InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Oi, me encontrei

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Amin
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 3
Inscrição 07/11/2018
Idade 19

MensagemAssunto: Oi, me encontrei   7/11/2018, 09:13

Oioi, sou a Amin, tenho 19 aninhos e por enquanto sou apenas uma vestibulanda de psicologia (curso que é quase minha alma gêmea, he coração vermelho), encontrei esse fórum por acaso faz um tempinho até, venho acompanhando tudo de longe, mas resolvi me abrir, já que tô passando por umas questões e senti necessidade de compartilhar isso com pessoas que se identifiquem com a situação (talvez a gente possa se ajudar, na verdade, espero que possamos nos ajudar, sim).

Me identifiquei como assexual aos 18 anos, enquanto navegava em um site qualquer e acabei por achar ao acaso algo que fazia menção a assexuais, que só abri por pura curiosidade de saber o que essa nova palavrinha significava. Quando comecei a ler os depoimentos, comecei a sorrir de tamanha felicidade (sorte que não tinha ninguém perto, rs) por encontrar um lugarzinho com pessoas que, enfim, entendiam como eu me sentia e que passavam pelas mesmas coisas que eu, tanto que sentia como se eu tivesse escrito aqueles depoimentos.

Comecei a me perceber diferente no comecinho do ensino médio, quando as coleguinhas começaram a querer namorar, ir pra festa e ficar com garotos, porque eu não tinha interesse nesses assustos e me sentia deslocada quando eles surgiam, como se olhasse tudo e todos por dentro de uma caixinha de vidro, tanto que é assim que posso descrever o interesse que tenho pelas pessoas, algo à distância, totalmente platônico, que quando parece que vai ser retribuído, me obrigando a sair da minha caixinha, perde o sentido e por isso nunca vai pra frente. Quando essas conversas passaram a ser sobre sexo então, me incomodava (e incomoda) bastante.

Ainda não cheguei a me apaixonar verdadeiramente por alguém (tampouco a ser correspondida), tive uma experiência com um garoto por pressão das amizades pra dar o primeiro beijo (que acabou ficando só em um selinho mesmo), mas que não foi agradável. Fora isso, fui a um encontro certa vez (também por conta das amizades), até cheguei a me enturmar com o menino, mas no fim não deu certo porque não senti vontade de beijar ele então simplesmente não fiz, ele perdeu o interesse e ficou por isso mesmo. Depois disso, pouco depois de me descobrir assexual, conheci uma menina e cheguei a me sentir muito apegada (sentimentalmente falando) a ela, coisa que nunca tinha acontecido antes, e me empolguei quando percebi que podia ser recíproco, mas acabou não indo pra frente porque nossos caminhos se desencontraram (coisa recente, ainda tenho mágoas, rs).

Descobri que, de verdade, gosto da parte romântica da coisa; gostaria de encontrar alguém pra andar de mão dada, dividir chocolate, dar presentes, enfim. Quero alguém que goste de mim e de estar comigo, sem que necessariamente envolva sexo ou beijo, mas que valorize o companheirismo.

Mas enfim, é isso, hoje eu me identifico como assexual panromântica e não mais como alguém deslocada, e me orgulho de mim mesma por isso. Finalizando, porque acho que já me alonguei demais nesse tópico, estou muito agradecida por encontrar vocês, que bom que estão aqui e que existem. Por isso, obrigada desde já! coração roxo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sam
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 557
Inscrição 03/04/2012
Idade 29

MensagemAssunto: Re: Oi, me encontrei   7/11/2018, 11:59

Oi, Amin! Seja bem-vinda sorrindo

Amin escreveu:
Oioi, sou a Amin, tenho 19 aninhos e por enquanto sou apenas uma vestibulanda de psicologia (curso que é quase minha alma gêmea, he coração vermelho),

Ultimamente tem aparecido no fórum muita gente, de alguma forma, ligada à psicologia. Isso é bom porque significa que teremos a assexualidade sendo abordada com mais frequência nesse meio. E é bom para vocês, por compartilharem mais uma coisa em comum.

Amin escreveu:
Quando comecei a ler os depoimentos, comecei a sorrir de tamanha felicidade (sorte que não tinha ninguém perto, rs) por encontrar um lugarzinho com pessoas que, enfim, entendiam como eu me sentia e que passavam pelas mesmas coisas que eu, tanto que sentia como se eu tivesse escrito aqueles depoimentos.

É muito bom saber disso e concordo, a sensação de se reconhecer em depoimentos dos outros é confortante. Principalmente quando você pensa que existe algo de errado acontecendo.

Espero que encontre o que busca aqui.


The piano is not firewood yet.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LonelySoul
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 13
Inscrição 26/10/2018
Idade 34

MensagemAssunto: Re: Oi, me encontrei   7/11/2018, 22:45

Oi Amin! Seja bem vinda...

Amin escreveu:
Oioi, sou a Amin, tenho 19 aninhos e por enquanto sou apenas uma vestibulanda de psicologia (curso que é quase minha alma gêmea, he coração vermelho),

Ultimamente tem aparecido no fórum muita gente, de alguma forma, ligada à psicologia. Isso é bom porque significa que teremos a assexualidade sendo abordada com mais frequência nesse meio. E é bom para vocês, por compartilharem mais uma coisa em comum.

Amin escreveu:
Quando comecei a ler os depoimentos, comecei a sorrir de tamanha felicidade (sorte que não tinha ninguém perto, rs) por encontrar um lugarzinho com pessoas que, enfim, entendiam como eu me sentia e que passavam pelas mesmas coisas que eu, tanto que sentia como se eu tivesse escrito aqueles depoimentos.

Sim, sou psicólogo também e acredito que muitos nós procuramos a psicologia por questionar os comportamentos e a realidade das coisas, notamos que somos "diferentes" e muitas vezes tentamos também nos entender.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mykia377
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 26
Inscrição 20/05/2018
Idade 21

MensagemAssunto: Re: Oi, me encontrei   7/11/2018, 23:21

Olá!
Seja muito bem vinda!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romântico
Admin
Admin
avatar

Mensagens 1814
Inscrição 16/04/2014
Idade 41
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

MensagemAssunto: Re: Oi, me encontrei   10/11/2018, 18:28

Amin escreveu:
Oioi, sou a Amin, tenho 19 aninhos e por enquanto sou apenas uma vestibulanda de psicologia (curso que é quase minha alma gêmea, he coração vermelho), encontrei esse fórum por acaso faz um tempinho até, venho acompanhando tudo de longe, mas resolvi me abrir, já que tô passando por umas questões e senti necessidade de compartilhar isso com pessoas que se identifiquem com a situação (talvez a gente possa se ajudar, na verdade, espero que possamos nos ajudar, sim).

Me identifiquei como assexual aos 18 anos, enquanto navegava em um site qualquer e acabei por achar ao acaso algo que fazia menção a assexuais, que só abri por pura curiosidade de saber o que essa nova palavrinha significava. Quando comecei a ler os depoimentos, comecei a sorrir de tamanha felicidade (sorte que não tinha ninguém perto, rs) por encontrar um lugarzinho com pessoas que, enfim, entendiam como eu me sentia e que passavam pelas mesmas coisas que eu, tanto que sentia como se eu tivesse escrito aqueles depoimentos.

Comecei a me perceber diferente no comecinho do ensino médio, quando as coleguinhas começaram a querer namorar, ir pra festa e ficar com garotos, porque eu não tinha interesse nesses assustos e me sentia deslocada quando eles surgiam, como se olhasse tudo e todos por dentro de uma caixinha de vidro, tanto que é assim que posso descrever o interesse que tenho pelas pessoas, algo à distância, totalmente platônico, que quando parece que vai ser retribuído, me obrigando a sair da minha caixinha, perde o sentido e por isso nunca vai pra frente. Quando essas conversas passaram a ser sobre sexo então, me incomodava (e incomoda) bastante.

Ainda não cheguei a me apaixonar verdadeiramente por alguém (tampouco a ser correspondida), tive uma experiência com um garoto por pressão das amizades pra dar o primeiro beijo (que acabou ficando só em um selinho mesmo), mas que não foi agradável. Fora isso, fui a um encontro certa vez (também por conta das amizades), até cheguei a me enturmar com o menino, mas no fim não deu certo porque não senti vontade de beijar ele então simplesmente não fiz, ele perdeu o interesse e ficou por isso mesmo. Depois disso, pouco depois de me descobrir assexual, conheci uma menina e cheguei a me sentir muito apegada (sentimentalmente falando) a ela, coisa que nunca tinha acontecido antes, e me empolguei quando percebi que podia ser recíproco, mas acabou não indo pra frente porque nossos caminhos se desencontraram (coisa recente, ainda tenho mágoas, rs).

Descobri que, de verdade, gosto da parte romântica da coisa; gostaria de encontrar alguém pra andar de mão dada, dividir chocolate, dar presentes, enfim. Quero alguém que goste de mim e de estar comigo, sem que necessariamente envolva sexo ou beijo, mas que valorize o companheirismo.

Mas enfim, é isso, hoje eu me identifico como assexual panromântica e não mais como alguém deslocada, e me orgulho de mim mesma por isso. Finalizando, porque acho que já me alonguei demais nesse tópico, estou muito agradecida por encontrar vocês, que bom que estão aqui e que existem. Por isso, obrigada desde já! coração roxo
Oi, Amin! bolo Seja bem-vinda! Gostei da sua apresentação, bem detalhada! sorrindo
Bom saber que gostou daqui, espero que faça boas amizades por intermédio do fórum!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vk.com/megasenaminhavida
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Oi, me encontrei   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Oi, me encontrei

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Apresente-se-