InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
outsider_g
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 23/05/2017
Idade 25

MensagemAssunto: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    20/7/2017, 10:10

Primeiramente, queria elogiar a comunidade. Fiquei muito feliz em saber que tem muitas pessoas incríveis e de mente aberta por aqui.  aplausos

Já vem um textão! Me desculpem, não consegui resumir mais do que isso.

Eu me identifico como Ace. Sofri abuso sexual quando criança, não sei se isso determinou a minha assexualidade. Li em alguns sites que quem sofreu abuso sexual quando criança não pode ser definido como assexual. Já o site –demisexuality- afirma que sim, posso adotar o termo e usá-lo se eu me sinto confortável e me identifico com ele. O problema é que não sei em qual espectro dentro da assexualidade estou.

Desde criança eu tive interesse em garotos mas nunca me envolvi de verdade com nenhum deles. Na adolescência, quando os caras que eu gostava mostravam um certo interesse por mim, eu ficava super feliz, começava a conversar com eles (geralmente por internet). Adorava começo de relacionamentos, aquele FRISSON e tal (sem contato físico). O mais longe que fui no contato físico  foi quando dei o meu primeiro beijo, que a propósito eu odiei. Eu acho que queria ficar com o garoto na hora (acho). Não tenho certeza porque tem toda a pressão social de que vc tem que perder o bv e tal. Acho que fui muito influenciada por isso. Nos beijamos mas depois disso eu não queria mais nada com ele. Não beijei mais ninguém desde então. Até os outros garotos que eu gostava, quando tinha a oportunidade de beijá-los, eu não os beijava. Teve um garoto que eu o achava bonito, gostava do estilo dele e etc. Consegui o contato dele, começamos a conversar, marcamos de nos encontrar uma vez e só nos abraçamos. Eu lembro que adorei abraça-lo e voltei pra casa super feliz (sabe quando vc tá em êxtase, apaixonado? então, me senti assim). Eu estava realmente interessada, ou pelo menos era o que eu achava. Marcamos de nos encontrar outra vez. Ele colocou a mão na minha cintura e eu não curti, me senti estranha. Depois, quando tive a chance de beijá-lo, não o beijei. E depois tudo ficou estranho, me desinteressei por ele. Percebi essa característica em todos os meus “envolvimentos”, no começo eu gosto das conversas e depois me desinteresso por eles. Percebi que todas vezes que aparece algum *pretendente* e eu tenho a chance ou há a possibilidade de me envolver fisicamente com eles, toda paixão esfria e eu me "agarro" as minhas paixões platônicas (celebridades/famosos/personagens). Acho que eu faço isso porque no fundo eu sei que é impossível me envolver com os caras famosos e ter algum contato físico com eles. Eu fantasio encontros e relacionamentos românticos com eles. Me envolvo tanto que isso me faz sofrer demais. O ultimo relacionamento -real- que tive começou sem beijos, conversávamos, nos abraçávamos, eu gostava mas eu não estava muito interessada e empolgada para beijá-lo. Eu ia beijá-lo mas a gente terminou antes de acontecer. Eu não sei se ia me sentir confortável em beijá-lo. Quando estava apaixonada por ele apesar de eu gostar de estar junto dele, eu me sentia estranha, não parecia eu. É como se eu me tornasse outra pessoa. Não sei até que ponto eu consigo me envolver com alguém próximo a mim. Além de todos problemas com contato físico, eu tenho medo de me decepcionar ou decepcionar a pessoa. Porque no começo eu até quero a pessoa e de repente não quero mais. Antes eu conseguia sentir atração primária por um cara, achava bonito fisicamente e rapidamente me apaixonava, nem precisava conhece-lo de verdade. Ultimamente isso é raro acontecer. Estou em uma fase em que não estou mais me interessando e sentindo atração por homens próximos a mim. Eu preciso conhecer mais da sua personalidade, começar a admira-lo. Mas outro problema é que isso só tem acontecido com personagens porque eu tenho fobia social, não saio muito e de certo modo acabo criando uma ligação/conexão com um personagem/celebridade. Dai quando a conexão já está formada, o cara se torna o homem mais lindo do mundo pra mim e não consigo achar mais nenhum outro cara bonito (isso é muito estranho tb). Enfim, tenho quase certeza que sou demi-romântica pois eu preciso ter uma conexão com alguém pra começar a me interessar. Eu gosto da ideia de ter uma pessoa e me envolver mas eu não sei até que ponto eu me sentiria confortável. E acredito que quando isso se concretizasse, eu perderia o interesse. É muito frustrante porque sou muito intensa, minhas maiores paixões foram platônicas, tenho vontade de ter um companheiro mas ao mesmo tempo não sei o quão longe iria com ele. Vi uma definição de aegossexual e me identifiquei porque rara vezes imaginei/fantasiei tendo relações com alguém. E ao mesmo tempo me identifico um pouco com o frayssexual porque é comum eu me desinteressar pelas pessoas quando elas correspondem e começa a ir para a parte física. Mas dizem que fray é o contrário de demi. Porque quem é fray sente atração primária e quanto menos conhece a pessoa mais se interessa. E eu não me identifico com essa parte da definição. Porque mesmo ultimamente eu só estar me interessando por caras famosos, nem por eles sinto atração a primeira vista. Preciso pesquisar sobre eles, ver entrevistas e ter a falsa ideia de que os conheço. Gostaria de saber a opinião de vocês. Tô muito perdida. triste


Última edição por outsider_g em 15/8/2017, 01:42, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hinagiku
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 346
Inscrição 18/05/2016
Idade 32
Pensamento "Tudo é Um e Um é Tudo"

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    20/7/2017, 19:13

Olá, Outsider_g!!! Não se preocupe com textos grandes, até e legal vc mostrar o que vc deseja!!! Sinta a vontade e bemvinda. Eu acho q o fato de que no seu passado ter sofrido abuso nem sempre pode indicar q vc não seja assexual. Pois existem pessoas naturalmente assexuais que sofreram abusos, assim como pessoas que naturalmente são sexuais e sofreram abusos. Uma coisa não exclui a outra!!! Pelo q vc nos contou, suponho q vc seja lithoromantica. Talvez, não e? Porque vc disse q começava gostando da pessoa e se começasse a se aprofundar, vc perdia o interesse? Eu não tenho certeza, mas acho que vc precisaria ir se descobrindo a nossa ajuda e do fórum!!! Espero q encontre o seu caminho!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
outsider_g
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 23/05/2017
Idade 25

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    20/7/2017, 23:25

Hinagiku escreveu:
Olá, Outsider_g!!! Não se preocupe com textos grandes, até e legal vc mostrar o que vc deseja!!! Sinta a vontade e bemvinda. Eu acho q o fato de que no seu passado ter sofrido abuso nem sempre pode indicar q vc não seja assexual. Pois existem pessoas naturalmente assexuais  que sofreram abusos, assim como pessoas que naturalmente são sexuais e sofreram abusos. Uma coisa não exclui a outra!!! Pelo q vc nos contou, suponho q vc seja lithoromantica. Talvez, não e? Porque vc disse q começava gostando da pessoa e se começasse a se aprofundar, vc perdia o interesse? Eu não tenho certeza, mas acho que vc precisaria ir se descobrindo a nossa ajuda e do fórum!!! Espero q encontre o seu caminho!!!


Muito obrigada pela ajuda sorrindo Pesquisei sobre lithossexualidade, a maioria das definições diz que quem é litho não quer ser correspondido e esse não é o meu caso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romântico
Admin
Admin
avatar

Mensagens 1839
Inscrição 16/04/2014
Idade 41
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    21/7/2017, 06:35

outsider_g escreveu:
Primeiramente, queria elogiar a comunidade. Fiquei muito feliz em saber que tem muitas pessoas incríveis e de mente aberta por aqui.  aplausos
Seja bem-vinda, outsider_g! bolo Bom saber que gostou da comunidade. sorrindo

outsider_g escreveu:
Já vem um textão! Me desculpem, não consegui resumir mais do que isso.
Não se preocupe... afinal, lê o depoimento quem quer, e detalhando bem fica mais fácil compreendermos o que a aflige. sorrindo

outsider_g escreveu:
Eu me identifico como Ace. Sofri abuso sexual quando criança, não sei se isso determinou a minha assexualidade. Li em alguns sites que quem sofreu abuso sexual quando criança não pode ser definido como assexual. Já o site –demisexuality- afirma que sim, posso adotar o termo e usá-lo se eu me sinto confortável e me identifico com ele. O problema é que não sei em qual espectro dentro da assexualidade estou.
Lamento pelo abuso que vc sofreu. O problema é saber até que ponto o ocorrido afetou o seu comportamento.
Sendo assexual ou não, como sempre digo, o importante é que vc consiga aprender mais sobre si mesma e se aceite do jeito que é. Assexualidade é condição, não é escolha. Mas há comportamentos que vc pode mudar, SE assim desejar...

outsider_g escreveu:
Desde criança eu tive interesse em garotos mas nunca me envolvi de verdade com nenhum deles. Na adolescência, quando os caras que eu gostava mostravam um certo interesse por mim, eu ficava super feliz, começava a conversar com eles (geralmente por internet). Adorava começo de relacionamentos, aquele FRISSON e tal (sem contato físico). O mais longe que fui no contato físico  foi quando dei o meu primeiro beijo, que a propósito eu odiei. Eu acho que queria ficar com o garoto na hora (acho). Não tenho certeza porque tem toda a pressão social de que vc tem que perder o bv e tal. Acho que fui muito influenciada por isso. Nos beijamos mas depois disso eu não queria mais nada com ele. Não beijei mais ninguém desde então. Até os outros garotos que eu gostava, quando tinha a oportunidade de beijá-los, eu não os beijava. Teve um garoto que eu o achava bonito, gostava do estilo dele e etc. Consegui o contato dele, começamos a conversar, marcamos de nos encontrar uma vez e só nos abraçamos. Eu lembro que adorei abraça-lo e voltei pra casa super feliz (sabe quando vc tá em êxtase, apaixonado? então, me senti assim). Eu estava realmente interessada, ou pelo menos era o que eu achava. Marcamos de nos encontrar outra vez. Ele colocou a mão na minha cintura e eu não curti, me senti estranha. Depois, quando tive a chance de beijá-lo, não o beijei. E depois tudo ficou estranho, me desinteressei por ele. Percebi essa característica em todos os meus “envolvimentos”, no começo eu gosto das conversas e depois me desinteresso por eles. Percebi que todas vezes que aparece algum *pretendente* e eu tenho a chance ou há a possibilidade de me envolver fisicamente com eles, toda paixão esfria e eu me "agarro" as minhas paixões platônicas (celebridades/famosos/personagens). Acho que eu faço isso porque no fundo eu sei que é impossível me envolver com os caras famosos e ter algum contato físico com eles. Eu fantasio encontros e relacionamentos românticos com eles. Me envolvo tanto que isso me faz sofrer demais. O ultimo relacionamento -real- que tive começou sem beijos, conversávamos, nos abraçávamos, eu gostava mas eu não estava muito interessada e empolgada para beijá-lo. Eu ia beijá-lo mas a gente terminou antes de acontecer. Eu não sei se ia me sentir confortável em beijá-lo. Quando estava apaixonada por ele apesar de eu gostar de estar junto dele, eu me sentia estranha, não parecia eu. É como se eu me tornasse outra pessoa. Não sei até que ponto eu consigo me envolver com alguém próximo a mim. Além de todos problemas com contato físico, eu tenho medo de me decepcionar ou decepcionar a pessoa. Porque no começo eu até quero a pessoa e de repente não quero mais. Antes eu conseguia sentir atração primária por um cara, achava bonito fisicamente e rapidamente me apaixonava, nem precisava conhece-lo de verdade. Ultimamente isso é raro acontecer. Estou em uma fase em que não estou mais me interessando e sentindo atração por homens próximos a mim. Eu preciso conhecer mais da sua personalidade, começar a admira-lo. Mas outro problema é que isso só tem acontecido com personagens porque eu tenho fobia social, não saio muito e de certo modo acabo criando uma ligação/conexão com um personagem/celebridade. Dai quando a conexão já está formada, o cara se torna o homem mais lindo do mundo pra mim e não consigo achar mais nenhum outro cara bonito (isso é muito estranho tb). Enfim, tenho quase certeza que sou demi-romântica pois eu preciso ter uma conexão com alguém pra começar a me interessar. Eu gosto da ideia de ter uma pessoa e me envolver mas eu não sei até que ponto eu me sentiria confortável. E acredito que quando isso se concretizasse, eu perderia o interesse. É muito frustrante porque sou muito intensa, minhas maiores paixões foram platônicas, tenho vontade de ter um companheiro mas ao mesmo tempo não sei o quão longe iria com ele. Vi uma definição de aegossexual e me identifiquei porque rara vezes imaginei/fantasiei tendo relações com alguém. E ao mesmo tempo me identifico um pouco com o frayssexual porque é comum eu me desinteressar pelas pessoas quando elas correspondem e começa a ir para a parte física. Mas dizem que fray é o contrário de demi. Porque quem é fray sente atração primária e quanto menos conhece a pessoa mais se interessa. E eu não me identifico com essa parte da definição. Porque mesmo ultimamente eu só estar me interessando por caras famosos, nem por eles sinto atração a primeira vista. Preciso pesquisar sobre eles, ver entrevistas e ter a falsa ideia de que os conheço. Gostaria de saber a opinião de vocês. Tô muito perdida. triste
Pelo que descreveu, vc sente atração física... e embora tenha dito que deseja ter um companheiro, parece idealizar o relacionamento, e desse jeito acabará por se desinteressar mesmo. Pessoas têm virtudes e defeitos, ninguém é perfeito(a). Atritos podem ocorrer, vez ou outra, mesmo num bom relacionamento.
Vc chegou a se consultar com psicólogo(a) e/ou psiquiatra? Acredito que um(a) profissional da área poderá ajudá-la bastante.


Visite o site oficial:
http://www.assexualidade.com.br


------

Confira os tópicos selecionados, na barra lateral direita do Fórum!
Obs: atualizei a lista, incluindo links que constavam apenas na minha assinatura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vk.com/megasenaminhavida
Fernando
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 1276
Inscrição 30/03/2015
Idade 21
Pensamento When you lose small mind you free your life

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    21/7/2017, 22:07

Oi. Que bom que gostou da comunidade sorrindo
Difícil de se dizer que um momento/experiência determinou a sexualidade de alguém, pois há, possivelmente, até influências genéticas. Quanto a usar o termo, não vejo isso como algo impeditivo por si só, pois, como já disseram, tem pessoas assexuais que aconteceram de sofrer um abuso sem que isso tenha influenciado em sua sexualidade, mas também pode acontecer de um allossexual sofrer abuso e reprimir sua sexualidade em decorrência disso. Então se você sente confortável não vejo nada errado em você usar o termo.
Quanto a sua dúvida sobre não saber até que ponto você consegue se envolver, acho que não teria como realmente saber até que acontecesse, sabe, porquê isso vai depender muito de quem for a outra pessoa, e em como você estiver no momento.
Sobre se decepcionar/decepcionar o outro, isso é algo inevitável. Faz parte da natureza do desconhecido. Mas o contrário também acontece, há momentos/experiências que não esperávamos e acabam por serem bons, ou que são melhores do que esperávamos. O importante é não criar expectativas demais, pois dificilmente as coisas acontecem exatamente como queremos e isso acaba por nos frustar em algum nível, mas também não ser apático e deixar de aproveitar esses pequenos momentos de felicidade.
Novamente, sobre o quão longe você iria com um companheiro, é difícil dizer porquê cada caso será um caso.
Quanto as classificações, além de, como sempre, sugerir não se prender tanto a elas, você se refere a parte romântica delas (por se considerar ace), ou a parte sexual, estando você no espectro gray-a ? Não ficou muito claro para mim. Sua falta de atração primária, é compatível com demi-sexualidade/romanticidade, e seu desinteresse após a pessoa demonstrar reciprocidade, me parece algo meio lith-sexual/romântico. Então, talvez você tenha características demi e lith ? Não sei se tem algum termo que seja tangente a ambas.

Espero ter ajudado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
tooruivan
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 10/07/2017
Idade 30
Pensamento O elefante é sempre mais rosa no lado direito do galinheiro.

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    21/7/2017, 23:15

Segundo Kinsey nossa sexualidade muda então não foque tanto no que você não é tão importante assim.

http://hypescience.com/sexualidade-nao-e-fixa-conheca-escala-kinsey/

Eu te entendo em alguns aspectos, pois Também foi abusado quando criança e lutei contra a síndrome do panico com o toque, só perdi o bv quando tinha 24 anos. Já tentei sair com mulheres (só 2) mas depois de ser "atacado" mesmo tendo explicado sobre a minha infância e tals, fiquei com medo de me aproximar de novo.

Se precisar conversar com alguém tamos ai.

Você não esta sozinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
outsider_g
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 23/05/2017
Idade 25

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    22/7/2017, 01:20

Romântico escreveu:
outsider_g escreveu:
Primeiramente, queria elogiar a comunidade. Fiquei muito feliz em saber que tem muitas pessoas incríveis e de mente aberta por aqui.  aplausos
Seja bem-vinda, outsider_g! bolo Bom saber que gostou da comunidade. sorrindo

outsider_g escreveu:
Já vem um textão! Me desculpem, não consegui resumir mais do que isso.
Não se preocupe... afinal, lê o depoimento quem quer, e detalhando bem fica mais fácil compreendermos o que a aflige. sorrindo

outsider_g escreveu:
Eu me identifico como Ace. Sofri abuso sexual quando criança, não sei se isso determinou a minha assexualidade. Li em alguns sites que quem sofreu abuso sexual quando criança não pode ser definido como assexual. Já o site –demisexuality- afirma que sim, posso adotar o termo e usá-lo se eu me sinto confortável e me identifico com ele. O problema é que não sei em qual espectro dentro da assexualidade estou.
Lamento pelo abuso que vc sofreu. O problema é saber até que ponto o ocorrido afetou o seu comportamento.
Sendo assexual ou não, como sempre digo, o importante é que vc consiga aprender mais sobre si mesma e se aceite do jeito que é. Assexualidade é condição, não é escolha. Mas há comportamentos que vc pode mudar, SE assim desejar...

outsider_g escreveu:
Desde criança eu tive interesse em garotos mas nunca me envolvi de verdade com nenhum deles. Na adolescência, quando os caras que eu gostava mostravam um certo interesse por mim, eu ficava super feliz, começava a conversar com eles (geralmente por internet). Adorava começo de relacionamentos, aquele FRISSON e tal (sem contato físico). O mais longe que fui no contato físico  foi quando dei o meu primeiro beijo, que a propósito eu odiei. Eu acho que queria ficar com o garoto na hora (acho). Não tenho certeza porque tem toda a pressão social de que vc tem que perder o bv e tal. Acho que fui muito influenciada por isso. Nos beijamos mas depois disso eu não queria mais nada com ele. Não beijei mais ninguém desde então. Até os outros garotos que eu gostava, quando tinha a oportunidade de beijá-los, eu não os beijava. Teve um garoto que eu o achava bonito, gostava do estilo dele e etc. Consegui o contato dele, começamos a conversar, marcamos de nos encontrar uma vez e só nos abraçamos. Eu lembro que adorei abraça-lo e voltei pra casa super feliz (sabe quando vc tá em êxtase, apaixonado? então, me senti assim). Eu estava realmente interessada, ou pelo menos era o que eu achava. Marcamos de nos encontrar outra vez. Ele colocou a mão na minha cintura e eu não curti, me senti estranha. Depois, quando tive a chance de beijá-lo, não o beijei. E depois tudo ficou estranho, me desinteressei por ele. Percebi essa característica em todos os meus “envolvimentos”, no começo eu gosto das conversas e depois me desinteresso por eles. Percebi que todas vezes que aparece algum *pretendente* e eu tenho a chance ou há a possibilidade de me envolver fisicamente com eles, toda paixão esfria e eu me "agarro" as minhas paixões platônicas (celebridades/famosos/personagens). Acho que eu faço isso porque no fundo eu sei que é impossível me envolver com os caras famosos e ter algum contato físico com eles. Eu fantasio encontros e relacionamentos românticos com eles. Me envolvo tanto que isso me faz sofrer demais. O ultimo relacionamento -real- que tive começou sem beijos, conversávamos, nos abraçávamos, eu gostava mas eu não estava muito interessada e empolgada para beijá-lo. Eu ia beijá-lo mas a gente terminou antes de acontecer. Eu não sei se ia me sentir confortável em beijá-lo. Quando estava apaixonada por ele apesar de eu gostar de estar junto dele, eu me sentia estranha, não parecia eu. É como se eu me tornasse outra pessoa. Não sei até que ponto eu consigo me envolver com alguém próximo a mim. Além de todos problemas com contato físico, eu tenho medo de me decepcionar ou decepcionar a pessoa. Porque no começo eu até quero a pessoa e de repente não quero mais. Antes eu conseguia sentir atração primária por um cara, achava bonito fisicamente e rapidamente me apaixonava, nem precisava conhece-lo de verdade. Ultimamente isso é raro acontecer. Estou em uma fase em que não estou mais me interessando e sentindo atração por homens próximos a mim. Eu preciso conhecer mais da sua personalidade, começar a admira-lo. Mas outro problema é que isso só tem acontecido com personagens porque eu tenho fobia social, não saio muito e de certo modo acabo criando uma ligação/conexão com um personagem/celebridade. Dai quando a conexão já está formada, o cara se torna o homem mais lindo do mundo pra mim e não consigo achar mais nenhum outro cara bonito (isso é muito estranho tb). Enfim, tenho quase certeza que sou demi-romântica pois eu preciso ter uma conexão com alguém pra começar a me interessar. Eu gosto da ideia de ter uma pessoa e me envolver mas eu não sei até que ponto eu me sentiria confortável. E acredito que quando isso se concretizasse, eu perderia o interesse. É muito frustrante porque sou muito intensa, minhas maiores paixões foram platônicas, tenho vontade de ter um companheiro mas ao mesmo tempo não sei o quão longe iria com ele. Vi uma definição de aegossexual e me identifiquei porque rara vezes imaginei/fantasiei tendo relações com alguém. E ao mesmo tempo me identifico um pouco com o frayssexual porque é comum eu me desinteressar pelas pessoas quando elas correspondem e começa a ir para a parte física. Mas dizem que fray é o contrário de demi. Porque quem é fray sente atração primária e quanto menos conhece a pessoa mais se interessa. E eu não me identifico com essa parte da definição. Porque mesmo ultimamente eu só estar me interessando por caras famosos, nem por eles sinto atração a primeira vista. Preciso pesquisar sobre eles, ver entrevistas e ter a falsa ideia de que os conheço. Gostaria de saber a opinião de vocês. Tô muito perdida. triste
Pelo que descreveu, vc sente atração física... e embora tenha dito que deseja ter um companheiro, parece idealizar o relacionamento, e desse jeito acabará por se desinteressar mesmo. Pessoas têm virtudes e defeitos, ninguém é perfeito(a). Atritos podem ocorrer, vez ou outra, mesmo num bom relacionamento.
Vc chegou a se consultar com psicólogo(a) e/ou psiquiatra? Acredito que um(a) profissional da área poderá ajudá-la bastante.


Muito obrigada pela ajuda! feliz Eu já frequentei psicólogos em alguns momentos da minha vida. Eu fazia acompanhamento porque tenho depressão. Já faz alguns anos que parei de me consultar. Uma vez lembro que relatei a psicologa que eu não gostava muito de contato físico, demonstrações de carinho e etc. Ela disse que eu poderia ter sofrido algum abuso. Não sei como e o por que mas eu não lembrava de ter sofrido (não foi tão grave comparado a outros casos). Eu tinha apagado o episódio totalmente da minha mente. Só vim lembrar esse ano. Eu preciso realmente voltar a me consultar. Como vc falou, talvez seja possível mudar alguns comportamentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
outsider_g
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 23/05/2017
Idade 25

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    22/7/2017, 01:45

Fernando escreveu:
Oi. Que bom que gostou da comunidade sorrindo
Difícil de se dizer que um momento/experiência determinou a sexualidade de alguém, pois há, possivelmente, até influências genéticas. Quanto a usar o termo, não vejo isso como algo impeditivo por si só, pois, como já disseram, tem pessoas assexuais que aconteceram de sofrer um abuso sem que isso tenha influenciado em sua sexualidade, mas também pode acontecer de um allossexual sofrer abuso e reprimir sua sexualidade em decorrência disso. Então se você sente confortável não vejo nada errado em você usar o termo.
Quanto a sua dúvida sobre não saber até que ponto você consegue se envolver, acho que não teria como realmente saber até que acontecesse, sabe, porquê isso vai depender muito de quem for a outra pessoa, e em como você estiver no momento.
Sobre se decepcionar/decepcionar o outro, isso é algo inevitável. Faz parte da natureza do desconhecido. Mas o contrário também acontece, há momentos/experiências que não esperávamos e acabam por serem bons, ou que são melhores do que esperávamos. O importante é não criar expectativas demais, pois dificilmente as coisas acontecem exatamente como queremos e isso acaba por nos frustar em algum nível, mas também não ser apático e deixar de aproveitar esses pequenos momentos de felicidade.
Novamente, sobre o quão longe você iria com um companheiro, é difícil dizer porquê cada caso será um caso.
Quanto as classificações, além de, como sempre, sugerir não se prender tanto a elas, você se refere a parte romântica delas (por se considerar ace), ou a parte sexual, estando você no espectro gray-a ? Não ficou muito claro para mim. Sua falta de atração primária, é compatível com demi-sexualidade/romanticidade, e seu desinteresse após a pessoa demonstrar reciprocidade, me parece algo meio lith-sexual/romântico. Então, talvez você tenha características demi e lith ? Não sei se tem algum termo que seja tangente a ambas.

Espero ter ajudado.


Obrigada, vc me ajudou. sorrindo Eu me referi a parte romântica delas, eu ainda me confundo muito com esse lance. Por exemplo, a diferença entre demi-romantico e demi-sexual. O demi-romantico seria aquele que tem interesse em abraços ou/e beijos mas não sexo e o demi-sexual teria interesse em tudo que o demi-romantico tem + o sexo? Acho que só tive atração sexual uma vez na vida e só depois de ter uma conexão estabelecida. Acho que vc está certo. Tenho características lith e demi. É possível ser litho e demi ao mesmo tempo? mão no rosto Eu pensava que lith não fosse meu caso porque dizem que litho não quer ser correspondido. Mas o que estou aprendendo, pesquisando por aqui e outros sites, é que a questão não é querer. Simplesmente há um desinteresse após demonstração de reciprocidade. Outra coisa que me deixa com dúvida é a diferença entre fray e litho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
outsider_g
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 30
Inscrição 23/05/2017
Idade 25

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    22/7/2017, 02:01

tooruivan escreveu:
Segundo Kinsey nossa sexualidade muda então não foque tanto no que você não é tão importante assim.

http://hypescience.com/sexualidade-nao-e-fixa-conheca-escala-kinsey/

Eu te entendo em alguns aspectos, pois Também foi abusado quando criança e lutei contra a síndrome do panico com o toque, só perdi o bv quando tinha 24 anos. Já tentei sair com mulheres (só 2) mas depois de ser "atacado" mesmo tendo explicado sobre a minha infância e tals, fiquei com medo de me aproximar de novo.

Se precisar conversar com alguém tamos ai.

Você não esta sozinha.


Obrigada pelo apoio! feliz

E sobre sofrer abuso... é algo que deixa uma profunda cicatriz mesmo. E temos que seguir em frente apesar de tudo. Eu nem lembrava de ter sofrido abuso pq não caracterizava os episódios ocorridos como tal. Talvez eu tenha essa síndrome do pânico c/ o toque sério Eu gosto de abraços, gosto de fazer carinho na pessoa que estou me relacionando (apesar de me sentir um pouco desconfortável e estranha). Quando é a pessoa que faz carinho em mim dai sim, fico mais desconfortável e estranha ainda. Não gosto de beijo (pra mim, beijo é algo muito invasivo e até sexual).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fernando
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 1276
Inscrição 30/03/2015
Idade 21
Pensamento When you lose small mind you free your life

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    22/7/2017, 02:41

O demirromântico é aquele que sente atração romântica por alguém que ele já tenha um vínculo mais forte (atração secundária). A maneira que essa atração se manifesta depende de cada um, o mais comum é querer abraçar, beijar, dar as mãos, etc. (mas não necessariamente a pessoa precisa querer tudo isso).
O demissexual seria parecido com o demirromântico, com a diferença de sentir atração sexual. Aí entraria a vontade de fazer sexo também.
Mas, uma pessoa demissexual não necessariamente é demirromântica. Assim como aqui é comum ter pessoas demirromânticas que são assexuais (e não demissexuais(apesar de também o terem)). Então pode ter um demissexual arromântico, por exemplo, que no caso não seria um 'demirromântico + sexo'.

outsider_g escreveu:
É possível ser litho e demi ao mesmo tempo? mão no rosto

No mar das complexidades humanas poucas coisas não são possíveis haha

Pelo que eu pesquisei, o fray seria o oposto do demi. Sentindo atração primária, mas perdendo ela à medida que conhece a pessoa. O litho é parecido, mas tem uma diferença fundamental, ele perde o interesse se a pessoa demonstra reciprocidade. Então ao ir conhecendo melhor a pessoa, o fray vai se desinteressando, mas o litho pode continuar com o interesse, ele vai perder se a pessoa sentir o mesmo por ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ace Ventura
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 509
Inscrição 28/06/2017
Idade 24
Pensamento Meta de vida: ser útil.

MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    2/8/2017, 15:10

outsider_g escreveu:
Li em alguns sites que quem sofreu abuso sexual quando criança não pode ser definido como assexual. Já o site –demisexuality- afirma que sim, posso adotar o termo e usá-lo se eu me sinto confortável e me identifico com ele. O problema é que não sei em qual espectro dentro da assexualidade estou.

Se você quiser se rotular como assexual, e se sentir confortável fazendo isto, não haverá uma polícia assexual para lhe multar por uso indevido, não precisa se preocupar.

Se você não tem interesse em atividade sexual, e achar o termo "assexual" conveniente, use-o, por quanto tempo estiver afim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Dúvidas :/ (Demi-lithossexual)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Dúvidas sobre preços de ponto cruz e portes de envio
» Reclamações / Dúvidas / Sugestões
» [Dúvidas]Venda e compra de peças avulsas, existe?
» Sugestões, Reclamações e Dúvidas - Postem AQUI!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Depoimentos-