InícioGlossárioProcurarRegistarEntrar

Compartilhe
 

 Problemas com a psicóloga

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo 
AutorMensagem
Godiva
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Godiva

Mensagens 9
Inscrição 10/05/2021
Idade 19
Pensamento "Todos nós estamos na sarjeta, mas alguns olham para as estrelas."

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty19/7/2021, 15:11

Após um longo tempo sem acessar a comunidade, senti a necessidade de voltar ao meu porto seguro por conta de algo que aconteceu comigo hoje e me afetou muito.

Hoje durante a terapia, toquei no tópico da assexualidade e tentei explicar para a minha psicóloga de forma objetiva e simples, mas ela pra minha surpresa, apenas usou o senso comum e foi de certa forma preconceituosa. Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa, mas deixando claro que não acreditava em assexualidade e caso houvesse qualquer impedimento em sentir prazer no sexo, eu deveria considerar buscar ajuda médica porque segunda ela, TODAS as pessoas sentem prazer sexual.

Eu sou naturalmente muito tímida, então eu estava buscando as palavras certas e bastante nervosa enquanto tentava explicar, eu realmente queria que ela entendesse que se trata algo de que eu já tenho certeza e que diferente do que a maioria das pessoas pensa, é completamente possível viver uma vida inteira sem sentir a necessidade de sexo e está perfeitamente ok com isso. Ela comparou com comida: "Você sabe se gosta de um prato sem antes ter experimentado?" Mas e quando esse prato em questão não me atrai, não me dá água na boca, não cheira bem, não tem uma textura agradável e eu não sinto a menor necessidade de provar?

No fim das contas eu apenas desisti de tentar me explicar e apenas ouvi em silêncio e muito decepcionada, porque ela já me ajudou em diversos aspectos, inclusive sobre minha timidez. Eu fiquei tão decepcionada, chateada e triste com o que estava ouvindo que só queria chorar, mas segurei firme (e agradeço por estarmos de máscara porque quando seguro o choro meu nariz escorre feito louco kkkkkkkk) e esperei chegar em casa, agora estou refletindo sobre continuar ou não com essa terapeuta.
Ir para o topo Ir para baixo
Carol.ss
Aprendiz
Aprendiz
Carol.ss

Mensagens 141
Inscrição 05/02/2021
Idade 23
Pensamento eu não me encaixo, eu so quero me entender

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty19/7/2021, 18:44

moça assim como você eu fiz terapia pela faculdade um tempo, e falei pro psicólogo que so me apaixonei uma vez que não me interessa o sexo, que sim tentei me envolver mas mal senti nada, porque como disse a ele sou mais romântica pro lado do carinho. ai eu disse a ele que me considero assexual ele disse que não era pra eu pensar que sou assim porque antes de eu falar isso, ele me perguntou da minha infância e falei algumas coisas que passei, ai ele disse que por causa das coisas que vivi, muito criança me moldaram ate concordo com algumas coisas mas o fato de eu ser assexual estou aceitando bem, se é o que sou porque ele disse que sou jovem ainda vou conhecer homens legais, eu disse a ele repeti que de um relacionamento so o sexo eu não queria e ele meio que não quis entender minha assexualidade. Mas eu estava vendo na internet que a maioria dos psicólogos não conhecem a assexualidade por isso a negam, não acreditam, mas devemos lembrar que isso não invalida quem nos somos. e realmente seria melhor você trocar de psicóloga
Ir para o topo Ir para baixo
viniciuscnx
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
viniciuscnx

Mensagens 7
Inscrição 22/02/2020
Idade 21
Pensamento "Vida, pisa devagar. Meu coração, cuidado, é frágil."

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty19/7/2021, 22:21

Entendo a sua situação. Eu também faço psicoterapia a quase 1 ano. Quando comentei sobre a minha Assexualidade com minha psicóloga, também falei de situações que ocorreram comigo no passado. Situações que me levaram a pensar na possibilidade de eu ser Assexual. Ela já conhecia o termo, o que facilitou bastante a compreensão da parte dela. E ela me deu vários conselhos. Um deles foi que eu não precisava ficar me questionando sobre o fato de "nunca haver transado e precisar transar para ter certeza que não gosto de sexo" pois isso iria apenas causar uma pressão psicológica enorme na minha mente. O que ela me aconselhou, e o que está funcionando perfeitamente para mim é: se por acaso, em algum momento da vida, surgir alguém especial que você queira "tentar" para saber, ótimo, vá e tente. Caso contrário, não precisa ficar se martirizando por nunca haver transado ou possivelmente nunca gostar disso na sua vida. Apenas viva e pronto.
Com relação a tua psicóloga, dá um crédito. Muitos realmente nn conhecem pois o conceito é relativamente novo. Como ela já te ajudou em muitas áreas da tua vida, não precisa trocar de psicóloga só porque ela nn te ajudou nessa área em específico. Vai tentando conversar com ela aos poucos e apresentando o conceito. Psicólogo também é aberto a ouvir e aprender com o paciente. ^^
Ir para o topo Ir para baixo
Anders
Aprendiz
Aprendiz
Anders

Mensagens 90
Inscrição 24/06/2017
Idade 101

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty20/7/2021, 05:24

Godiva escreveu:
Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa [...].

Se você acatasse a sugestão, qual seria o maior mal que poderia lhe advir dessa experiência?
Ir para o topo Ir para baixo
https://andersbateva.xyz
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 190
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty25/7/2021, 18:56

Anders escreveu:
Godiva escreveu:
Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa [...].

Se você acatasse a sugestão, qual seria o maior mal que poderia lhe advir dessa experiência?

Peço desculpas por estar me intrometendo, afinal não sou a pessoa a quem você fez a pergunta, mas senti necessidade de escrever de qualquer forma.
Eu não vejo como seria positivo a pessoa se forçar a fazer algo tão delicado quanto sexo. Se duas pessoas querendo, dispostas, sentindo atração, já pode ser algo bem complicado (digo isso a partir de depoimentos de pessoas que conheço, não de experiência pessoal), imagina você fazendo isso se forçando apenas para provar um ponto?
Se não me engano, até mesmo aqui no fórum (se não foi aqui que li, foi em outra página sobre o assunto), uma primeira vez num contexto assim pode ser até mesmo traumatizante e um arrependimento que a pessoa leva pela vida.
Porque, veja, isso não foi algo que surgiu naturalmente dela, e sim uma ideia imposta por um terceiro.

Sem falar que a lógica que a psicóloga dela apontou seguiria a mesma de dizer que alguém homossexual precisa primeiro ter uma experiência com alguém do sexo oposto antes de poder se definir como homossexual e não vejo como isso possa ter qualquer sentido.
Ir para o topo Ir para baixo
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 190
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty25/7/2021, 19:02

Godiva escreveu:
Após um longo tempo sem acessar a comunidade, senti a necessidade de voltar ao meu porto seguro por conta de algo que aconteceu comigo hoje e me afetou muito.

Hoje durante a terapia, toquei no tópico da assexualidade e tentei explicar para a minha psicóloga de forma objetiva e simples, mas ela pra minha surpresa, apenas usou o senso comum e foi de certa forma preconceituosa. Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa, mas deixando claro que não acreditava em assexualidade e caso houvesse qualquer impedimento em sentir prazer no sexo, eu deveria considerar buscar ajuda médica porque segunda ela, TODAS as pessoas sentem prazer sexual.

Eu sou naturalmente muito tímida, então eu estava buscando as palavras certas e bastante nervosa enquanto tentava explicar, eu realmente queria que ela entendesse que se trata algo de que eu já tenho certeza e que diferente do que a maioria das pessoas pensa, é completamente possível viver uma vida inteira sem sentir a necessidade de sexo e está perfeitamente ok com isso. Ela comparou com comida: "Você sabe se gosta de um prato sem antes ter experimentado?" Mas e quando esse prato em questão não me atrai, não me dá água na boca, não cheira bem, não tem uma textura agradável e eu não sinto a menor necessidade de provar?

No fim das contas eu apenas desisti de tentar me explicar e apenas ouvi em silêncio e muito decepcionada, porque ela já me ajudou em diversos aspectos, inclusive sobre minha timidez. Eu fiquei tão decepcionada, chateada e triste com o que estava ouvindo que só queria chorar, mas segurei firme (e agradeço por estarmos de máscara porque quando seguro o choro meu nariz escorre feito louco kkkkkkkk) e esperei chegar em casa, agora estou refletindo sobre continuar ou não com essa terapeuta.

Sinto muito por você ter passado por essa situação.
Veja, não conheço sua psicóloga e você disse que ela já ajudou você em outros momentos. Então claro que você deve parar, ponderar, considerar todas as questões, etc.
Mas, EU, pensando na época em que fiz terapia, se meu terapeuta tivesse tido o mesmo comportamento, eu não continuaria com ele. Mas isso sou eu. E digo isso também porque o seu depoimento me deixou com a sensação que ela não estava disposta a compreender seu lado.
Ir para o topo Ir para baixo
PumpkinCake
Aprendiz
Aprendiz
PumpkinCake

Mensagens 103
Inscrição 06/01/2021
Idade 24
Pensamento "Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar." -Vincent van Gogh

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty25/7/2021, 20:02

Assim como a Tarsila, se fosse comigo, sabendo o jeito que sou, não teria mais vontade nem confiança em continuar com uma terapeuta que tem essa proposta, mesmo ela tendo me ajudado em outros momentos.
Sinto muito por você ter tido essa experiência de ouvir isso de uma pessoa que se espera compreensão.

Eu contei para a minha terapeuta e ela não conhecia muito bem o termo, mas não duvidou nem pediu coisas absurdas. A única coisa que ela disse foi para sempre buscar mais e mais conhecimento sobre o assunto e assim favorecer meu autoconhecimento. Outra coisa foi não me preocupar com a repercussão de ser ace no futuro, no desenrolar das coisas, que eu sempre tenho que ouvir o que realmente quero e não ficar desconfortável nem forçar nenhuma atitude por terceiros.

No seu caso, a única coisa que posso aconselhar é refletir sobre essa situação toda, fazer uma lista de prós e contras e ver o que pesa mais para você.

Espero que dê tudo certo com a sua decisão coração roxo

Ir para o topo Ir para baixo
Anders
Aprendiz
Aprendiz
Anders

Mensagens 90
Inscrição 24/06/2017
Idade 101

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty27/7/2021, 19:44

Tarsila escreveu:
Anders escreveu:
Godiva escreveu:
Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa [...].

Se você acatasse a sugestão, qual seria o maior mal que poderia lhe advir dessa experiência?

Eu não vejo como seria positivo a pessoa se forçar a fazer algo tão delicado quanto sexo.

Eu não disse a ninguém para se forçar a fazer algo que não queira; perguntei: em caráter hipotético, qual seria o maior mal que poderia ocorrer?

Tarsila escreveu:
Sem falar que a lógica que a psicóloga dela apontou seguiria a mesma de dizer que alguém homossexual precisa primeiro ter uma experiência com alguém do sexo oposto antes de poder se definir como homossexual e não vejo como isso possa ter qualquer sentido.

Eu não sei como os gays descobrem que são gays. Não sei nem ao menos se existe um modo geral, ou se cada um descobre de um jeito diferente, o que me parece mais provável, já que os seres humanos são muito diversos. Assim sendo, é possível sim que alguns venham a ter certeza a partir da interação com mulheres, ou da reação à interação delas. Outros devem descobrir de outras formas.
Ir para o topo Ir para baixo
https://andersbateva.xyz
Romântico
Admin
Admin
Romântico

Mensagens 2331
Inscrição 16/04/2014
Idade 44
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty27/7/2021, 22:24

Godiva escreveu:
Após um longo tempo sem acessar a comunidade, senti a necessidade de voltar ao meu porto seguro por conta de algo que aconteceu comigo hoje e me afetou muito.

Hoje durante a terapia, toquei no tópico da assexualidade e tentei explicar para a minha psicóloga de forma objetiva e simples, mas ela pra minha surpresa, apenas usou o senso comum e foi de certa forma preconceituosa. Ela associou assexualidade a rigidez sexual ou algo assim e insistiu que eu deveria ter minha primeira experiência sexual para apenas assim afirmar qualquer coisa, mas deixando claro que não acreditava em assexualidade e caso houvesse qualquer impedimento em sentir prazer no sexo, eu deveria considerar buscar ajuda médica porque segunda ela, TODAS as pessoas sentem prazer sexual.

Eu sou naturalmente muito tímida, então eu estava buscando as palavras certas e bastante nervosa enquanto tentava explicar, eu realmente queria que ela entendesse que se trata algo de que eu já tenho certeza e que diferente do que a maioria das pessoas pensa, é completamente possível viver uma vida inteira sem sentir a necessidade de sexo e está perfeitamente ok com isso. Ela comparou com comida: "Você sabe se gosta de um prato sem antes ter experimentado?" Mas e quando esse prato em questão não me atrai, não me dá água na boca, não cheira bem, não tem uma textura agradável e eu não sinto a menor necessidade de provar?

No fim das contas eu apenas desisti de tentar me explicar e apenas ouvi em silêncio e muito decepcionada, porque ela já me ajudou em diversos aspectos, inclusive sobre minha timidez. Eu fiquei tão decepcionada, chateada e triste com o que estava ouvindo que só queria chorar, mas segurei firme (e agradeço por estarmos de máscara porque quando seguro o choro meu nariz escorre feito louco kkkkkkkk) e esperei chegar em casa, agora estou refletindo sobre continuar ou não com essa terapeuta.
Primeiramente, lamento pela desagradável experiência que você teve...

Respeito quem sugeriu a você relevar, porém, no seu lugar, pensaria seriamente em consultar outro(a) profissional.

Primeiro, porque nada a impede de fazer isso.
Poderá achar melhor ou então pior do que a que atualmente a atende.

Depois, porque desconhecer a assexualidade é uma coisa... ser preconceituosa e se achar a dona da verdade é outra. O exemplo dado também foi infeliz.

Se você fizesse uso de medicamentos que inibissem a libido e/ou tivesse passado por algum trauma, aí a história seria diferente.
Se sempre foi assim... realmente não faz sentido o que ela disse.

------

Tarsila escreveu:
Sinto muito por você ter passado por essa situação.
Veja, não conheço sua psicóloga e você disse que ela já ajudou você em outros momentos. Então claro que você deve parar, ponderar, considerar todas as questões, etc.
Mas, EU, pensando na época em que fiz terapia, se meu terapeuta tivesse tido o mesmo comportamento, eu não continuaria com ele. Mas isso sou eu. E digo isso também porque o seu depoimento me deixou com a sensação que ela não estava disposta a compreender seu lado.
Concordo plenamente


Visite o site oficial:
https://www.assexualidade.com.br


------

Confira os tópicos selecionados, na barra lateral direita do Fórum!
Ir para o topo Ir para baixo
http://vk.com/megasenaminhavida
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 190
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty28/7/2021, 20:52

Anders escreveu:
Eu não disse a ninguém para se forçar a fazer algo que não queira; perguntei: em caráter hipotético, qual seria o maior mal que poderia ocorrer?

Não, eu sei que você não disse isso. Eu que quis dizer que, caso ela acatasse, ela estaria se forçando. Veja:

"eu realmente queria que ela entendesse que se trata algo de que eu já tenho certeza" - o que Godiva escreveu
"Porque, veja, isso não foi algo que surgiu naturalmente dela, e sim uma ideia imposta por um terceiro." - o que eu escrevi

Por isso acima, eu acho que, sim, acabaria que ela estaria se forçando para provar um ponto para a psicóloga dela, e não para ela mesma.

Quanto ao "maior mal hipotético", o que escrevi na minha outra postagem indica os pontos negativos que eu acredito que poderiam advir (no caso, foi minha tentativa de responder sua pergunta).

Anders escreveu:
Eu não sei como os gays descobrem que são gays. Não sei nem ao menos se existe um modo geral, ou se cada um descobre de um jeito diferente, o que me parece mais provável, já que os seres humanos são muito diversos. Assim sendo, é possível sim que alguns venham a ter certeza a partir da interação com mulheres, ou da reação à interação delas. Outros devem descobrir de outras formas.

Concordo. A psicóloga dela é que parece não concordar (minha interpretação a partir do depoimento de Godiva), pois ela se posicionou como se fosse um requisito obrigatório, e não uma possibilidade entre muitas, já que segundo ela não seria possível Godiva saber que é assexual sem ter uma experiência sexual antes. Dizendo de outra forma: ela descartou o que Godiva já estava apresentando a ela, a vivência e a experiência que Godiva já tem (que não é a de um ato sexual, mas nem por isso deve ser invalidada).

Aliás, a psicóloga, segundo Godiva, deixou claro que sequer acredita em assexualidade. Por que considerar então a "sugestão" dela? (sugestão entre aspas mesmo, porque não me parece que a psicóloga teve uma atitude muito compreensiva).

Bem, desculpa aí se não fui clara e, novamente, por me intrometer.
Minha opinião (não sei nem o que a própria Godiva acha, afinal de contas).
o/ o/
Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado




Problemas com a psicóloga Empty
MensagemAssunto: Re: Problemas com a psicóloga   Problemas com a psicóloga Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 

Problemas com a psicóloga

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissão neste fórum:Você não pode responder aos tópicos
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Depoimentos-