InícioGlossárioProcurarRegistarEntrar

Compartilhe
 

 Pressão social, vamos falar sobre?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo 
AutorMensagem
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty8/5/2021, 21:26

Olá pessoinhas, tudo bem?

Algo que tem me incomodado bastante é a nossa sociedade de forma geral, pois me sinto cobrado e pressionado nessa sociedade, mas se torna impossível apontar para algum rosto ou ditar algum nome, algum culpado. Se fosse apontar alguém, apontaria a sociedade de forma geral, então cá estou eu a criticando ^^

Eu gostaria de saber de vocês, o tipo de influência negativa que a sociedade exerce sobre vocês; gostaria de saber que tipo de discurso você internalizou e percebeu que aquela não era sua fala, mas sim algo que colocaram para ti e tu nem percebeu que aderiu; gostaria de saber que tópicos vocês se sentem cobrados ou pressionados, mas sem saber exatamente de onde...

Me sinto cobrado a ser produtivo, a não conseguir dormir antes de terminar trabalhos acadêmicos, pois eu não posso me dar o luxo de dormir enquanto há coisas a se fazer, em aberto.
Me sinto cobrado a demonstrar um comportamento minimamente sexual, já que me vejo em uma sociedade sexualizada, onde o sexo acaba presente, mesmo você não percebendo. Me sinto cobrado a demonstrar e responder algumas perguntas de cunho sexual, mesmo que eu tenha que mentir, só para não ser lido como estranho, com o estereótipo de "virjão-nerdão".
Me sinto cobrado a não ser exatamente eu próprio, autêntico, já que ser eu significaria ter que lidar socialmente com tópicos que me geram desconforto.

Me sinto pressionado a ter que deixar minha história e vivência de lado, para me adaptar e passar despercebido no meio de tantos outros. A cobrança é a ser padrão, em tudo e todos os âmbitos que isso circunda, padrão mesmo não vivenciando atração sexual... Ainda mais que sou um carinha que se interessa romanticamente por outros carinhas.

Como não me sentir cobrado e pressionado dentro desses universos? Do mundo de forma geral, da nossa sociedade, da comunidade que sou lido e automaticamente inserido (gay, homem que gosta de outro homem, automática e sexualmente gay)?

Que pressões vocês reconhecem que estão recebendo?


Última edição por Thomas Chatterton em 3/6/2021, 07:49, editado 4 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty8/5/2021, 21:32

Me sinto cobrado e pressionado a ter experiências sexuais, como se eu mesmo estivesse me colocando a prova, a teste, "Eu tenho que tentar, ver se é isso mesmo, ver oq acontece, se acontece algo diferente, me testar, me colocar a prova, ver se sinto algo"
Ir para o topo Ir para baixo
Wings
Aprendiz
Aprendiz
Wings

Mensagens 107
Inscrição 24/12/2019
Idade 23
Pensamento Oh, eu não preciso de uma mão para segurar Mesmo quando a noite está fria Eu tenho aquele fogo na minha alma

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty8/5/2021, 21:43

Desde a minha infância meus pais e familiares me cobraram a perfeição e a felicidade. Sempre ouvi que não tinha motivos para ficar triste, que eu deveria ficar feliz pelas coisas que eu tenho e sou, que eu deveria ser perfeito, ser um ideal de filho, sobrinho, neto... no final isso só me enfraqueceu. Por fora posso até demonstrar ser inabalável e feliz, sempre fazendo meus amigos rir, sempre sendo um suporte para eles, mas aqui dentro me sinto tão só é desamparado, como uma estrela quase se apagando na escuridão do espaço.
Eita, rsrsrs , desabafei demais, em fim, essa a cobrança que me jogam, perfeição e felicidade.
Ir para o topo Ir para baixo
AcedeAlice
Aprendiz
Aprendiz
AcedeAlice

Mensagens 84
Inscrição 25/02/2021
Idade 19
Pensamento “I’m just a simple man trying to make my way in the universe.” Jango Fett

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 07:58

Eu me cobro a deixar os outros felizes, sempre que alguém está triste, chateado ou qualquer oura coisa eu sinto que é meu dever ajudar essa pessoa a melhorar, o que parece meio bobo falando assim, mas já foi algo que fez eu me sacrificar bastante. Daí dentro disso entram as coisas que vocês disseram, meus pais tem uma fé inabalável em mim, então eu sempre me esforcei muito para não deixá-los chateados, sempre tentando ser mais produtiva, mais estudiosa, mais perfeita, mais feliz.

Estou tentando aprender a viver considerando o que eu quero em primeiro lugar, mas é difícil, principalmente, porque é difícil para mim entender quando eu estou ultrapassando meus limites em prol dos outros, eu só quero ajudar, isso é algo bom, são pensamentos que vivem em mim. Mas não é bem assim que empatia funciona, meus pais não esperam tudo o que eu cobro de mim mesma, às vezes as pessoas tem que lidar com os próprios problemas para crescer. 

E isso me deixa sempre numa situação desconfortável, não posso ajudar demais para não me sacrificar, mas não consigo deixar os problemas dos outros de lado, é sempre um cabo de guerra. Mas, aos poucos, eu estou aprendendo a encontrar o equilíbrio.

Acho que isso significa que a minha autoridade anônima é essa coisa que eu inventei na minha cabeça que eu devo ser. Enfim, isso foi bem além do que eu estava esperando escrever kkkkkkk, mas esse é um tema ótimo para desabafar.
Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 08:05

Alice e Wings
Eu me cobro também de tanta coisa, ser bom, ser perfeito, de deixar minha família feliz.. tudo
Mas ao mesmo tempo vejo que ninguém me cobra isso, digo, diretamente, minha mãe não exige que eu seja um bom aluno, mas eu me cobro da perfeição, por exemplo
Acabo demandando demais de eu próprio, de fazer as coisas pelo outro, não sei os limites \o/
Ir para o topo Ir para baixo
AcedeAlice
Aprendiz
Aprendiz
AcedeAlice

Mensagens 84
Inscrição 25/02/2021
Idade 19
Pensamento “I’m just a simple man trying to make my way in the universe.” Jango Fett

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 08:16

Thomas Chatterton escreveu:
Alice e Wings
Eu me cobro também de tanta coisa, ser bom, ser perfeito, de deixar minha família feliz.. tudo
Mas ao mesmo tempo vejo que ninguém me cobra isso, digo, diretamente, minha mãe não exige que eu seja um bom aluno, mas eu me cobro da perfeição, por exemplo
Acabo demandando demais de eu próprio, de fazer as coisas pelo outro, não sei os limites \o/

É exatamente isso que eu sinto, aliás, além de não haver pressão, meus pais sempre falam para eu relaxar, agora comecei a faculdade e estou me cobrando muito para acompanhar tudo perfeitamente, meu pai virou para mim outro dia e falou que o vestibular já passou, minha vaga esta garantida, eu não preciso mais me estressar tanto com os estudos, mas vai além disso para mim, não é só ser a estudante perfeita, é ser perfeita e ponto.

Espero que a gente encontre o equilíbrio algum dia para sermos pessoas boas o suficiente para nós mesmos, sem ter que ficar sobre essa pressão enorme que não faz sentido nenhum.
Ir para o topo Ir para baixo
Wings
Aprendiz
Aprendiz
Wings

Mensagens 107
Inscrição 24/12/2019
Idade 23
Pensamento Oh, eu não preciso de uma mão para segurar Mesmo quando a noite está fria Eu tenho aquele fogo na minha alma

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 08:47

Literalmente meu pai me cobrava além da perfeição, minha família paterna tem um certo ideal de comportamento que ,para eles ,deve ser seguido. Não vou mentir, eu tentei até me esgotar, mas sempre que chegava onde ele queria parecia que nunca seria o suficiente, no final a única opção foi morar só é me desligar de qualquer hábito que eu criei para me parecer com ele.
Ir para o topo Ir para baixo
AnaGuimaraes
Novato(a)
Novato(a)
AnaGuimaraes

Mensagens 40
Inscrição 25/09/2020
Idade 44
Pensamento "Nasci de novo quando meu corpo se apaixonou por meu ser e acabaram se casando." (Khalil Gibran, A areia e a espuma.)

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 10:32

Perfeição, estar feliz o tempo todo, fazer as pessoas felizes o tempo todo, agradar a todo mundo, atender as expectativas alheias. Ufa! Pressão social, vamos falar sobre? 1f61f Exaustivo! E um belo dia a fatura chegou: em forma de depressão e ansiedade. Essas pressões e cobranças, no meu caso, e na maior parte das vezes, sinto que são veladas. Seja dentro da família ou na sociedade em geral. Tudo muito sutil, mas que acabei absorvendo e acreditando serem minhas verdades. Mas aos poucos eu comecei a encontrar minha própria voz interna. Inclusive, identificar-me como assexual foi essencial nessa busca. As pressões, cobranças, padrões não vão nunca deixar de existir, o que venho experimentando é que quanto mais eu sei quem eu sou e me aprofundo em mim mesma, mais tranquilo vai ficando lidar com todas essas questões.
Ir para o topo Ir para baixo
Tiago
Sabido(a)
Sabido(a)
Tiago

Mensagens 193
Inscrição 15/02/2019
Idade 30
Pensamento "Rótulos carregam expectativas sociais e também pessoais, alimentadas pelo social." Laura Pires

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 10:46

Thomas Chatterton escreveu:
Olá pessoinhas, tudo bem?

Algo que tem me incomodado bastante é a nossa sociedade de forma geral, pois me sinto cobrado e pressionado nessa sociedade, mas se torna impossível apontar para algum rosto ou ditar algum nome, algum culpado. Se fosse apontar alguém, apontaria a sociedade de forma geral, então cá estou eu a criticando ^^

Eu gostaria de saber de vocês, o tipo de influência negativa que a sociedade exerce sobre vocês; gostaria de saber que tipo de discurso você internalizou e percebeu que aquela não era sua fala, mas sim algo que colocaram para ti e tu nem percebeu que aderiu; gostaria de saber que tópicos você se sentem cobrados ou pressionados, mas sem saber exatamente de onde...

Me sinto cobrado a ser produtivo, a não conseguir dormir antes de terminar trabalhos acadêmicos, pois eu não posso me dar o luxo de dormir enquanto há coisas a se fazer, em aberto.
Me sinto cobrado a demonstrar um comportamento minimamente sexual, já que me vejo em uma sociedade sexualizada, onde o sexo acaba presente, mesmo você não percebendo. Me sinto cobrado a demonstrar e responder algumas perguntas de cunho sexual, mesmo que eu tenha que mentir, só para não ser lido como estranho, com o estereótipo de "virjão-nerdão".
Me sinto cobrado a não ser exatamente eu próprio, autêntico, já que ser eu significaria ter que lidar socialmente com tópicos que me geram desconforto.

Me sinto pressionado a ter que deixar minha história e vivência de lado, para me adaptar e passar despercebido no meio de tantos outros. A cobrança é a ser padrão, em tudo e todos os âmbitos que isso circunda, padrão mesmo não vivenciando atração sexual... Ainda mais que sou um carinha que se interessa romanticamente por outros carinhas.

Como não me sentir cobrado e pressionado dentro desses universos? Do mundo de forma geral, da nossa sociedade, da comunidade que sou lido e automaticamente inserido (gay, homem que gosta de outro homem, automática e sexualmente gay)?

Que pressões vocês reconhecem que estão recebendo? Que autoridades anônimas afetam vocês?

Nossa, me vi em boa parte da sua fala. Essas cobranças são um terror. E pior, vem gente falar que a nossa geração é a mais fraca, o que chamam de "geração mimimi" sinceramente virada de olhos , isso tudo é muito cansativo, acho que somos a geração mais cansada isso sim! Nos prometeram que se a gente estudar até cair, teríamos um futuro brilhante, mas não é bem o que vem acontecendo nos últimos anos. Eu tava com planos de tentar um mestrado, mas quando olho para a situação da pesquisa no país, bolsas sendo cortadas diariamente, dá muito desanimo muito triste fora todo o resto que falaste no seu relato, no quesito amoroso então, to a beira de desistir já. Foi um breve desabafo.
Ir para o topo Ir para baixo
PumpkinCake
Aprendiz
Aprendiz
PumpkinCake

Mensagens 87
Inscrição 06/01/2021
Idade 24
Pensamento "Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar." -Vincent van Gogh

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 13:35

AnaGuimaraes escreveu:
Perfeição, estar feliz o tempo todo, fazer as pessoas felizes o tempo todo, agradar a todo mundo, atender as expectativas alheias. Ufa!  Pressão social, vamos falar sobre? 1f61f Exaustivo! E um belo dia a fatura chegou: em forma de depressão e ansiedade. Essas pressões e cobranças, no meu caso, e na maior parte das vezes, sinto que são veladas. Seja dentro da família ou na sociedade em geral. Tudo muito sutil, mas que acabei absorvendo e acreditando serem minhas verdades. Mas aos poucos eu comecei a encontrar minha própria voz interna. Inclusive, identificar-me como assexual foi essencial nessa busca. As pressões, cobranças, padrões não vão nunca deixar de existir, o que venho experimentando é que quanto mais eu sei quem eu sou e me aprofundo em mim mesma, mais tranquilo vai ficando lidar com todas essas questões.

O mesmo comigo, mas parte foi a sociedade que criou e a outra foi produto do meio, eu sinto que preciso ser perfeita o tempo todo também porque minha mãe já teve problemas demais, não posso dar mais trabalho para ela. Só para acrescentar o que vc falou, pressão para ter um namorado, para eu ficar pela primeira vez com alguém, para não reclamar tanto, também para não ficar tão calada, falar o que sinto mas não ser dramática, estar sempre disposta e de prontidão para os outros. Eu nunca fui diagnosticada com nenhum transtorno, mas de certeza já tive episódios de humor depressivo, sou uma pessoa ansiosa, altamente perfeccionista, mas a sociedade nunca enxerga essa parte, né? No meu caso, como sou calma por fora e introvertida, sempre acharam que eu estava bem.
Ir para o topo Ir para baixo
kahu
Sabido(a)
Sabido(a)
kahu

Mensagens 161
Inscrição 19/09/2020
Idade 36

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty10/5/2021, 14:32

A vida em sociedade tem disso. Lidar com expectativas alheias.
Culpar a sociedade parece -ao meu ver - uma forma de deixar de reconhecer eventuais consequências pelas próprias escolhas (inclusive essa de se submeter a pressão da sociedade).
Deixar de fazer trabalhos acadêmicos para dormir terá uma consequência. Aliás tudo que fazemos gera uma consequência...
Ninguém é obrigado a ser produtivo, virar a noite estudando, ou fazer hora extra para ganhar uma grana a mais para realizar uma viagem ou adquirir um bem.
Cada escolha gera uma consequência.
Nem todos tem o luxo de escolher seu próprio caminho. Para alguns existe a necessidade de se manter vivo e alimentar seus dependentes ou a si mesmo. Para esses o foco é o agora.
Pressões sempre haverão, pessoas alossexuais desejarão sexo, pessoas materialistas querem bens materiais, por vezes queremos pessoas fisicamente atraente perto de nós, e assim caminha a humanidade.
Com relação a questão financeira, a discussão ficaria gigante mas para ter retorno financeiro é necessário ter uma habilidade, ou comercializar algo que tenha demanda e tenha gente disposta a pagar por isso. Exemplos:
Habilidade: Jogar futebol, Pintar quadros, artesanato, atuar, etc;
Comercio: de bens ,produtos ou serviços (legais ou não).

Ter muita qualificação em uma área que não há retorno financeiro ou que o mercado é restrito é um caminho para frustração financeira. É triste mas é a realidade em um país pobre e desigual como o nosso.

O mais difícil é lidar com pessoas que possuem valores e expectativas diferentes do nosso. Mas cabe a nós procurar se manter próximo de pessoas com valores mais próximo do nosso e também lidar com as divergências.








Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty11/5/2021, 17:41

É tão bom poder compartilhar isso e ir lendo que vocês passam por essas situações também.. por essas cobranças

Há dias que eu simplesmente não consigo, fico ouvindo uma vozinha na minha cabeça dizendo para ser melhor, que há coisas a a fazer..
Eu me pergunto, como não posso relaxar e dormir uma boa noite de sono? Como fazer isso sem ficar me martelando e me cobrando por coisas a se fazer? A serem resolvidas?

Eu não preciso e nota na faculdade, por exemplo, mas mesmo assim me pego demandando tudo que tenho, me esforçando ao máximo.. para tentar tirar outro 10. Não faz sentido


Sobre o que comentaram agora pouco, a pressão de um relacionamento amoroso me massacra, sinto como se estivesse sendo pisado e enquanto os dias vão passando, é como se estivesse pesando mais e mais em mim. Até quando minha coluna aguenta? Não é bem se, a questão é quando. Quando vou ser esmagado?


Última edição por Thomas Chatterton em 3/6/2021, 08:19, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
Freespirit
Novato(a)
Novato(a)
Freespirit

Mensagens 34
Inscrição 22/04/2021
Idade 43
Pensamento Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito.

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty17/5/2021, 09:28

Estas pressões familiares são culturais, ancestrais, vem de comportamentos sexistas milenares que agora, aos poucos, estão propensos a explodir diante da globalização e tecnologia que escancaram as diferenças de cada um e seus livre-arbítrios, que devem ser respeitados.

A Raya falou sobre isso no grupo do whatsapp, algo como aprendermos a driblar essas pressões, nos blindando intelectual e emocionalmente, nos focando no que realmente agrega para nossa caminhada.

Espero que encontre seu foco e se encaixe em uma psique que te envolva em assertividade e solidez.

[ ]'s
Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty23/5/2021, 23:38

Não sei se é pq. procuro resposta para cada "por quê?" da vida, não sei se é uma perseguição desnecessária, mas sempre fico me imaginando se o que penso e quero fazer é de fato algo que quero fazer, sabe?
Estava lendo outro tópico do fórum, sobre atração sexual na puberdade, teve gente falando que sempre teve curiosidade, não necessariamente atração.
Diante disso, fiquei me perguntando, essa curiosidade, pelo menos a minha, seria para tentar me encaixar? Me colocar à prova e me perceber naquele momento, se eu sentia ou não alguma coisa?
Acho que fui persuadido a tentar algumas coisas, a curiosidade que eu sentia me parece mais isso, uma forma diferente de me experimentar, me testar, na esperança de ser alo, ou demi, ou gray, ou qualquer coisa que tivesse atração sexual.
Pq? Sabe, pq eu precisava disso? P. passar despercebido no meu próprio filtro de "normalidade"? Ao mesmo tempo que sinto que me aceitei, fico me colocando em situações horríveis só para verificar se eu sentiria atração, "finalmente". É como se eu mesmo fosse a vítima e o estuprador, pois me violento com algo que eu mesmo não quero, mas me forço, forcei no caso.
Estou só tentando lavar minhas próprias mãos, nesse caso? De querer achar um culpado e apontar para alguém? É justo apontar para a sociedade e falar que me senti persuadido a tentar transar? Já que sexo, querendo ou não, é compulsório?

Há épocas que me vejo bem, estando sozinho, mas em algum momento acabo me sentindo diferente, "como assim eu não estou com ninguém?". Esse estar com alguém é algo sonhado, esperado, mas ao mesmo tempo é algo complicado, estar com alguém comumente envolveria sexo; quem sou eu no meio disso tudo?

Sorry pessoal, não sei se cheguei a algum lugar, não tinha pretensão de chegar a nada, apenas de conversar um pouco sozinho e ver se alguém passava por algo semelhante. Se lendo os relatos do tópico, acabo me sentindo pertencente.
Thx desde já, para quem leu e p. quem não leu também ^^
Ir para o topo Ir para baixo
Karnonha
Novato(a)
Novato(a)
Karnonha

Mensagens 23
Inscrição 18/03/2021
Idade 19
Pensamento Se queres vencer o mundo, vence-te a ti mesmo.

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty24/5/2021, 20:15

Sinto que me cobram seguir padrões de gênero, como se vestir de tal forma, agir de tal forma, falar daquele jeito... Sinto que ficam me cobrando coisas que não quero fazer como depilação e afins.

Sinto que me cobram também ter um rumo; um jeito de ser e gostar menos perdido... algo que consigam entender sem precisar quebrar muito a cabeça ou ter que refazer a imagem que tinham de mim. Por ainda não me conhecer o bastante, geralmente me cobram coisas que eu disse há pouco ou muito tempo, como se eu devesse ser a mesma para o resto da vida, para agradá-los.

Sinto que me cobram às vezes afetos que digo que não existem, como se devesse algo por gostarem de mim, mesmo que nunca tivesse dito que gostava deles da mesma forma.

Às vezes, mas não tanto, me cobram aproximações físicas que me são desconfortáveis, ou participar de festas, eventos e encontros que não quero ir. Mesmo dizendo que não me sinto bem, às vezes forçam minha ida ou minha participação.

A último coisa, uma das piores, é mesmo a cobrança familiar... devo ser, pensar e agir como eles querem. Quando fujo do padrão deles (mesmo que nunca tenha alcançado), é como se estivesse errada.

Hoje em dia sinto que vou me importando menos com essas cobranças e me permitindo ser mais verdadeira comigo mesma. Antes as cobranças me machucavam muito, como se estivesse sendo rejeitada ou "jogada fora" por inteira. Aos poucos fui percebendo que acabo atraindo pessoas e situações simplesmente sendo do meu jeito e que algumas reclamações são de certo modo, inofensivas. Nem sempre preciso me adequar às exigências alheias, principalmente quando elas não tem nenhum propósito e não passam de meras opiniões pessoais. Imagino que essa seja uma das minhas maiores realizações pessoais.
Ir para o topo Ir para baixo
https://oquarto.medium.com/
jokerdanna
Novato(a)
Novato(a)
jokerdanna

Mensagens 21
Inscrição 24/11/2020
Idade 28

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty7/6/2021, 19:45

Me sinto cobrada por ainda não ter um rumo na vida, mesmo já sendo formada por quase 3 anos, mas nunca consegui um emprego na minha área... Final do ano passado consegui um emprego, não era da minha formação, mas era com algo que já fazia freelas. Estava me sentindo bem por isso, porém essa experiência acabou de forma horrível. E no fim, minha mãe falou que o que se passou comigo era consequência das minhas várias escolhas erradas, que se eu tivesse escutado a ela, não teria acabado no lugar errado, na hora errada. Obviamente, eu rebati que nada foi minha culpa. Mas isso ficou na minha mente... "Será se eu estou no caminho certo mesmo?" Eu ainda continuo teimando que sim, eu quero acreditar que sim, mas tem momentos que me pego pensando isso. Ainda mais quando eu vejo meus colegas de curso já estarem bem avançados profissionalmente e eu parece que nunca saí do lugar. Em 2019, me sentia bem deprimida por causa desse tipo cobrança, a minha própria plus a da minha mãe. Passava dias triste, me sentindo sozinha, sem querer externar isso pros meus amigos pra não parecer que eu só falava de problemas, nunca ter nada de bom, legal pra conversar, e me isolei. Cheguei a pensar que estava entrando em depressão, e eu acredito que sim, meu corpo estava caminhando pra isso, até num exame de rotina descobrir que tenho tireoidite de Hashimoto e que estava com taxas bem alteradas, meu corpo estava já sentindo sinais da doença (como desânimo, queda de cabelo, um moderado ganho de peso, sem prazer de fazer coisas agradáveis e vários outros). Penso eu que se eu não descubro isso, meu quadro poderia ter virado realmente uma depressão (a doença quando não tratada, tem 50% de chance de desenvolver o transtorno depressivo), já que entramos nessa pandemia e muitos planos foram frustrados. Estou bem melhor nesse aspecto, mas essa cobrança ainda continua...

Me sinto cobrada quanto a minha sexualidade, sobre minha liberdade de escolha de não desejar um relacionamento, não ter interesse. O bom de frequentar igreja evangélica é que as pessoas não se incomodam de eu ter 27 anos e ser virgem, mas por outro lado, é uma importunação virem perguntar sobre quando irei namorar, ficar oferecendo pretendentes, é um saco. Outro dia, minha mãe e eu estávamos vendo tv e passou no canal uma historia de uma mulher que orava pra Deus lhe mandar um marido bom e tals e no fim ela se casou com uma boa pessoa, daí minha mãe se vira pra mim e diz "vc devia orar também pra Deus lhe mandar um marido", em um tom de brincadeira, porém como isso me incomoda demais, acabei respondendo num tom não muito amigável, "eu não quero um marido, mãe". Ela se irritou e entendeu mal o que eu disse, "tu não quer um marido, então não quer família". Nessa hora eu pensei em dizer pra ela abertamente sobre minha assexualidade, mas desisti pq eu sei que com certeza ela não ia compreender naquele momento. Mas fiquei triste com a afirmação dela... Eu não desejar um relacionamento (que nem é uma coisa definitiva, posso me interessar por alguém no futuro, quem sabe?) não quer dizer que eu não posso ter uma família, que eu quero ser uma pessoa sozinha sem ninguém... Eu até me decidi sobre algo que sempre tinha em meu coração desde adolescente: eu estando com um companheiro ou não, vou adotar uma criança. Quero ser mãe não importa a circunstância.

E acabou que isso virou um desabafo também  rindo muito  rindo muito  rindo muito , mas é realmente libertador quando a gente externa essas coisas da nossa cabeça sorrindo
Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Chatterton
Novato(a)
Novato(a)
Thomas Chatterton

Mensagens 23
Inscrição 13/10/2017
Idade 23
Pensamento "O conhecimento de si mesmo é a mãe de todo conhecimento. Portanto estou incumbido a conhecer a mim mesmo, me conhecer completamente, conhecer minhas minúcias, minhas características, minhas sutilezas, e cada átomo meu." - Kahlil Gibran

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty7/6/2021, 20:36

Adorei seu relato Danna, sinto que eu precisava ler isso nesse momento. Obrigado ^^, obrigado por compartilhar

Me identifico muito com a parte da família, que nossa família automaticamente acha que não queremos formar uma família, o que também não me é verdade, eu gostaria de ter um filho sim, acredito eu, e talvez eu tenha no futuro (sou bem jovem ainda, mas enxergo como possibilidade)

Se sentir cobrado dentro da própria liberdade de não desejar um relacionamento, "ual", que liberdade é essa? Você é "livre para fazer oq todos fazem, menos ser você mesma?", me sinto assim...
Ir para o topo Ir para baixo
jokerdanna
Novato(a)
Novato(a)
jokerdanna

Mensagens 21
Inscrição 24/11/2020
Idade 28

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty7/6/2021, 21:21

Aw eu que agradeço por abrir esse tópico! Ler as histórias, sentimentos de todos aqui me traz uma sensação de identificação muito grande.

Nossa, a vida toda fui cobrada nesse aspecto, mas antes me atingia no fato de quererem impor isso pra eu ser mais mulher, sabe? Afetava na minha feminilidade. E aí sempre venho respondendo que é uma escolha minha isso. Eu jogo logo a cartada de que estou priorizando minha estabilidade, aí se calam. Mas essa afirmação da minha mãe foi mais pesada, fez parecer que eu sou uma pessoa fria sem coração. E tem nada a ver né? Eu quero poder ter filhos, saindo da minha barriga ou não, mas quero. Mas como vc, eu ainda me acho jovem pra ser mãe (e além do mais, não tenho dinheiro nem pra mim mesma, quiçá pra criar uns bacurizim rindo muito ), mas quero muito poder realizar isso no futuro.

Essas pressões sociais e culturais são tensas, porque as pessoas têm uma dificuldade enorme de aceitar, entender que existe gente que foge do padrão, quando elas veem que a gente não se encaixa no "normal" ou tentam fazer a gente ser "normal" ou nos atribui um estereótipo ainda pior quando a gente não se deixa levar. É deficiu, ainda mais quando vem da família, porque a gente se sente desamparado justamente naqueles que a gente se apoia.
Ir para o topo Ir para baixo
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 185
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty20/6/2021, 17:47

Hum... Bem, compreendo que somos seres sociais e, assim sendo, é impossível se livrar completamente da pressão social ou da internalização de comportamentos.
Dito isso, meus pontos:

- Sinto q há uma visão de q ou vc está completamente ocupado, com seu tempo todo preenchido, ou vc é vagabundo. Tipo, não existe meio termo - o q, claro, é mentira. É óbvio que existe meio termo. Aquela conversa de "trabalhe enquanto eles dormem" é uma falácia.

- Outra mentira: sucesso, ou vencer na vida, não é sinônimo de estar casado, com filhos, casa própria, carro e ganhando não sei quantos mil por mês, cargo alto numa empresa padrão. Pode ser q pra alguém no mundo vencer na vida seja isso. Mas essa não é uma fórmula, um pacote pronto q todo mundo tem q adquirir em algum momento na vida (e quanto mais cedo, melhor). Cada pessoa é um universo e "vencer na vida"/"ter sucesso" pode significar uma infinidade de coisas diferentes pra cada um.

- e outra pressão social que sinto é a de que você tem quer ter opinião pronta em relação a tudo, você tem que opinar sobre tudo, você tem q ter a resposta na ponta da língua, tem q se posicionar, tem q levantar bandeiras. Nada disso é obrigatório, mas tenho sentido q as pessoas se comportam como se fosse. Isso me cansa extremamente.

- tbm obrigatoriedade de ter uma vida virtual ativa. Eu não tenho instagram, facebook ou twitter e deus me livre um dia entrar nessas coisas. Mas sou constantemente cobrada por isso, diretamente ou indiretamente.


Há uns anos eu comecei com um exercício que funciona mais ou menos assim. Diante de uma situação complicada/chata/exigente, eu me pergunto: "vale a pena, de verdade, eu me estressar com isso? a longo prazo, isso vai fazer diferença? oq eu vou pensar de hoje daqui a 5 anos?"... E digo, 97% das vezes a resposta é "não, não vale a pena eu me estressar com isso".
(claro que isso é racionalmente, né? vai explicar isso pro emocional kkkkk)
Ir para o topo Ir para baixo
kahu
Sabido(a)
Sabido(a)
kahu

Mensagens 161
Inscrição 19/09/2020
Idade 36

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty20/6/2021, 20:05

Tarsila escreveu:
Hum... Bem, compreendo que somos seres sociais e, assim sendo, é impossível se livrar completamente da pressão social ou da internalização de comportamentos.
Dito isso, meus pontos:

- Sinto q há uma visão de q ou vc está completamente ocupado, com seu tempo todo preenchido, ou vc é vagabundo. Tipo, não existe meio termo - o q, claro, é mentira. É óbvio que existe meio termo. Aquela conversa de "trabalhe enquanto eles dormem" é uma falácia.

- Outra mentira: sucesso, ou vencer na vida, não é sinônimo de estar casado, com filhos, casa própria, carro e ganhando não sei quantos mil por mês, cargo alto numa empresa padrão. Pode ser q pra alguém no mundo vencer na vida seja isso. Mas essa não é uma fórmula, um pacote pronto q todo mundo tem q adquirir em algum momento na vida (e quanto mais cedo, melhor). Cada pessoa é um universo e "vencer na vida"/"ter sucesso" pode significar uma infinidade de coisas diferentes pra cada um.

- e outra pressão social que sinto é a de que você tem quer ter opinião pronta em relação a tudo, você tem que opinar sobre tudo, você tem q ter a resposta na ponta da língua, tem q se posicionar, tem q levantar bandeiras. Nada disso é obrigatório, mas tenho sentido q as pessoas se comportam como se fosse. Isso me cansa extremamente.

- tbm obrigatoriedade de ter uma vida virtual ativa. Eu não tenho instagram, facebook ou twitter e deus me livre um dia entrar nessas coisas. Mas sou constantemente cobrada por isso, diretamente ou indiretamente.


Há uns anos eu comecei com um exercício que funciona mais ou menos assim. Diante de uma situação complicada/chata/exigente, eu me pergunto: "vale a pena, de verdade, eu me estressar com isso? a longo prazo, isso vai fazer diferença? oq eu vou pensar de hoje daqui a 5 anos?"... E digo, 97% das vezes a resposta é "não, não vale a pena eu me estressar com isso".
(claro que isso é racionalmente, né? vai explicar isso pro emocional kkkkk)
Gostei da sua visão sobre o assunto. Sempre me incomodou essa cobrança de ter que se posicionar, opinar e demonstrar um posicionamento pessoal ou em redes sociais. Eu não quero debater nem influenciar ou ser influenciado. Eu quero viver minha vida em paz. Sem julgar e nem ser julgado.
Ir para o topo Ir para baixo
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 185
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty21/6/2021, 14:08

kahu escreveu:
Gostei da sua visão sobre o assunto. Sempre me incomodou essa cobrança de ter que se posicionar, opinar e demonstrar um posicionamento pessoal ou em redes sociais. Eu não quero debater nem influenciar ou ser influenciado. Eu quero viver minha vida em paz. Sem julgar e nem ser julgado.

Isso que vc falou sobre influenciar... eu acho q as pessoas que livremente escolhem ser influencers ou q tenham certa posição social de mais exposição, seja por um cargo que ocupam ou por uma profissão que tenham, precisam ter certa responsabilidade nesse caso.

Mas nós, reles mortais?

Isso ficou na minha cabeça em particular esses dias (e talvez tenha sido justamente por isso que incluí na minha msg anterior) por conta de um vídeo que uma amiga me enviou recentemente em que uma pessoa disse que considerava os outros LGBT que não saíam do armário ou que levavam uma vida discreta como covardes. E eu fiquei ????? Isso me incomodou bastante.

Sem falar que qnd as pessoas criam o costume de opinar sempre e por tudo corre o risco ou de falar bobagem sobre um assunto do qual não têm conhecimento ou se intrometer de forma injusta na vida de outra pessoa.

Além de q, em alguns casos, atitudes diárias são mais importantes que discursos.

Eu me peguei tendo esse tipo de comportamento e comecei a ver como era às vezes danoso para mim e para os outros e como muitas vezes fazia só pq era o "comportamento esperado".
Ir para o topo Ir para baixo
liz9564
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
liz9564

Mensagens 11
Inscrição 04/12/2019
Idade 22

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty21/6/2021, 19:51

Entendo-lhe perfeitamente, também sou um assexual homorromântico. Pois bem, sinto-me cobrado a fingir ser heterossexual e heterorromântico porque se não for isso vou ser uma tristeza para os meus pais. Eu sei que eles me amam, mas, querer que eles entendam algo que nunca ouviram falar e até mesmo nunca imaginaram é demais. Se disser que sou assexual homorromântico, meu pai vai brigar comigo e ficar chateado achando que estou inventando história para não falar que sou gay. Resumindo, ele acharia que não confio nele. Minha mãe por ser muito religiosa acharia que estou possuído pelo demônio da sodomia e me faria fazer campanha de oração para me “curar”.
Ir para o topo Ir para baixo
Sherlockiano
Novato(a)
Novato(a)
Sherlockiano

Mensagens 40
Inscrição 26/05/2021
Idade 24
Pensamento O que sabemos é uma gota, o que ignoramos, é um oceano

Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty22/6/2021, 01:45

jokerdanna escreveu:
Me sinto cobrada por ainda não ter um rumo na vida, mesmo já sendo formada por quase 3 anos, mas nunca consegui um emprego na minha área... (...) E no fim, minha mãe falou que o que se passou comigo era consequência das minhas várias escolhas erradas, que se eu tivesse escutado a ela, não teria acabado no lugar errado, na hora errada. Obviamente, eu rebati que nada foi minha culpa. Mas isso ficou na minha mente... "Será se eu estou no caminho certo mesmo?"

A questão é: o caminho que você está seguinte te leva para a realização dos seus sonhos ou objetivos de vida? Ou pelo menos serve como meio do caminho? Sou formado há 2 anos, e tmb não consegui emprego na minha área até hoje, sigo empregado de forma que meu curso não influencia em nada. Mas isso não impede que eu realize meus objetivos e agradeço pelo emprego que tenho, visto que há poucos meses eu estava desempregado, e muitos ainda se encontrão nessa situação (aquela de sempre: agradecer pelo tem ao invés de reclamar do que falta, o que é MUITO válido e verdadeiro). Também deve olhar para si e ver se a vida que leva hoje te deixa ao menos em paz e tranquila. Não que já esteja totalmente feliz e realizada, mas ao menos deve estar em paz consigo mesma.

jokerdanna escreveu:
Ainda mais quando eu vejo meus colegas de curso já estarem bem avançados profissionalmente e eu parece que nunca saí do lugar.

Essa sensação é horrível, mas é preciso analisar muita coisa além do lado profissional. Pois como já disseram, muitos tem a ideia de que sucesso na vida é o mesmo que sucesso profissional, o que eu discordo. Se fosse, não veríamos médicos, advogados, artista milionários, entre outros, entrando em depressão e até tirando a própria vida. Acredito que embora muitas vezes usam o termo "pessoa atrasada", eu discordo e prefiro dizer que esta pessoa está em seu tempo. Sim, existem os atrasados, aqueles que nunca vão atrás de nada, que não pensam em nada de produtivo, e só enrolam na vida, sequer pensam no futuro que gostariam de ter. Mas mesmo uma pessoa que por algum motivo repetiu de ano na escola (por exemplo), mas mudou seu comportamento no ano seguinte, embora atualmente esteja atrasada pode ir mais longe do que aqueles que se formaram antes dela, mas a sociedade ao invés de incentivar a mudança de hábito, acaba apenas por criticar. Isso, especialmente em crianças, é fatal para o psicológicos delas.

jokerdanna escreveu:
Me sinto cobrada quanto a minha sexualidade, sobre minha liberdade de escolha de não desejar um relacionamento, não ter interesse. O bom de frequentar igreja evangélica é que as pessoas não se incomodam de eu ter 27 anos e ser virgem, mas por outro lado, é uma importunação virem perguntar sobre quando irei namorar, ficar oferecendo pretendentes, é um saco.

Nossa, nem me fale. Eu simplesmente odeio quando alguém da minha família fala sobre relacionamentos comigo, de que eu deveria procurar alguém! O pior é que até pouco tempo nem mesmo eu sabia da minha assexualidade, mas sabia que tinha algo diferente em mim. Eles, ao verem minha falta de interesse, já desconfiaram que eu fosse homossexual "por nunca ter ficado com uma garota" (como se eu tivesse demonstrado interesse em homem). Sério, é mesmo um saco toda vez que tocam no assunto comigo. Recentemente comecei a frequentar uma igreja evangélica também (e tem sido muito bom), e pelo menos até o momento não me importunaram com esse assunto não, oh glória!

jokerdanna escreveu:
Eu não desejar um relacionamento (que nem é uma coisa definitiva, posso me interessar por alguém no futuro, quem sabe?) não quer dizer que eu não posso ter uma família, que eu quero ser uma pessoa sozinha sem ninguém... Eu até me decidi sobre algo que sempre tinha em meu coração desde adolescente: eu estando com um companheiro ou não, vou adotar uma criança. Quero ser mãe não importa a circunstância.

Só troca a palavra "mãe" por "pai" ali, e essas mesmas palavras são ditas por mim. Tmb sonho em adotar uma criança. Claro que tudo tem seu tempo, mas cada dia que passa procuro dar um passo ao menos no planejamento para alcançar este objetivo.
Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado




Pressão social, vamos falar sobre? Empty
MensagemAssunto: Re: Pressão social, vamos falar sobre?   Pressão social, vamos falar sobre? Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 

Pressão social, vamos falar sobre?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissão neste fórum:Você não pode responder aos tópicos
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-