sobre vocês? Lembrando que nunca, jamais, vou utilizar o depoimentos de vocês como uma forma de promoção, muito menos vou basear minha história na sua vida. Eu só preciso conhecer a assexualidade de um ponto de vista que não seja científico e de ~fora, se é que vocês me entendem.

No entanto, se vocês não se sentirem confortável com isso, eu super entendo!
Mas agradeço desde já!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alis-
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 262
Inscrição 01/09/2016
Idade 21
Pensamento Aprenda a enxergar. Perceba que tudo se conecta a tudo o resto.

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 10:38

Tenho a mesma visão sua sobre a literatura, e acho muito importante essa representatividade! Uma forma legal de você conhecer como as pessoas se descobriram é olhando os tópicos de apresentações. Já que você não vai usar a história de ninguém, ler pode te dar uma base. Você vai perceber que a maioria aqui passou pelas mesmas coisas: se sentia deslocado, estranho, não se encaixava, começou a pesquisar sobre o assunto (ou ouviu falar de assexualidade), caiu aqui no fórum e se encontrou. Mas pra não te deixar na mão, vou falar um pouco do meu processo de descoberta (digo "processo" porque estou sempre mudando a forma como me identifico).

Eu conheci a assexualidade quando era muito nova, tinha cerca de 14~15 anos, e na época me identifiquei, mas não passei a me definir como Ace ou a levar o assunto a sério, foi algo que eu li sem querer na internet, pensei "sou assexual tipo tal" e deixei isso pra lá (igual quando você lê aqueles testes de personalidade que dizem que você é determinado "tipo" de pessoa). Eu não tinha muito interesse em relacionamentos nem em pessoas, mas pensava que isso ia acontecer com o tempo. Às vezes eu pensava no assunto, mas na maior parte do tempo nem lembrava que isso existia.

Com uns 20 anos comecei a perceber que a maioria das pessoas que eu conhecia já tinham namorado, ficado, transado e etc. e eu não estava nem aí. Toda vez que um assunto desse tipo surgia eu me sentia desconfortável por não ter nada pra compartilhar. Podia contar nos dedos da mão direita o número de pessoas que eu já tinha me interessado, ainda assim era um interesse que não chegava perto do interesse que as pessoas pareciam ter umas pelas outras (todo mundo contava que pensava na pessoa o dia todo, perdia a fome e tal, e eu não sentia nada disso). Foi quando eu vi que eu era diferente e comecei a pesquisar sobre o assunto. Encontrei o fórum e comecei a frequentar. Já mudei minha identificação várias vezes e hoje me identifico como Gray-A (zona cinza) porque meu interesse por relacionamentos/sexo varia muito, às vezes tenho muito interesse, às vezes tenho pouco e às vezes, nenhum.

Nunca tentei esconder minha falta de interesse pelas outras pessoas, muito pelo contrário, rejeitei todas as investidas e tentativas de me empurrar namorado que os outros arrumam. Já pensaram que sou lésbica e estou no armário, algumas pessoas pensam que sou tímida e não gosto de falar sobre minha vida pessoal, mas todo mundo percebe que esse é um assunto que eu não falo. Nunca falei para ninguém abertamente que sou ace, costumo apenas falar que não tenho muito interesse, no que as pessoas respondem "você ainda só não encontrou a pessoa certa". Geralmente é quando deixo pra lá, porque discutir isso é cansativo.

Espero que ajude com o livro, e se der, dá um retorno pra gente de como está seu personagem piscando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Excel
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 26
Inscrição 31/03/2017
Idade 34

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 14:38

Assexual eu sempre fui, o termo que se dava para isso eu descobri bem recentemente na internet.
Eu sempre me senti meio deslocada.

Nunca pensei em ter um namorado, o que acontecia é que eu começava uma amizade com a pessoa, me sentia conectada com ela e isso acabava levando ao relacionamento e com isso a parte do sexo e nessa parte é que a coisa começava a despencar, porque antes disso eu amava ficar com a pessoa, curtir fazer as coisas juntas, fazer planos e tal e quando entrava o sexo aí complicava. O problema é que quem gosta de sexo não vê problema de fazer todo dia e quem não gosta não vê problema de fazer uma vez ao mês (porque eu fazia para agradar o parceiro já que ele gostava), mas o problema é que ter que fazer algo que não se gosta todo dia começa a ser chato e com isso aparece o questionamento "você não me ama mais, por isso não quer fazer amor comigo" e isso começa a fazer você pensar, será que é verdade, eu não o amo mesmo, confundi amizade com amor? E com isso terminava a relação.

Depois de dois namoros cheguei a conclusão que o problema era comigo porque eu não sentia atração por homens e comecei a me relacionar com mulheres só que a mesma coisa acontecia. Rolava a conexão, o sentimento de querer viver junto e tal e quando entrava o sexo na jogada aí a mesma coisa se repetia. Então desisti e resolvi só querer amizade nada mais de relacionamentos. Se um homem me aborda eu digo que sou lésbica se é uma mulher eu digo que sou hetero.

Só que com o passar dos anos a família começa a querer saber porque você não tem ninguém, amigos ficam querendo arrumar tudo que é pessoa para você como se fosse uma necessidade ter alguém, absurdo ficar só. A pressão é tão grande das pessoas falando que vou ficar só e quando precisar de alguém não terei alguém, vou envelhecer só, que por eu ser mulher é perigoso morar e ficar sozinha e sim, já cheguei a cogitar que eu precisava de um namorada(o) só por ter um.

Hoje eu sei que não é isso que eu quero e que não existe isso de ter que arrumar alguém, essa imposição da sociedade de constituir família. Eu quero ficar solteira, não quero me relacionar com ninguém, o que eu preciso são de amigos e não namorados : )

Agora sobre falar para os outros que sou ace, já tentei contar para os amigos, mas eles não entenderam, acho que porque vivi muitos anos vivendo um personagem que eles acham difícil a garota que falava sacanagem, zoava, tinha aventuras amorosas (porque ninguém sabe o que se passava no relacionamento : /) falar que é assexual, eles não entendem que era tudo uma mentira, apenas uma máscara para não se sentir deslocada, não ser a estranha. Agora com 34 anos eu não ligo mais para isso, não preciso ser aceita por ninguém, quero mais é curtir a vida e não dar satisfação para ninguém (ok, trabalhando nisso ainda)

E adoro ler, quero saber do livro quando terminar, fico feliz de alguém querer abordar esse tema : ), parabéns pela iniciativa ^.^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 14:57

Alis- escreveu:
Tenho a mesma visão sua sobre a literatura, e acho muito importante essa representatividade! Uma forma legal de você conhecer como as pessoas se descobriram é olhando os tópicos de apresentações. Já que você não vai usar a história de ninguém, ler pode te dar uma base. Você vai perceber que a maioria aqui passou pelas mesmas coisas: se sentia deslocado, estranho, não se encaixava, começou a pesquisar sobre o assunto (ou ouviu falar de assexualidade), caiu aqui no fórum e se encontrou. Mas pra não te deixar na mão, vou falar um pouco do meu processo de descoberta (digo "processo" porque estou sempre mudando a forma como me identifico).

Eu conheci a assexualidade quando era muito nova, tinha cerca de 14~15 anos, e na época me identifiquei, mas não passei a me definir como Ace ou a levar o assunto a sério, foi algo que eu li sem querer na internet, pensei "sou assexual tipo tal" e deixei isso pra lá (igual quando você lê aqueles testes de personalidade que dizem que você é determinado "tipo" de pessoa). Eu não tinha muito interesse em relacionamentos nem em pessoas, mas pensava que isso ia acontecer com o tempo. Às vezes eu pensava no assunto, mas na maior parte do tempo nem lembrava que isso existia.

Com uns 20 anos comecei a perceber que a maioria das pessoas que eu conhecia já tinham namorado, ficado, transado e etc. e eu não estava nem aí. Toda vez que um assunto desse tipo surgia eu me sentia desconfortável por não ter nada pra compartilhar. Podia contar nos dedos da mão direita o número de pessoas que eu já tinha me interessado, ainda assim era um interesse que não chegava perto do interesse que as pessoas pareciam ter umas pelas outras (todo mundo contava que pensava na pessoa o dia todo, perdia a fome e tal, e eu não sentia nada disso). Foi quando eu vi que eu era diferente e comecei a pesquisar sobre o assunto. Encontrei o fórum e comecei a frequentar. Já mudei minha identificação várias vezes e hoje me identifico como Gray-A (zona cinza) porque meu interesse por relacionamentos/sexo varia muito, às vezes tenho muito interesse, às vezes tenho pouco e às vezes, nenhum.

Nunca tentei esconder minha falta de interesse pelas outras pessoas, muito pelo contrário, rejeitei todas as investidas e tentativas de me empurrar namorado que os outros arrumam. Já pensaram que sou lésbica e estou no armário, algumas pessoas pensam que sou tímida e não gosto de falar sobre minha vida pessoal, mas todo mundo percebe que esse é um assunto que eu não falo. Nunca falei para ninguém abertamente que sou ace, costumo apenas falar que não tenho muito interesse, no que as pessoas respondem "você ainda só não encontrou a pessoa certa". Geralmente é quando deixo pra lá, porque discutir isso é cansativo.

Espero que ajude com o livro, e se der, dá um retorno pra gente de como está seu personagem piscando


Fico feliz demais por você também ver essa importância da representatividade na literatura. É tão bom encontrar pessoas assim <3 Sobre ir no tópico de apresentação: com certeza vou dar uma passada lá.
Adorei ler seu relato. Achei inspirador e único. Ainda mais sobre a parte onde você fala sobre o ponto de vista de outras pessoas sobre a sua orientação. Obrigado por falar comigo, viu??

E pode deixar que, assim que eu terminar o primeiro rascunho, eu venho comentar aqui sobre o livro em geral.
Obrigado de novo <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 15:06

Excel escreveu:
Assexual eu sempre fui, o termo que se dava para isso eu descobri bem recentemente na internet.
Eu sempre me senti meio deslocada.

Nunca pensei em ter um namorado, o que acontecia é que eu começava uma amizade com a pessoa, me sentia conectada com ela e isso acabava levando ao relacionamento e com isso a parte do sexo e nessa parte é que a coisa começava a despencar, porque antes disso eu amava ficar com a pessoa, curtir fazer as coisas juntas, fazer planos e tal e quando entrava o sexo aí complicava. O problema é que quem gosta de sexo não vê problema de fazer todo dia e quem não gosta não vê problema de fazer uma vez ao mês (porque eu fazia para agradar o parceiro já que ele gostava), mas o problema é que ter que fazer algo que não se gosta todo dia começa a ser chato e com isso aparece o questionamento "você não me ama mais, por isso não quer fazer amor comigo" e isso começa a fazer você pensar, será que é verdade, eu não o amo mesmo, confundi amizade com amor? E com isso terminava a relação.

Depois de dois namoros cheguei a conclusão que o problema era comigo porque eu não sentia atração por homens e comecei a me relacionar com mulheres só que a mesma coisa acontecia. Rolava a conexão, o sentimento de querer viver junto e tal e quando entrava o sexo na jogada aí a mesma coisa se repetia. Então desisti e resolvi só querer amizade nada mais de relacionamentos. Se um homem me aborda eu digo que sou lésbica se é uma mulher eu digo que sou hetero.

Só que com o passar dos anos a família começa a querer saber porque você não tem ninguém, amigos ficam querendo arrumar tudo que é pessoa para você como se fosse uma necessidade ter alguém, absurdo ficar só. A pressão é tão grande das pessoas falando que vou ficar só e quando precisar de alguém não terei alguém, vou envelhecer só, que por eu ser mulher é perigoso morar e ficar sozinha e sim, já cheguei a cogitar que eu precisava de um namorada(o) só por ter um.

Hoje eu sei que não é isso que eu quero e que não existe isso de ter que arrumar alguém, essa imposição da sociedade de constituir família. Eu quero ficar solteira, não quero me relacionar com ninguém, o que eu preciso são de amigos e não namorados : )

Agora sobre falar para os outros que sou ace, já tentei contar para os amigos, mas eles não entenderam, acho que porque vivi muitos anos vivendo um personagem que eles acham difícil a garota que falava sacanagem, zoava, tinha aventuras amorosas (porque ninguém sabe o que se passava no relacionamento : /) falar que é assexual, eles não entendem que era tudo uma mentira, apenas uma máscara para não se sentir deslocada, não ser a estranha. Agora com 34 anos eu não ligo mais para isso, não preciso ser aceita por ninguém, quero mais é curtir a vida e não dar satisfação para ninguém (ok, trabalhando nisso ainda)

E adoro ler, quero saber do livro quando terminar, fico feliz de alguém querer abordar esse tema : ), parabéns pela iniciativa ^.^

Que depoimento maravilhoso!! Sinto muito por você ter passado por essa pressão social. Sei que nossos casos são diferentes, mas ainda assim eles tem certo grau de semelhança. Como sou gay, já passei por poucas e boas também, mas hoje não me importo mais. Como você disse, sou feliz do que jeito que sou, porque sou o que sou, e não vou mudar jamais porque alguma pessoa pensa que há algo """"""errado""""" comigo. Fico muito feliz em ler que você está de bem consigo mesmo, de verdade. ♥

Queria fazer uma pergunta. Desculpa se eu parecer ignorante, não é minha intenção. Só que, no momento que você ficava com alguém, você tinha esse desejo ou era mais algo para saciar a vontade do parceiro, assim como o sexo? Ou você gostava do beijo? Se sim, o que você sentia? (Desculpe se essas perguntar soarem idiotas, só quero entender <3).

E pode deixar. Assim que eu estiver com o primeiro rascunho terminado, vou precisar da opinião de assexuais - quero que eles se sintam representados pelo meu personagem, então também quero que conheçam ele. Agradeço pelo depoimento e carinho. <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fujoshi
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 24
Inscrição 09/04/2017
Idade 16
Pensamento A vida é um tela, transforme-a em arte!

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 17:01

Concordo totalmente com você, diversidade é algo muito importante na literatura, ainda mais porque diversidade é algo que está em todo lugar. Sou aspirante a escritora, desde que tinha meus 10 anos e li Harry Potter, escrever livros se tornou meu grande sonho (por isso que amo escrever fanfics, as considero como uma forma de treino kkkk), então eu adoraria lhe ajudar!

Bem, eu descobri que sou assexual há apenas alguns dias, mas pesquisei o máximo que pude sobre o assunto e continuo pesquisando, muitas vezes por ter dúvidas ou apenas por interesse mesmo.
A primeira vez que vi essa palavra foi no ano passado, quando pesquisei a sigla completa do movimento LGBT no Wikipédia... Mas não pesquisei nem nada, só considerei mais uma diversidade pouco conhecida, assim como várias outras.
Faz alguns meses que venho me interessando por psicologia e pesquisei muito sobre o assunto, então encontrei um vídeo em um canal que falava sobre assexualidade. Me identifiquei um pouco e fiquei curiosa, então resolvi pesquisar mais sobre e vi que me descrevia quase que perfeitamente, e também encontrei a comunidade!

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Kp-_acBE0ms

Na verdade, após me identificar como ace, eu ainda fiquei com muitas dúvidas, mas sempre que pensava nas ocasiões passadas, eu percebia mais e mais que eu era mesmo assexual (e arromântica kkk).
Por exemplo, eu nunca quis ter um relacionamento, nunca quis me casar, e sempre me sentia desconfortável em assuntos que envolvia sexo... Sem falar que acho impossível me imaginar em uma situação sexual.

Antes eu ficava muito confusa sobre isso, cheguei a me questionar se eu era lésbica, mas logo descartei a ideia, porque eu não sentia nenhuma atração por mulheres, já por homens (mais especificamente, por personagens masculinos de animes) eu sentia uma grande atração estética. Mas mesmo com essa atração estética, eu não conseguia me imaginar namorando nenhum deles, até mesmo os "reais" kkkk. Outra coisa, eu tenho um vídeo que mostra vários personagens masculinos de animes sem camisa (tem música no vídeo também, é bem legal kkk), e eu mostrei para algumas amigas, aí uma delas falou brincando "porque mostram só o abdômen e cortam na hora que está chegando a melhor parte?", ela havia se referido a parte íntima deles, mas eu não via o motivo daquela ser a melhor parte, já que para mim o melhor é o rosto, braços e abdômen mesmo kkkkk

História meio estranha, eu sei kkkk

Outra coisa que fiquei pensando muito foi em algumas conversas da família, quando eles ficavam fazendo brincadeiras que eu não gostava, como dizer que logo começariam a receber reclamações da escola porque eu iria estar ficando com "os namoradinhos" e tal, eu me sentia ofendida e negava, mas eles apenas riam e falavam cosas como "ah não? Espere só para ver" ou "você diz isso agora."

Bem, eu fico muito incomodada quando eles falam essas coisas, porque parece eles me conhecem mais do que mesma, o que não é verdade... Parece que eles tem certeza que aquilo vai acontecer, quando eu tenho certeza que não vai.

Como muitos aqui, eu ficava me sentindo um alien, mas nunca pensei que o problema fosse comigo, já que eu não via meus atos como "estranhos", eu achava super normal alguém não querer namorar ou ter sexo...
Atualmente eu estou extremamente feliz por saber que sou ace, e não queria de jeito nenhum ser outra coisa!

Exagerei na resposta? Acho que me empolguei um pouqinho kkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 17:57

Fujoshi escreveu:
Concordo totalmente com você, diversidade é algo muito importante na literatura, ainda mais porque diversidade é algo que está em todo lugar. Sou aspirante a escritora, desde que tinha meus 10 anos e li Harry Potter, escrever livros se tornou meu grande sonho (por isso que amo escrever fanfics, as considero como uma forma de treino kkkk), então eu adoraria lhe ajudar!

Bem, eu descobri que sou assexual há apenas alguns dias, mas pesquisei o máximo que pude sobre o assunto e continuo pesquisando, muitas vezes por ter dúvidas ou apenas por interesse mesmo.
A primeira vez que vi essa palavra foi no ano passado, quando pesquisei a sigla completa do movimento LGBT no Wikipédia... Mas não pesquisei nem nada, só considerei mais uma diversidade pouco conhecida, assim como várias outras.
Faz alguns meses que venho me interessando por psicologia e pesquisei muito sobre o assunto, então encontrei um vídeo em um canal que falava sobre assexualidade. Me identifiquei um pouco e fiquei curiosa, então resolvi pesquisar mais sobre e vi que me descrevia quase que perfeitamente, e também encontrei a comunidade!

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Kp-_acBE0ms

Na verdade, após me identificar como ace, eu ainda fiquei com muitas dúvidas, mas sempre que pensava nas ocasiões passadas, eu percebia mais e mais que eu era mesmo assexual (e arromântica kkk).
Por exemplo, eu nunca quis ter um relacionamento, nunca quis me casar, e sempre me sentia desconfortável em assuntos que envolvia sexo... Sem falar que acho impossível me imaginar em uma situação sexual.

Antes eu ficava muito confusa sobre isso, cheguei a me questionar se eu era lésbica, mas logo descartei a ideia, porque eu não sentia nenhuma atração por mulheres, já por homens (mais especificamente, por personagens masculinos de animes) eu sentia uma grande atração estética. Mas mesmo com essa atração estética, eu não conseguia me imaginar namorando nenhum deles, até mesmo os "reais" kkkk. Outra coisa, eu tenho um vídeo que mostra vários personagens masculinos de animes sem camisa (tem música no vídeo também, é bem legal kkk), e eu mostrei para algumas amigas, aí uma delas falou brincando "porque mostram só o abdômen e cortam na hora que está chegando a melhor parte?", ela havia se referido a parte íntima deles, mas eu não via o motivo daquela ser a melhor parte, já que para mim o melhor é o rosto, braços e abdômen mesmo kkkkk

História meio estranha, eu sei kkkk

Outra coisa que fiquei pensando muito foi em algumas conversas da família, quando eles ficavam fazendo brincadeiras que eu não gostava, como dizer que logo começariam a receber reclamações da escola porque eu iria estar ficando com "os namoradinhos" e tal, eu me sentia ofendida e negava, mas eles apenas riam e falavam cosas como "ah não? Espere só para ver" ou "você diz isso agora."

Bem, eu fico muito incomodada quando eles falam essas coisas, porque parece eles me conhecem mais do que mesma, o que não é verdade... Parece que eles tem certeza que aquilo vai acontecer, quando eu tenho certeza que não vai.

Como muitos aqui, eu ficava me sentindo um alien, mas nunca pensei que o problema fosse comigo, já que eu não via meus atos como "estranhos", eu achava super normal alguém não querer namorar ou ter sexo...
Atualmente eu estou extremamente feliz por saber que sou ace, e não queria de jeito nenhum ser outra coisa!

Exagerei na resposta? Acho que me empolguei um pouqinho kkkkk

Você não exagerou não, jamais! Quanto mais, melhor. <3 Percebi pelo seu perfil aqui e na sua história que você tem um ladinho meio geek (me corrija se estou errado), o que eu amei, porque também sou HAHAHAH Também desenvolvi minha paixão por leitura e escrita com Harry Potter.

E aaah, como eu te entendo em relação a essa coisa de as pessoas pensarem saber mais sobre sua vida do que você mesmo. Passei pelas mesmas coisas, especialmente na minha adolescencia quando estava descobrindo minha homossexualidade.

Mas me diz (se você não se importar), você se sente desconfortável quando pessoas ao seu lado falam de sexo ou prazer sexual? O que passa na sua cabeça nesse momento? Tenho certeza (ou talvez não, porque só estou reproduzindo o que eu li sobre o assunto nas últimas semana) que assexuais não tem, necessariamente, nojo de sexo (novamente, me corrija se eu estiver errado). Só acham algo "desnecessário", não sentem desejo por isso e vivem perfeitamente bem sem o ato. Então, se por algum momento você visualizar uma cena onde duas pessoas estão fazendo sexo ou mesmo escutar elas falando de suas experiências, quais são suas sensações? (Quero reforçar que, se você não se sentir confortável em falar sobre isso, entendo perfeitamente).

piscando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Excel
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 26
Inscrição 31/03/2017
Idade 34

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 18:25

Allison2017 escreveu:
Excel escreveu:
Assexual eu sempre fui, o termo que se dava para isso eu descobri bem recentemente na internet.
Eu sempre me senti meio deslocada.

Nunca pensei em ter um namorado, o que acontecia é que eu começava uma amizade com a pessoa, me sentia conectada com ela e isso acabava levando ao relacionamento e com isso a parte do sexo e nessa parte é que a coisa começava a despencar, porque antes disso eu amava ficar com a pessoa, curtir fazer as coisas juntas, fazer planos e tal e quando entrava o sexo aí complicava. O problema é que quem gosta de sexo não vê problema de fazer todo dia e quem não gosta não vê problema de fazer uma vez ao mês (porque eu fazia para agradar o parceiro já que ele gostava), mas o problema é que ter que fazer algo que não se gosta todo dia começa a ser chato e com isso aparece o questionamento "você não me ama mais, por isso não quer fazer amor comigo" e isso começa a fazer você pensar, será que é verdade, eu não o amo mesmo, confundi amizade com amor? E com isso terminava a relação.

Depois de dois namoros cheguei a conclusão que o problema era comigo porque eu não sentia atração por homens e comecei a me relacionar com mulheres só que a mesma coisa acontecia. Rolava a conexão, o sentimento de querer viver junto e tal e quando entrava o sexo na jogada aí a mesma coisa se repetia. Então desisti e resolvi só querer amizade nada mais de relacionamentos. Se um homem me aborda eu digo que sou lésbica se é uma mulher eu digo que sou hetero.

Só que com o passar dos anos a família começa a querer saber porque você não tem ninguém, amigos ficam querendo arrumar tudo que é pessoa para você como se fosse uma necessidade ter alguém, absurdo ficar só. A pressão é tão grande das pessoas falando que vou ficar só e quando precisar de alguém não terei alguém, vou envelhecer só, que por eu ser mulher é perigoso morar e ficar sozinha e sim, já cheguei a cogitar que eu precisava de um namorada(o) só por ter um.

Hoje eu sei que não é isso que eu quero e que não existe isso de ter que arrumar alguém, essa imposição da sociedade de constituir família. Eu quero ficar solteira, não quero me relacionar com ninguém, o que eu preciso são de amigos e não namorados : )

Agora sobre falar para os outros que sou ace, já tentei contar para os amigos, mas eles não entenderam, acho que porque vivi muitos anos vivendo um personagem que eles acham difícil a garota que falava sacanagem, zoava, tinha aventuras amorosas (porque ninguém sabe o que se passava no relacionamento : /) falar que é assexual, eles não entendem que era tudo uma mentira, apenas uma máscara para não se sentir deslocada, não ser a estranha. Agora com 34 anos eu não ligo mais para isso, não preciso ser aceita por ninguém, quero mais é curtir a vida e não dar satisfação para ninguém (ok, trabalhando nisso ainda)

E adoro ler, quero saber do livro quando terminar, fico feliz de alguém querer abordar esse tema : ), parabéns pela iniciativa ^.^

Que depoimento maravilhoso!! Sinto muito por você ter passado por essa pressão social. Sei que nossos casos são diferentes, mas ainda assim eles tem certo grau de semelhança. Como sou gay, já passei por poucas e boas também, mas hoje não me importo mais. Como você disse, sou feliz do que jeito que sou, porque sou o que sou, e não vou mudar jamais porque alguma pessoa pensa que há algo """"""errado""""" comigo. Fico muito feliz em ler que você está de bem consigo mesmo, de verdade. ♥

Queria fazer uma pergunta. Desculpa se eu parecer ignorante, não é minha intenção. Só que, no momento que você ficava com alguém, você tinha esse desejo ou era mais algo para saciar a vontade do parceiro, assim como o sexo? Ou você gostava do beijo? Se sim, o que você sentia? (Desculpe se essas perguntar soarem idiotas, só quero entender <3).

E pode deixar. Assim que eu estiver com o primeiro rascunho terminado, vou precisar da opinião de assexuais - quero que eles se sintam representados pelo meu personagem, então também quero que conheçam ele. Agradeço pelo depoimento e carinho. <3
Imagina, pode perguntar à vontade : )

Eu tinha sim o desejo de carinho, abraçar, essas coisas eu demonstrava espontaneamente, achava tudo isso bem prazeroso. Já o beijo é o mesmo que sexo para mim, fricção apenas, fazia porque era o que namoradas deveriam fazer, mas nunca tive iniciativa nisso, nunca beijei alguém, só fui beijada.
Não sei se era bem isso que você queria saber, senão é só perguntar de novo : )

EDIT: O beijo a que me refiro é o de língua, selinho eu gosto.


Última edição por Excel em 21/4/2017, 21:52, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fujoshi
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 24
Inscrição 09/04/2017
Idade 16
Pensamento A vida é um tela, transforme-a em arte!

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    21/4/2017, 18:41

Allison2017 escreveu:
Você não exagerou não, jamais! Quanto mais, melhor. <3 Percebi pelo seu perfil aqui e na sua história que você tem um ladinho meio geek (me corrija se estou errado), o que eu amei, porque também sou HAHAHAH Também desenvolvi minha paixão por leitura e escrita com Harry Potter.

Kkkkk Não, você está completamente certo, sou geek de carteirinha língua


Allison2017 escreveu:
Mas me diz (se você não se importar), você se sente desconfortável quando pessoas ao seu lado falam de sexo ou prazer sexual? O que passa na sua cabeça nesse momento? Tenho certeza (ou talvez não, porque só estou reproduzindo o que eu li sobre o assunto nas últimas semana) que assexuais não tem, necessariamente, nojo de sexo (novamente, me corrija se eu estiver errado). Só acham algo "desnecessário", não sentem desejo por isso e vivem perfeitamente bem sem o ato. Então, se por algum momento você visualizar uma cena onde duas pessoas estão fazendo sexo ou mesmo escutar elas falando de suas experiências, quais são suas sensações? (Quero reforçar que, se você não se sentir confortável em falar sobre isso, entendo perfeitamente).

piscando

Claro que não me importo, na verdade acho que perguntas bem interessantes para responder!!

Bem... Sim, eu me sinto desconfortável quando outras pessoas falam sobre isso perto de mim, também sinto a mesma coisa quando estou vendo algum programa com alguém e tem alguma cena relacionada a isso, ou até mesmo uma cena de beijo. Normalmente me sinto mais incomodada quando as outras pessoas são mais velhas.
Eu não tenho certeza do que se passa na minha cabeça, mas acredito que é algo relacionado a receio, não pelo assunto em si, mas pelas outras pessoas. Acho que tenho algum medo de que elas vejam minha reação (mesmo que eu não tenha nenhuma), e depois tirem conclusões precipitadas e comecem a falar coisas ou fazer piadinhas... Até porque isso já aconteceu uma vez com minha família, eles estavam conversando entre si e eu estava um pouco afastada, jantando, e eu tenho a mania de me "desconectar" do mundo e ficar vagando em meus próprios pensamentos, então, alheia a conversa deles, eu lembrei de uma coisa engraçada e ri (igual faço muitas vezes kkkk), então eles me olharam com umas expressões meio... Maliciosas? -não sei se essa é a palavra certa-, parecia que tinham dito alguma coisa de cunho sexual e acharam que eu tinha rido por causa daquilo, aí eles fizeram umas piadinhas e eu fiquei morrendo de vergonha, ainda mais porque eu não tinha entendido nada.

Sim, ser assexual não quer dizer que você abomine sexo, normalmente a pessoa é indiferente, mas isso vária de caso em caso.

Se eu escutar, provavelmente vou me sentir constrangida, mas irei agir como se não tivesse escutado nada.
Já imaginar... Bem, eu admito que isso acontece muitas vezes, eu mesmo fazia isso para me testar, pois eu não conseguia me imaginar em uma situação sexual, mas sempre que tentava imaginar outra pessoa, era relativamente fácil. Na verdade, eu não gosto muito de imaginar esse tipo de coisa quando estou com outras pessoas, acredito que o motivo seja o mesmo que eu disse antes, sobre o receio. Apesar disso, eu nunca visualizei nenhuma cena de sexo em si, apenas situações próximas.
Porém admito que já li cenas de sexo gay em fanfics, e eu acho legal, mas ainda prefiro as cenas românticas ou que me trazem emoções... Bem, minhas sensações são "normais", como se eu estivessem lendo qualquer outra parte da história. Eu não me importo e nem me incomodo de imaginar os personagens "se pegando" ou de ler essas cenas quando estou sozinha.

Aliás, eu gosto muito de shippar casai gays em animes... E minha família também não sabe disso. Na verdade, minha família não me conhece muito em alguns aspectos, não são coisas que interessam eles, ou então são coisas que eu sei que eles vão achar estranho, questionar ou não acreditar, como é o caso da assexualidade e dos shipps, então prefiro nem comentar.

Era isso mesmo? kkkk
Espero que não tenha ficado muito confuso, eu costumo me empolgar um pouco na hora de digitar e acabo deixando as respostas confusas.
Se tiver ficado muito confuso ou se não era isso que queria saber, pode perguntar de novo, ok?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    22/4/2017, 19:29

Excel escreveu:
Allison2017 escreveu:
Excel escreveu:
Assexual eu sempre fui, o termo que se dava para isso eu descobri bem recentemente na internet.
Eu sempre me senti meio deslocada.

Nunca pensei em ter um namorado, o que acontecia é que eu começava uma amizade com a pessoa, me sentia conectada com ela e isso acabava levando ao relacionamento e com isso a parte do sexo e nessa parte é que a coisa começava a despencar, porque antes disso eu amava ficar com a pessoa, curtir fazer as coisas juntas, fazer planos e tal e quando entrava o sexo aí complicava. O problema é que quem gosta de sexo não vê problema de fazer todo dia e quem não gosta não vê problema de fazer uma vez ao mês (porque eu fazia para agradar o parceiro já que ele gostava), mas o problema é que ter que fazer algo que não se gosta todo dia começa a ser chato e com isso aparece o questionamento "você não me ama mais, por isso não quer fazer amor comigo" e isso começa a fazer você pensar, será que é verdade, eu não o amo mesmo, confundi amizade com amor? E com isso terminava a relação.

Depois de dois namoros cheguei a conclusão que o problema era comigo porque eu não sentia atração por homens e comecei a me relacionar com mulheres só que a mesma coisa acontecia. Rolava a conexão, o sentimento de querer viver junto e tal e quando entrava o sexo na jogada aí a mesma coisa se repetia. Então desisti e resolvi só querer amizade nada mais de relacionamentos. Se um homem me aborda eu digo que sou lésbica se é uma mulher eu digo que sou hetero.

Só que com o passar dos anos a família começa a querer saber porque você não tem ninguém, amigos ficam querendo arrumar tudo que é pessoa para você como se fosse uma necessidade ter alguém, absurdo ficar só. A pressão é tão grande das pessoas falando que vou ficar só e quando precisar de alguém não terei alguém, vou envelhecer só, que por eu ser mulher é perigoso morar e ficar sozinha e sim, já cheguei a cogitar que eu precisava de um namorada(o) só por ter um.

Hoje eu sei que não é isso que eu quero e que não existe isso de ter que arrumar alguém, essa imposição da sociedade de constituir família. Eu quero ficar solteira, não quero me relacionar com ninguém, o que eu preciso são de amigos e não namorados : )

Agora sobre falar para os outros que sou ace, já tentei contar para os amigos, mas eles não entenderam, acho que porque vivi muitos anos vivendo um personagem que eles acham difícil a garota que falava sacanagem, zoava, tinha aventuras amorosas (porque ninguém sabe o que se passava no relacionamento : /) falar que é assexual, eles não entendem que era tudo uma mentira, apenas uma máscara para não se sentir deslocada, não ser a estranha. Agora com 34 anos eu não ligo mais para isso, não preciso ser aceita por ninguém, quero mais é curtir a vida e não dar satisfação para ninguém (ok, trabalhando nisso ainda)

E adoro ler, quero saber do livro quando terminar, fico feliz de alguém querer abordar esse tema : ), parabéns pela iniciativa ^.^

Que depoimento maravilhoso!! Sinto muito por você ter passado por essa pressão social. Sei que nossos casos são diferentes, mas ainda assim eles tem certo grau de semelhança. Como sou gay, já passei por poucas e boas também, mas hoje não me importo mais. Como você disse, sou feliz do que jeito que sou, porque sou o que sou, e não vou mudar jamais porque alguma pessoa pensa que há algo """"""errado""""" comigo. Fico muito feliz em ler que você está de bem consigo mesmo, de verdade. ♥

Queria fazer uma pergunta. Desculpa se eu parecer ignorante, não é minha intenção. Só que, no momento que você ficava com alguém, você tinha esse desejo ou era mais algo para saciar a vontade do parceiro, assim como o sexo? Ou você gostava do beijo? Se sim, o que você sentia? (Desculpe se essas perguntar soarem idiotas, só quero entender <3).

E pode deixar. Assim que eu estiver com o primeiro rascunho terminado, vou precisar da opinião de assexuais - quero que eles se sintam representados pelo meu personagem, então também quero que conheçam ele. Agradeço pelo depoimento e carinho. <3
Imagina, pode perguntar à vontade : )

Eu tinha sim o desejo de carinho, abraçar, essas coisas eu demonstrava espontaneamente, achava tudo isso bem prazeroso. Já o beijo é o mesmo que sexo para mim, fricção apenas, fazia porque era o que namoradas deveriam fazer, mas nunca tive iniciativa nisso, nunca beijei alguém, só fui beijada.
Não sei se era bem isso que você queria saber, senão é só perguntar de novo : )

EDIT: O beijo a que me refiro é o de língua, selinho eu gosto.


Ah, entendi. Muito bom você ter feito essa diferenciação entre beijo de língua e selinho. Seu ponto de vista ficou bem mais claro pra mim.

Obrigado <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    22/4/2017, 19:31

Fujoshi escreveu:
Allison2017 escreveu:
Você não exagerou não, jamais! Quanto mais, melhor. <3 Percebi pelo seu perfil aqui e na sua história que você tem um ladinho meio geek (me corrija se estou errado), o que eu amei, porque também sou HAHAHAH Também desenvolvi minha paixão por leitura e escrita com Harry Potter.

Kkkkk Não, você está completamente certo, sou geek de carteirinha língua


Allison2017 escreveu:
Mas me diz (se você não se importar), você se sente desconfortável quando pessoas ao seu lado falam de sexo ou prazer sexual? O que passa na sua cabeça nesse momento? Tenho certeza (ou talvez não, porque só estou reproduzindo o que eu li sobre o assunto nas últimas semana) que assexuais não tem, necessariamente, nojo de sexo (novamente, me corrija se eu estiver errado). Só acham algo "desnecessário", não sentem desejo por isso e vivem perfeitamente bem sem o ato. Então, se por algum momento você visualizar uma cena onde duas pessoas estão fazendo sexo ou mesmo escutar elas falando de suas experiências, quais são suas sensações? (Quero reforçar que, se você não se sentir confortável em falar sobre isso, entendo perfeitamente).

piscando

Claro que não me importo, na verdade acho que perguntas bem interessantes para responder!!

Bem... Sim, eu me sinto desconfortável quando outras pessoas falam sobre isso perto de mim, também sinto a mesma coisa quando estou vendo algum programa com alguém e tem alguma cena relacionada a isso, ou até mesmo uma cena de beijo. Normalmente me sinto mais incomodada quando as outras pessoas são mais velhas.
Eu não tenho certeza do que se passa na minha cabeça, mas acredito que é algo relacionado a receio, não pelo assunto em si, mas pelas outras pessoas. Acho que tenho algum medo de que elas vejam minha reação (mesmo que eu não tenha nenhuma), e depois tirem conclusões precipitadas e comecem a falar coisas ou fazer piadinhas... Até porque isso já aconteceu uma vez com minha família, eles estavam conversando entre si e eu estava um pouco afastada, jantando, e eu tenho a mania de me "desconectar" do mundo e ficar vagando em meus próprios pensamentos, então, alheia a conversa deles, eu lembrei de uma coisa engraçada e ri (igual faço muitas vezes kkkk), então eles me olharam com umas expressões meio... Maliciosas? -não sei se essa é a palavra certa-, parecia que tinham dito alguma coisa de cunho sexual e acharam que eu tinha rido por causa daquilo, aí eles fizeram umas piadinhas e eu fiquei morrendo de vergonha, ainda mais porque eu não tinha entendido nada.

Sim, ser assexual não quer dizer que você abomine sexo, normalmente a pessoa é indiferente, mas isso vária de caso em caso.

Se eu escutar, provavelmente vou me sentir constrangida, mas irei agir como se não tivesse escutado nada.
Já imaginar... Bem, eu admito que isso acontece muitas vezes, eu mesmo fazia isso para me testar, pois eu não conseguia me imaginar em uma situação sexual, mas sempre que tentava imaginar outra pessoa, era relativamente fácil. Na verdade, eu não gosto muito de imaginar esse tipo de coisa quando estou com outras pessoas, acredito que o motivo seja o mesmo que eu disse antes, sobre o receio. Apesar disso, eu nunca visualizei nenhuma cena de sexo em si, apenas situações próximas.
Porém admito que já li cenas de sexo gay em fanfics, e eu acho legal, mas ainda prefiro as cenas românticas ou que me trazem emoções... Bem, minhas sensações são "normais", como se eu estivessem lendo qualquer outra parte da história. Eu não me importo e nem me incomodo de imaginar os personagens "se pegando" ou de ler essas cenas quando estou sozinha.

Aliás, eu gosto muito de shippar casai gays em animes... E minha família também não sabe disso. Na verdade, minha família não me conhece muito em alguns aspectos, não são coisas que interessam eles, ou então são coisas que eu sei que eles vão achar estranho, questionar ou não acreditar, como é o caso da assexualidade e dos shipps, então prefiro nem comentar.

Era isso mesmo? kkkk
Espero que não tenha ficado muito confuso, eu costumo me empolgar um pouco na hora de digitar e acabo deixando as respostas confusas.
Se tiver ficado muito confuso ou se não era isso que queria saber, pode perguntar de novo, ok?

Era isso sim!! Ficou muito claro. Adorei conhecer mais um pouquinho sobre você e seus pensamentos em relação ao assunto. ♥
Vou tentar representar o máximo possível e tentar criar um personagem bem fiel a tudo isso.
Obrigado novamente <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bells
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 173
Inscrição 04/09/2016
Idade 23
Pensamento See the line where the sky meets the sea? It calls me

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    Ontem à(s) 00:01

Sua iniciativa é uma coisa maravilhosa!!!!

Nos últimos tempos tenho visto tanta gente cagando pra assexualidade que ver alguém de fora querendo retratar aces de forma bacana me deixa super feliz <3

Então sobre o relato: eu sempre me senti diferente das outras pessoas quando o assunto era relacionamentos e sexo. Quando eu era adolescente o pessoal tinha um fogo danado, querendo passar o rodo em deus e o mundo e eu lá tipo "hmmmm pra quê?". Se eu não tivesse gostando de alguém eu nem pensava em beijar nem nada. Daí no meu primeiro relacionamento eu odiavaaaa ficar beijando ele, odiava ficar naquela agarração toda mas como sempre fui muito tímida eu não dizia nada. Uns meses depois ele terminou comigo depois de muitas vezes me considerar fria. Até hoje eu não sei se eu realmente gostava dele ou não HAHAHAHA

Aí ao longo dos últimos anos eu tentei esair com alguns caras, rolaram ficadas e sempre foi muito "hmmmmm pra quê" HAHAHAHAHAH. Em todas as vezes eu nunca tomei a iniciativa, simplesmente me deixava levar, sabe. Teve uma vez que eu tava na balada, sentei sozinha num canto e um cara sentou do lado e puxou conversa comigo. Daí ele tava se mostrando super interessante, eu querendo conhecer mais e aí ele começou a me beijar. Eu basicamente senti como se ele tivesse estragado tudo HAHAHAHHAHA

Um tempo depois comecei a namorar, tive minha primeira experiência sexual e assim...achei até divertido, teve uns momentos tensos até porque primeira vez né, mas só. Eu não vi nada demais, não senti nada UOOOOU. Uma coisa que eu notei é que em todas as vezes, seja com esse meu ex (antes de a gente começar a namorar) ou com os caras com quem eu saí, eu sempre ficava muito nervosa com possíveis investidas deles. Eu queria conversar bastante, conhecer bem, criar algum vínculo...mas se eu percebesse o menor sinal de que iam tentar me beijar ou me tocar eu já entrava em parafuso e sentia vontade de fugir.

Enfim, não sei mais o que falar HGUFHGUFHDGUD sinta-se à vontade pra fazer perguntas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allison2017
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 6
Inscrição 21/04/2017
Idade 19

MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    Hoje à(s) 14:33

Bells escreveu:
Sua iniciativa é uma coisa maravilhosa!!!!

Nos últimos tempos tenho visto tanta gente cagando pra assexualidade que ver alguém de fora querendo retratar aces de forma bacana me deixa super feliz <3

Então sobre o relato: eu sempre me senti diferente das outras pessoas quando o assunto era relacionamentos e sexo. Quando eu era adolescente o pessoal tinha um fogo danado, querendo passar o rodo em deus e o mundo e eu lá tipo "hmmmm pra quê?". Se eu não tivesse gostando de alguém eu nem pensava em beijar nem nada. Daí no meu primeiro relacionamento eu odiavaaaa ficar beijando ele, odiava ficar naquela agarração toda mas como sempre fui muito tímida eu não dizia nada. Uns meses depois ele terminou comigo depois de muitas vezes me considerar fria. Até hoje eu não sei se eu realmente gostava dele ou não HAHAHAHA

Aí ao longo dos últimos anos eu tentei esair com alguns caras, rolaram ficadas e sempre foi muito "hmmmmm pra quê" HAHAHAHAHAH. Em todas as vezes eu nunca tomei a iniciativa, simplesmente me deixava levar, sabe. Teve uma vez que eu tava na balada, sentei sozinha num canto e um cara sentou do lado e puxou conversa comigo. Daí ele tava se mostrando super interessante, eu querendo conhecer mais e aí ele começou a me beijar. Eu basicamente senti como se ele tivesse estragado tudo HAHAHAHHAHA

Um tempo depois comecei a namorar, tive minha primeira experiência sexual e assim...achei até divertido, teve uns momentos tensos até porque primeira vez né, mas só. Eu não vi nada demais, não senti nada UOOOOU. Uma coisa que eu notei é que em todas as vezes, seja com esse meu ex (antes de a gente começar a namorar) ou com os caras com quem eu saí, eu sempre ficava muito nervosa com possíveis investidas deles. Eu queria conversar bastante, conhecer bem, criar algum vínculo...mas se eu percebesse o menor sinal de que iam tentar me beijar ou me tocar eu já entrava em parafuso e sentia vontade de fugir.

Enfim, não sei mais o que falar HGUFHGUFHDGUD sinta-se à vontade pra fazer perguntas.

Aaaaah fico tão feliz em saber que você gostou da minha iniciativa! Puxa, dá uma incentivo e tanto a mais! <3 Obrigado! Eu sei como é se sentir deslocado e as pessoas "cagarem" pra o que você está sentindo. ♥

Gostei do seu depoimento. ♥
Mas alguém já te repreendeu por isso? (Se você já contou pra alguém, claro). Como foi?
E você se lembra da primeirissima vez que percebeu que não era """"""igual""""" as outras pessoas ao seu redor? Como foi??

Abraços <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Como você descobriu sua assexualidade?    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Como você descobriu sua assexualidade?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Como você acordaria a pessoa acima?
» O Jarl apreciaria a ajuda de um aventureiro como você
» Me digam vocês - Superman
» Você tem alguma foto antiga ? Digitaliza ela e põe aqui para nós vermos !
» Primer - Como utilizar

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-