InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Contar à família: necessidade ou preconceito?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Contar à família: necessidade ou preconceito?   1/9/2017, 10:18

Olá. Estou aqui hoje querendo debater o seguinte tema:
"Contar à família: Necessidade ou preconceito?"

 Nunca tive essa famosa "conversa"com a minha família.
E não pretendo ter. A "necessidade" de ter "essa conversa" só ocorre se você não for heterossexual, caso contrário o único tipo de conversa desse tipo que você vai precisar ter é sobre um(a) parceiro(a) ser ou não adequado(a).

 Dito isso, vamos às consideraconsiderações:

1) Só se precisa ter essa famosa conversa se você não for heterossexual

2) A necessidade de contar pressupõe necessidade de ajuda;
o que por sua vez pressupõe que haja um problema(seja a própria orientação sexual o problema ou sofrer preconceito de outros ou ter de "preparar" a família para te aceitar, o que indica, ao meu ver e em todos os casos, preconceito)

3) Há o risco real de que a família reaja de forma negativa, o que é muito prejudicial(creio que essa parte dispensa explicações)

4)A necessidade de contar é invasiva e desnecessária, pois, como a orientação sexual de uma pessoa não é um problema mas sim uma característica, não há nada a ser "feito" ou "resolvido" mesmo se contarmos

5)É mais favorável à família que ao indivíduo. Principalmente quando contamos com a necessidade de "preparar a familia para o choque"

Essa é minha opinião. Eu gostaria de saber a de vocês.

 Então? Contar à família: necessidade ou preconceito?
Voltar ao Topo Ir em baixo
RodrigoRS
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 40
Inscrição 09/07/2017
Idade 37
Pensamento Você vai comer tudo isso sozinho?

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   2/9/2017, 11:13

Não contei e não vou contar.
Já fui questionado se eu era gay por meus pais.
Caso venham com esta conversa pela 3 vez (sim, já tive 2 conversas e pelo que soube foram conversinhas entre familiares questionando sobre mim e eles insistem em não acreditar em mim) vou falar o que sempre falei, não tenho interesse por ninguém, se eu falar que sou assexual eles não vão entender e vai piorar minha condição e a cabeça deles.
O importante é eu saber quem sou e fim de papo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hinagiku
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 316
Inscrição 18/05/2016
Idade 39
Pensamento "Tudo é Um e Um é Tudo"

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   3/9/2017, 18:08

As vezes nem adianta explicar muito, pq eles n entenderiam direito. Ou pensariam errado q somos gls, ou q fizemos algum voto de castidade, etc. Expliquei pra uma prima e ela sugeriu q se eu n queria ter sexo, q eu procurasse um velho q n tenha mais vigor sexual ou algum cara q seja impotente ou "brocha" "capado", etc.... Eu interpretei isso como um deboche da parte dela... Mesmo q ela tenha me dito com sinceridade.... Pra ficar ouvindo isso, prefiram falar nada do q falar o q vcs são e entenderem errado ou fazerem piadinhas....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jeeh
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 161
Inscrição 02/11/2016
Idade 23
Pensamento Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito. Clarice Lispector

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   16/9/2017, 23:09

Olha, eu não contei a minha família com todas as palavras que sou assexual.
Porém, se vi necessidade de contar, contaria sem problema algum, porque tenho com meus pais uma relação completamente aberta e onde sempre houve muito diálogo. Nunca escondi nenhum problema, nenhum erro, nem nada deles.

Como sou demissexual, volta e meia entro em um relacionamento, então não vi a necessidade de contar exatamente o que sou. E tenho certeza que eles reagiriam perfeitamente bem se eu contasse. Porém, já conversei muito com meu pai sobre assexualidade.

A unica coisa que conversei com eles foi sobre ter filhos ou não. Como sou filha única, achei interessante saber se eles desejavam muito ter netos. Não há cobrança alguma da parte deles quanto a isso, mas como somos muito abertos uns com os outros, achei melhor deixar claro que talvez eu não me case um dia e que, consequentemente, talvez não tenha filhos.

Não vou aconselhar todo mundo aqui a ter essa conversa, pois sei que nem todos tem uma família compreensiva como a minha. Porém, eu recomendo. Isso evita tanto que eles criem expectativas e acabem se magoando, como também evita cobranças futuras por eles não saberem o que somos.

Além disso, eu não acho que contar seja um tipo de pedido de ajuda. Na verdade acho que contar é libertador, eu não escondo de ninguém que sou assexual e isso pra mim é ótimo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Babs
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 20
Inscrição 08/09/2017
Idade 21

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   17/9/2017, 00:11

Nenhum?

Eu não sou obrigada a contar aos meus pais o que eu sou ou deixo de ser, principalmente porque sei que eles não vão levar na boa e que serei julgada terrivelmente (Isso pq já sou julgada sem eles saberem, já que nunca estive num relacionamento e não estou atrás de um).

Quanto ao preconceito eu acho que é como cada um vê a situação. Eu prefiro pensar que não é preconceito e sim falta de informação. Quando as pessoas começarem a compreender (o que demorará muito ainda) as coisas vão começar a se encaixar. Está tudo muito recente, literalmente tudo. Porque até duas décadas atrás mais ou menos não era comum pessoas se assumirem gays ou outros dos termos. É recente e tudo recente sofre.

Então pra mim não é necessidade nem preconceito. Ninguém pode me forçar a falar nem dizer nada como não podemos forçar alguém a saber quem somos se ninguém nunca lhes explicou nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sha
Admin
Admin
avatar

Mensagens 346
Inscrição 30/03/2012
Idade 33
Pensamento "Nós temos que aprender que não somos isso que a sociedade diz que nós somos." Laércio Fonseca

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   18/9/2017, 18:27

Um lado bom em se contar é que eles poderiam parar se ficar te perguntando/pressionando sobre namorado(a), casamento e filhos.

O ideal seria todos terem pais amigos, terem liberdade e vontade para compartilhar seus sentimentos e gostos pessoais. Serem apoiados e amados como são. Se for o caso, pq não contar? Se não for, é melhor manter pra si.



Se ame, se cuide.  coração roxo

bandeira Sobre a Comunidade Assexual

Site e Blog  ●   Facebook   ●   Twitter  ●   YouTube

Mapa dos Assexuais no Brasil  ●  Grupo no Whatsapp

Pesquisa   ●   Encontros de Assexuais   ●   Álbum de fotos

Contato: assexualidade.com.br@gmail.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.assexualidade.com.br
Cesar_977
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 27
Inscrição 07/09/2017
Idade 22
Pensamento "Everything that kills me makes me feel alive"

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   19/9/2017, 21:45

Eu tenho intimidade quase zero com meus pais. Nao me vejo contando para eles. Por um lado, seria legal deixar tudo claro com eles, porque eu sofro uma pressaozinha por nunca ter tido uma namorada e tal. Mas por outro lado, nao sinto a necessidade de falar sobre isso com eles, oque eu mais busco e ficar bem comigo mesmo. Enfim, fico em dúvida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lilli_r
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 3
Inscrição 19/09/2017
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   19/9/2017, 21:52

Eu já contei pros meus pais, e apesar de eles terem sido amáveis, sugeriram terapia para que eu me conhecesse melhor e 'superasse' isso, o que eu não creio que possa acontecer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thom_BK
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 61
Inscrição 18/09/2017
Idade 16
Pensamento Conversar Talvez Seja Mais Libertador do que Você Possa Imaginar.

MensagemAssunto: Re: Contar á família: necessidade ou preconceito?   20/9/2017, 04:35

Olá, eu nunca sofri pressão por não ter namorada ou não me envolver com outras pessoas, na verdade minha mãe parece aprovar que eu não apareça com alguma namorada em casa, não se isso vai mudar com o tempo, pois tenho só 16 anos, e ela pode pensar que ainda não está na hora de me relacionar.

Não contei pra minha mãe e não vou contar, não porque acho que vou sofrer preconceito ou algo assim, minha mãe é muito compreensiva e não tem preconceito com pessoas com outra opção sexual, mas eu não acho que tenha necessidade de contar a ela, já falei a ela que não vou casar e nem ter filhos.

Ela não ficou triste e nem tratou como se fosse brincadeira, eu sempre conto as coisas pra minha mãe, nunca fui o tipo de garoto que esconde os problemas, mas esse detalhe eu acho irrelevante, por isso que acho que eu nunca contaria a ela.

             "Conversar Talvez Seja Mais Libertador do que Você Possa Imaginar."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Contar à família: necessidade ou preconceito?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Contar à família: necessidade ou preconceito?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-