InícioGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Assexualidade pode ter fator genético?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Sha
Admin
Admin
Sha

Mensagens 564
Inscrição 30/03/2012
Idade 35
Pensamento "Nós temos que aprender que não somos isso que a sociedade diz que nós somos." Laércio Fonseca

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty19/10/2017, 19:59

Pessoas do nosso grupo no whatsapp quando contaram para parentes que são assexuais, descobriram que alguns deles também é. Então me veio a questão: "Assexualidade é (também) genético?" Se é genético, não é orientação?

Homossexuais dizem que nasceram assim. Acho uma boa discussão.

Postaram também esse link muito interessante
http://diariodebiologia.com/2015/06/entenda-como-a-sexualidade-pode-estar-ligada-a-uma-questao-genetica

O que acham?



Se ame, se cuide.  coração roxo

bandeira assexual Sobre a Comunidade Assexual

Site e Blog    ●    Loja    ●    Facebook   ●   Instagram    ●    YouTube    ●    Mapa dos Assexuais no Brasil   

Grupo no Whatsapp  ●  Pesquisa   ●   Encontros de Assexuais   ●   Twitter

Contato: assexualidade.com.br@gmail.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.assexualidade.com.br
Rhoda Penmark
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
Rhoda Penmark

Mensagens 1098
Inscrição 21/05/2014
Idade 29
Pensamento Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo.

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty19/10/2017, 20:06

Este cientista acredita que a orientação sexual é determinada no útero materno, por fatores genéticos e pela interação entre hormônios e as células do cérebro em desenvolvimento.

Vale a pena ler toda a entrevista: https://universoracionalista.org/a-orientacao-sexual-e-determinada-no-utero/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty19/10/2017, 21:19

Olá.
Não acho que seja apenas genético. Um amigo meu falou de uma pesquisadora em genética que tem umas teorias relacionasas a isso.

Pelo que eu entendi do que ele me disse dela, há os fatores ambientais e psicológicos. O exemplo que ele deu foi de gemios. Que se um deles fosse homossexual então havia chance de 55%(ou algo assim) do outro também ser/se tornar. Mas se eles fossem criados separadamente a chance caia pra 25%(ou algo assim). Fico devendo postar isso depois!

Mas acho mais que é um fator psicológico. A sexualidade humana, por mais que tentemos negar, é mais governada pela mente do que pelo corpo. Um exemplo disso são feitiches. Biologicamente desnecessários mas, mesmo que não socialmente aceitaveis e as vezes ainda mais por isso, prazerosos para quem os tem.

Isso também tem haver com a psicologia. Não sei muito sobre como funciona, mas pelo que me falaram aprendemos com os erros dos pais então acho que isso pode influenciar na nossa sexualidade. O ambiente. O jeito como abordamos quais assuntos de que formas e as mensagens que isso deixa em nosso inconsciente.

Mas também não podemos esquecer a intencionalidade dos discursos. Acredito que as sexualidades humanas são inatas e podem, ou não, se desenvolver a partir do meio. Os discursos de serem "escolhas" ou "questão de criação" tem mais intenção de controle e punição do que verdade.

Eu, por exemplo, poderia falar sobre como são pra mim esses aspectos(biologia, meio e psicológico). Seria bom mesmo falarmos e compararmos experiências buscando regularidades. Mas agora estou adoecendo enquanto teclo e não seria capaz de produzir algo significativo por isso respondo amanhã. Boa noite a todos!

PS:Acho que a sexualidade humana não é algo que deva,de forma alguma, ser controlado. Independente do que cause, é o que somos. Da mesma forma que não sugeitariamos um homem que não quisesse a uma cirurgia de redesignaçao sexual para o género feminino não deveriamos buscar controlar a sexualidade das pessoas, forçando um homossexual, bissexual, pansexual ou assexual a tornar-se heterossexual por mero interesse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hinagiku
Sabido(a)
Sabido(a)
Hinagiku

Mensagens 393
Inscrição 18/05/2016
Idade 33
Pensamento "Tudo é Um e Um é Tudo"

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty19/10/2017, 21:53

Tudo isso então teria um componente biológico, cultural, psicológico, social, etc? E tem tb o fator da sexualidade em cada período da nossa história. Vou dar um exemplo: Na antigüidade a pedofilia era moralmente aceita e até incentivada, contudo, nos dias atuais, no ocidente, seria algo condenável e imoral; assim como outras praticas sexuais eram mais aceitas no passado ou condenadas, qatualmente são aceitas ou condenadas. Varia de época, cultura, ambiente, mas fatores biológicos seriam tb inseridos? Como explicariam certas parafilias, por exemplo, do ponto de vista genético?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty20/10/2017, 21:40

Olá.
A pesquisadora que eu falei é a autora do livro "Controles Imperfeitos", o qual eu ainda não lí e não lerei tão cedo(tenho antes que acabar a saga de Foulcoat "História da Sexualidade").

Sobre a discussão, gostaria apenas de dizer que tenho medo do que aconteceria se descobrissemos hoje as causas da sexualidade humana. É, mimimamente, ingénuo achar que não usariamos isso para escolher a orientação sexual de nossos filhos(como os bons religiosos e/ou maníacos por poder que somos). E, mesmo que atualmente fosse contra a bioética, vejo como isso rapidamente seria mudado por intensas militâncias religiosas mundiais que, assim como ou até mais que, as "grandes mídias", controlam o mundo(ou ao menos os homens). Ou, mesmo que fosse ilegal e antiético, simplesmente não pararia de acontecer por isso, como os acampamentos de reorientação sexual que existem mesmo sendo tecnicamente ilegais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
Fernando

Mensagens 1485
Inscrição 30/03/2015
Idade 22
Pensamento When you lose small mind you free your life

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty20/10/2017, 22:58

Tw.S escreveu:
Sobre a discussão, gostaria apenas de dizer que tenho medo do que aconteceria se descobrissemos hoje as causas da sexualidade humana. É, mimimamente, ingénuo achar que não usariamos isso para escolher a orientação sexual de nossos filhos(como os bons religiosos e/ou maníacos por poder que somos). E, mesmo que atualmente fosse contra a bioética, vejo como isso rapidamente seria mudado por intensas militâncias religiosas mundiais que, assim como ou até mais que, as "grandes mídias", controlam o mundo(ou ao menos os homens). Ou, mesmo que fosse ilegal e antiético, simplesmente não pararia de acontecer por isso, como os acampamentos de reorientação sexual que existem mesmo sendo tecnicamente ilegais.

Não acho que todas as pessoas escolheriam a orientação sexual dos filhos, apesar que muita gente, com certeza, iria. Mas vejo dois pontos que poderiam impedir isso: (i) se a orientação sexual não for algo totalmente manipulável e (ii) se o custo fosse muito alto, por exemplo essa terapia genética contra um tipo de leucemia deve ter um custo de $475.000 (R$1.500.000). Pouquíssimas pessoas teriam condições de bancar isso, ainda mais quem tivesse 2, 3 filhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rhoda Penmark
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
Rhoda Penmark

Mensagens 1098
Inscrição 21/05/2014
Idade 29
Pensamento Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo.

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty20/10/2017, 23:14

Tw.S escreveu:

Sobre a discussão, gostaria apenas de dizer que tenho medo do que aconteceria se descobrissemos hoje as causas da sexualidade humana. É, mimimamente, ingénuo achar que não usariamos isso para escolher a orientação sexual de nossos filhos(como os bons religiosos e/ou maníacos por poder que somos). E, mesmo que atualmente fosse contra a bioética, vejo como isso rapidamente seria mudado por intensas militâncias religiosas mundiais que, assim como ou até mais que, as "grandes mídias", controlam o mundo(ou ao menos os homens). Ou, mesmo que fosse ilegal e antiético, simplesmente não pararia de acontecer por isso, como os acampamentos de reorientação sexual que existem mesmo sendo tecnicamente ilegais.

Vou dizer algo que, embora não seja minha intenção, pode causar polêmica: eu não veria problema nenhum se fosse possível determinar a orientação sexual dos filhos antes do nascimento. Podemos não gostar de admitir isto, mas a verdade é que a homossexualidade não é uma característica desejada pela maioria dos pais para seus filhos. Qual seria, então, o problema de os pais, com consentimento de ambos (pai e mãe) fazerem um tratamento para garantir a heterossexualidade do(a) filho(a)? É bom lembrar que ninguém seria obrigado a fazer tal tratamento, então, se a sua preocupação é essa, a homossexualidade não seria extinta da face da Terra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nephilim
Sabido(a)
Sabido(a)
Nephilim

Mensagens 246
Inscrição 21/01/2017
Idade 19
Pensamento "I'm made of love and it's stronger than you!"

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty10/11/2017, 00:54

Embora tenham-se várias hipóteses sobre o que determina a orientação sexual de alguém, se não me engano os cientistas ainda não descobriram. Eu, particularmente, não creio que a principal causa seja psicológica.
Não sei o que dizer sobre os pais quererem escolher a orientação sexual dos filhos, pois de qualquer maneira, seja de forma natural ou induzida, os filhos não poderão escolher. Contudo, eu não ficaria satisfeita, por exemplo, se os meus pais tivessem escolhido a minha orientação sexual, seja ela qual fosse; talvez por soar meio bizarro este controle tão grande; não sei.
Se for pela Igreja, se não me engano, ela não concorda com a manipulação genética de humanos para fins estéticos ou preferências de talentos (alguns chamam de ''brincar de Deus''), entretanto eu não sei o que ela pensaria se descobríssemos o conjunto de genes ou acontecimentos que tornam alguém não hétero; é interessante, pois talvez algumas pessoas justificassem a modificação genética sob forma de ''Terapia gênica'', alegando que a homossexualidade é um tipo de mutação genética maléfica ou doença, precisando-se, portanto, de tratamento.
Foi muito proveitoso ler os comentários de vocês, e é também muito interessante pensar em todas essas possibilidades; é uma pena, e ao mesmo tempo excitante, o fato de ainda sabermos pouco sobre algo tão primitivo como as origens dos desejos sexuais humanos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty10/11/2017, 06:44

Nephilim escreveu:
Embora tenham-se várias hipóteses sobre o que determina a orientação sexual de alguém, se não me engano os cientistas ainda não descobriram. Eu, particularmente, não creio que a principal causa seja psicológica.
Não sei o que dizer sobre os pais quererem escolher a orientação sexual dos filhos, pois de qualquer maneira, seja de forma natural ou induzida, os filhos não poderão escolher. Contudo, eu não ficaria satisfeita, por exemplo, se os meus pais tivessem escolhido a minha orientação sexual, seja ela qual fosse; talvez por soar meio bizarro este controle tão grande; não sei.
Se for pela Igreja, se não me engano, ela não concorda com a manipulação genética de humanos para fins estéticos ou preferências de talentos (alguns chamam de ''brincar de Deus''), entretanto eu não sei o que ela pensaria se descobríssemos o conjunto de genes ou acontecimentos que tornam alguém não hétero; é interessante, pois talvez algumas pessoas justificassem a modificação genética sob forma de ''Terapia gênica'', alegando que a homossexualidade é um tipo de mutação genética maléfica ou doença, precisando-se, portanto, de tratamento.
Foi muito proveitoso ler os comentários de vocês, e é também muito interessante pensar em todas essas possibilidades; é uma pena, e ao mesmo tempo excitante, o fato de ainda sabermos pouco sobre algo tão primitivo como as origens dos desejos sexuais humanos.
Olá.
O problema é que não sabemos o que pode acontecer se mudarmos a nosso bel prazer o nosso próprio DNA. É algo mais ou menos assim pelo que eu entendo: e se o gene que determinasse de forma dominante a Heterossexualidade acabasse se combinado com outro deixando a pessoa com falhas em algum órgão do corpo ou encurtasse seu tempo de vida? Ou se fosse parecido com o chamado "Gene Guerreiro" do comportamento antissocial e psicopático(soube desse hoje via a série Elementary; se eu estiver errado de alguma forma por favor corrijam-me). Esses são os perigos da manipulação genética ao meu ver. As possibilidades de combinações são quase infinitas e não sabemos o que pode acontecer se mudarmos elas aleatoriamente a nosso bel prazer.

Por outro lado, poderia ser tido como "avanço" escolher ter um filho Homossexual. Tipo assim, se as pessoas pudessem mesmo escolher, poderia acabar agregando status ou valor moral de "mente aberta" ter um filho homossexual ou afins(não duvido que isso pudesse mesmo acabar virando "moda" como as pessoas já falam que é em alguns casos). Só conheço minha professora de inglês do curso que gostaria que o filho dela fosse Homossexual, pra ela "ser a única mulher na vida dele", segundo ela. Acho que esse tipo de coisa de status poderia acontecer se passassemos a poder escolher isso.

Sua colocação da Igreja é interessante. Na religião, não sei aonde acaba o interesse e começa a fantasia. Os pastores homofóbicos de 300 anos atrás poderiam realmente não acrediar em nada diso e pegar por interesse mesmo(afinal muitas vezes só nos unimos para combater um inimigo comum). Mas os de hoje podel realmente acreditar. Se realmente acreditarem, podem ser contra. Mas se for por interesse acho que liberariam. Isso é muito arbitrário e por vezes chega a ser hipócrita, não há como ter certeza absoluta.


Voltar ao Topo Ir em baixo
J. P.
Novato(a)
Novato(a)
J. P.

Mensagens 29
Inscrição 14/11/2017
Idade 27

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty14/11/2017, 11:38

Por muito tempo, eu cheguei a considerar que minha possível assexualidade era fruto de alteração hormonal ou problemas emocionais. Fiz exames de testosterona, fiz terapia e nunca nada disso me ajudou. Hoje, posso dizer que as discussões neste fórum tem me ajudado bastante a colocar os pensamentos em ordem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://escritorjp.blogspot.com
Bells
Sabido(a)
Sabido(a)
Bells

Mensagens 208
Inscrição 04/09/2016
Idade 26
Pensamento See the line where the sky meets the sea? It calls me

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty14/11/2017, 13:42

Posso dizer falar algumas coisas do ponto de vista da psicologia:

A maioria das vertentes em geral considera a orientação sexual algo inato. Freud tem toda uma teoria louca lá que não vou entrar em detalhes porque entra em complexo de édipo na infância e minha nossa senhora HAHAHAHAH (e também não me aprofundei nisso, teria que pesquisar mais).

Pra análise do comportamento, a orientação sexual poderia ser definida através das nossas experiências. Vivências nossas com toques e contatos sexuais ou mesmo contatos que causem sensações prazerosas podem fazer com que a gente associe essas sensações boas a um gênero em específico. Mas mesmo a galera da análise do comportamento considera isso uma boa hipótese e que possivelmente tem outros mil fatores envolvidos no desenvolvimento da orientação sexual.

No caso da assexualidade, reparei que muitos aces tem uma reação meio negativa a contato físico, talvez isso seja um indicador? Talvez as experiências relacionadas a contatos físicos não causaram reações prazerosas ou tiveram consequências negativas, daí se desenvolveu a assexualidade?? Só pesquisas mesmo pra saber xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
J. P.
Novato(a)
Novato(a)
J. P.

Mensagens 29
Inscrição 14/11/2017
Idade 27

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty15/11/2017, 10:53

Bells escreveu:
Posso dizer falar algumas coisas do ponto de vista da psicologia:

A maioria das vertentes em geral considera a orientação sexual algo inato. Freud tem toda uma teoria louca lá que não vou entrar em detalhes porque entra em complexo de édipo na infância e minha nossa senhora HAHAHAHAH (e também não me aprofundei nisso, teria que pesquisar mais).

Pra análise do comportamento, a orientação sexual poderia ser definida através das nossas experiências. Vivências nossas com toques e contatos sexuais ou mesmo contatos que causem sensações prazerosas podem fazer com que a gente associe essas sensações boas a um gênero em específico. Mas mesmo a galera da análise do comportamento considera isso uma boa hipótese e que possivelmente tem outros mil fatores envolvidos no desenvolvimento da orientação sexual.

No caso da assexualidade, reparei que muitos aces tem uma reação meio negativa a contato físico, talvez isso seja um indicador? Talvez as experiências relacionadas a contatos físicos não causaram reações prazerosas ou tiveram consequências negativas, daí se desenvolveu a assexualidade?? Só pesquisas mesmo pra saber xD

Contato físico desastroso durante a infância... Eu sofria bastante bullying, sobretudo relacionado a agressões físicas, quando tinha 6, 7 anos. Será que esse tipo de contato físico ajudou a rejeitar todo tipo de toque? Até cumprimentar com beijinhos não é muito agradável quando não tenho intimidade com a pessoa, por exemplo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://escritorjp.blogspot.com
Bells
Sabido(a)
Sabido(a)
Bells

Mensagens 208
Inscrição 04/09/2016
Idade 26
Pensamento See the line where the sky meets the sea? It calls me

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty15/11/2017, 11:35

J. P. escreveu:
Contato físico desastroso durante a infância... Eu sofria bastante bullying, sobretudo relacionado a agressões físicas, quando tinha 6, 7 anos. Será que esse tipo de contato físico ajudou a rejeitar todo tipo de toque? Até cumprimentar com beijinhos não é muito agradável quando não tenho intimidade com a pessoa, por exemplo.

Olha, só uma boa análise pra ter certeza, mas é provável sim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nephilim
Sabido(a)
Sabido(a)
Nephilim

Mensagens 246
Inscrição 21/01/2017
Idade 19
Pensamento "I'm made of love and it's stronger than you!"

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty15/11/2017, 15:08

Teria que ter uma pesquisa mesmo ahuahua. Mas... se fosse por agressão física então eu creio que o número de assexuais seria bem maior, pois eu acho que tem um grande número de pessoas que sofreram bullying na infância, mas... pode ser que tenha uma conexão? Pode sim... Não sei... não é a minha área (do que eu tô falando se eu nem sou formada?!). Psicologia não é uma matéria exata, por isso exige que pensemos em várias possibilidades e tenhamos um ótimo repertório de conhecimento a respeito dela, o que não é o meu caso, haha.
No meu caso, eu não sofria agressões quando eu era criança, mas a minha família sempre fez vista grossa para contatos físicos. Eu não podia abraçar nenhum homem, nem o meu próprio pai ou o meu avô, minha mãe tinha ciúmes do meu pai... e quem sabe desconfiava do meu avô. Até hoje nós não temos nenhum contato físico, e eu acho mesmo muito estranho quando alguém que eu acabo de conhecer fica me tocando ou dando abraços, ainda mais ''beijinhos''. Não sei se isso influenciou minha sexualidade, mas acho que realmente, de alguma forma, influenciou o meu relacionamento com outras pessoas. Será que a infância poderia então realmente influenciar tão profundamente alguém... como no caso da própria sexualidade?...
OAAHHH, eu não sei hahahaha.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Sam
Admin
Admin
Sam

Mensagens 928
Inscrição 03/04/2012
Idade 30

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty17/11/2017, 18:25

Já foi dito e explicado aí em cima e a minha opinião é parecida: acredito que assexualidade, bem como qualquer orientação sexual, seja multifatorial. Certamente alguns fatores interferem mais que os outros, mas só saberíamos isso com mais pesquisas (porque já existem algumas).


"Se você ficar sozinho, pega a solidão e dança" (Três Dias, Marcelo Camelo)


https://www.assexualidade.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luizaprt
Novato(a)
Novato(a)
Luizaprt

Mensagens 34
Inscrição 17/11/2017
Idade 19

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty18/11/2017, 16:23

Acho que assexualidade pode ser uma orientação que nasce com a pessoa, assim como a homossexualidade e etc.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana L.
Novato(a)
Novato(a)
Ana L.

Mensagens 32
Inscrição 26/03/2017
Idade 20
Pensamento "Ore-sama daze"

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty30/11/2017, 08:08

Eu acredito que os fatores genéticos sejam a principal causa da sexualidade de uma pessoa, entretanto para que ela se manifeste tal como é deve-se contar o período da gestação e os eventos marcantes na sua história, não necessariamente a infância. Não acredito que haja fatores sociais ou culturais para isso, porque assim não existiria a quantidade de membros da comunidade LGBT+ que se tem hoje.
A cultura e o meio social só obriga a pessoa a fazer o que ela não se sente a vontade fazendo.
Uma coisa que me faz acreditar na teoria da genética é que tem na minha família dois ace (eu e meu tio-avô), um demi e duas outras pessoas que eu desconfio que sejam assexuais também.

Eu acredito que a sexualidade de algumas pessoas podem fluir em determinado momento da vida, independente do motivo ser algo negativo ou não, já vi alguns relatos no fórum. Claro que isso não causa mudança genética, é apenas uma mudança fenotípica.
É como uma pessoa que não tem gene para ser gorda e msm assim é.

Acho que nunca fui impedida de abraçar ninguém durante a infância, eu que realmente fugia. Minha amiga é foi assim também e é até hoje, ela só te abraça se estiver mau, mas ela não é assexual, é o exato oposto. Atualmente eu saio distribuindo abraços por ai.
Os acontecimentos da infância são importantes, sem dúvida, mas para as coisas mais traumáticas o cérebro cria uma barreira para proteger o próprio desenvolvimento e a pessoa crescer e superar isso. Ele bloqueia determinadas memórias e elas só voltam quando você fica adulto, graças a isso a pessoa tem uma chance maior de desenvolver depressão do outro qualquer. Quem me disse isso foi o psicologo que foi na escola no sembro amarelo quando perguntei se crianças que sofreram com depressão ou ansiedade tornam-se adultos com algum tipo de retardo mental, a resposta dele foi um "geralmente não".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcelo Smith
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Marcelo Smith

Mensagens 19
Inscrição 08/05/2017
Idade 30

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty17/12/2017, 14:35

Convidado escreveu:
Olá.
Não acho que seja apenas genético. Um amigo meu falou de uma pesquisadora em genética que tem umas teorias relacionasas a isso.

Pelo que eu entendi do que ele me disse dela, há os fatores ambientais e psicológicos. O exemplo que ele deu foi de gemios. Que se um deles fosse homossexual então havia chance de 55%(ou algo assim) do outro também ser/se tornar. Mas se eles fossem criados separadamente a chance caia pra 25%(ou algo assim). Fico devendo postar isso depois!

Mas acho mais que é um fator psicológico. A sexualidade humana, por mais que tentemos negar, é mais governada pela mente do que pelo corpo. Um exemplo disso são feitiches. Biologicamente desnecessários mas, mesmo que não socialmente aceitaveis e as vezes ainda mais por isso, prazerosos para quem os tem.

Isso também tem haver com a psicologia. Não sei muito sobre como funciona, mas pelo que me falaram aprendemos com os erros dos pais então acho que isso pode influenciar na nossa sexualidade. O ambiente. O jeito como abordamos quais assuntos de que formas e as mensagens que isso deixa em nosso inconsciente.

Mas também não podemos esquecer a intencionalidade dos discursos. Acredito que as sexualidades humanas são inatas e podem, ou não, se desenvolver a partir do meio. Os discursos de serem "escolhas" ou "questão de criação" tem mais intenção de controle e punição do que verdade.

Eu, por exemplo, poderia falar sobre como são pra mim esses aspectos(biologia, meio e psicológico). Seria bom mesmo falarmos e compararmos experiências buscando regularidades. Mas agora estou adoecendo enquanto teclo e não seria capaz de produzir algo significativo por isso respondo amanhã. Boa noite a todos!

PS:Acho que a sexualidade humana não é algo que deva,de forma alguma, ser controlado. Independente do que cause, é o que somos. Da mesma forma que não sugeitariamos um homem que não quisesse a uma cirurgia de redesignaçao sexual para o género feminino não deveriamos buscar controlar a sexualidade das pessoas, forçando um homossexual, bissexual, pansexual ou assexual a tornar-se heterossexual por mero interesse.

Muito bom....

Acredito que tudo influencia, mas o fator que mais define e sua sexualidade é o fator genético. Acredito que nascemos com uma pre-definição que pode ser alterada com as nossas vivencias. Desde pequeno você já sente algum impulso sexual sem nem saber o que é sexo, com o tempo e amadurecimento você passa a entender melhor porque você sentia aquela sensação. A nossa estrutura genética se modifica com as nossas experiencias, como se fosse um aprendizado para passarmos aos nosso descendentes. Imagine uma arvore com vários galhos, cada galho é um tipo de sexualidade, fetiches. Você nasce com predisposição a certos galhos que podem ou não serem desenvolvidos com o passar da vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sha
Admin
Admin
Sha

Mensagens 564
Inscrição 30/03/2012
Idade 35
Pensamento "Nós temos que aprender que não somos isso que a sociedade diz que nós somos." Laércio Fonseca

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty31/8/2019, 17:38

"Especialistas de diversas regiões do mundo conduziram um estudo que desbanca o mito da existência de um 'gene gay'. Segundo o que foi descoberto, diferentes segmentos do material genético humano influenciam na definição da orientação sexual, e não apenas a presença ou ausência de um deles."

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2019/08/nao-apenas-um-mas-varios-genes-influenciam-orientacao-sexual-indica-pesquisa.html



Se ame, se cuide.  coração roxo

bandeira assexual Sobre a Comunidade Assexual

Site e Blog    ●    Loja    ●    Facebook   ●   Instagram    ●    YouTube    ●    Mapa dos Assexuais no Brasil   

Grupo no Whatsapp  ●  Pesquisa   ●   Encontros de Assexuais   ●   Twitter

Contato: assexualidade.com.br@gmail.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.assexualidade.com.br
Shipow
Sabido(a)
Sabido(a)
Shipow

Mensagens 445
Inscrição 15/03/2018
Idade 40
Pensamento Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, muda-se o ser, muda-se a confiança. Todo mundo é composto de mudança, tomando-se sempre novas qualidades.

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty4/9/2019, 01:21

Muito legal trazer essa discussão Sha!!!

Claro que é possível que fatores externos alterem a sexualidade de uma pessoa. Tirando minha assexualidade, acho que muito da minha indiferença em aproximação, toques, beijos e abraços teve a ver com minha falta de afetividade de meus pais na infância. Mas não posso afirmar.
Porém, minha opinião é que vem da genética mesmo e a pessoa já nasce. Vemos muitos indícios de crianças que já mostram todo um indício da qual não deixa dúvidas que ela terá tal comportamento.

Com a manipulação da genética, hoje já é possível escolher o sexo de uma criança, mas acho improvável a orientação.

Comparando com a religião, por exemplo, muitos pais já introduzem na vida de seus filhos desdes muito jovens a religião que eles querem. Na vida adulta alguns podem continuar seguindo e outros podem ir para outras religiões ou não acreditar em nada, isso é relativo.

A verdade é que ainda há muito preconceito e por essa razão, muitos preferem ficar no anonimato mesmo, seguindo as tradições.

Peço permissão para fugir um pouco do tema proposto, mas acho que tem a ver. Sou do meio da dança. O conceito de cavalheiro e dama já não está cabendo mais, pois em alguns ritmos como West Coast e Lind Rop não faz a menor diferença em quem são os pares, chamando-os simplesmente de condutor(a) e conduzido(a), pois tanto um(a) quanto o(a )outro(a) pode conduzir.
Ultimamente muitas mulheres tem adorado o conceito de conduzirem. Então dançarinas avançadas voltam às turmas mais iniciantes para aprenderem a conduzir. E agora, além dos professores, muitos alunos homens estão pegando gosto em serem conduzidos.
Para quem vê de fora, mulher com mulher dançando juntas, não é estranho, mas se verem dois homens dançando juntos, na hora já rola uma rotulação.
Os homens que dançam de mulher, ou melhor de conduzidos não são viados ou menos homens. É maravilhoso poder trabalhar os dois lados do cérebro.
Eu mesmo, a alguns meses, nos ritmos de forro, bolero, samba e zouk, tenho feito aulas como conduzido, e, não fico nem um pouco acanhado de aprender e fazer todos os enfeites sensuais que o ritmo exigir, pois assim eu posso ensinar para as mulheres. Não é meu objetivo ser professor de dança, mas já que conhecimento não ocupa espaço, quero me tornar um dançarino completo.  

Enfim, se essa questão toda é genético ou não, para mim, o que de fato tem de prevaler é as pessoas serem elas mesmas.....mas.....infelizmente.....a liberdade não se veste bem, não tem bons modos e não liga para o que os outros vão dizer. Ser absolutamente livre tem um ônus que poucos estão dispostos a pagar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Try
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Try

Mensagens 12
Inscrição 07/10/2019
Idade 33
Pensamento "Aquilo que poderia ser diferente ainda não começou". Adorno.

Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty10/10/2019, 20:43

Em uma análise materialista, penso que a assexualidade está relacionada com fatores ambientais que repercutem na estrutura psicológica da pessoa. Acredito que as experiências vividas na infância são fatores determinantes para a construção do self e, quando há traumas, essa construção pode ser prejudicada, apresentando distorções da realidade.
A recusa de amor, um ambiente conflituoso, a falta de cuidados acarretam na criança sintomas físicos e psicológicos que serão levados para a vida. Autores da psicanálise defendem que crianças que perderam um ambiente seguro poderão apresentar atitudes ilícitas na adolescência e na vida adulta. Se a perda de um ambiente seguro pode desencadear a prática de atos infracionais (como uma busca por reconhecimento de acordo com Honnet), essa perda também pode acarretar a assexualidade. Porém, desconheço estudos que relacionam a assexualidade com os traumas vividos na infância.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Assexualidade pode ter fator genético? Empty
MensagemAssunto: Re: Assexualidade pode ter fator genético?   Assexualidade pode ter fator genético? Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Assexualidade pode ter fator genético?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-