InícioGlossárioProcurarRegistarEntrar

Compartilhe
 

 Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo 
AutorMensagem
Alek
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Alek

Mensagens 2
Inscrição 12/09/2022
Idade 27
Gênero : Feminino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty12/9/2022, 19:54

Oi gente! Prazer, pode me chamar de Ale! Já peço desculpas pelo textão, mas eu não consegui escrever menos...

Eu sou uma garota cis de 27 anos que sempre se sentiu deslocada e estranha. A vida toda eu fui do estilo meio padrão, sou heterossexual e sempre gostei de namorar e ter alguns "crushes de colégio", desde a infância... Até que cheguei na adolescência, lá pelos 14 anos, e comecei a ouvir amigos dizendo que perderiam a virgindade e senti um verdadeiro pavor disso, nunca senti vontade ou compreendi o motivo de tantas pessoas desejarem tanto o sexo. Durante a vida, tive alguns relacionamentos (inclusive, estou em um atualmente), tentei me forçar a transar algumas vezes, na busca pela "normalidade" - nunca fui forçada a nada pelos garotos que estavam comigo, a vontade era realmente minha de me sentir mais normal. Eu sempre me senti meio ET por não compreender o que havia de diferente em mim (ou por não saber que existiam mais pessoas que sentiam o que eu sinto, eu realmente sempre achei que eu era a única e que deveria "sofrer calada"). Busquei tudo que é tipo de médicos, tratamentos e terapias que vocês puderem imaginar. Eu jurava que eu tinha algum tipo de doença, já que, das vezes que tentei ter relações, senti muita dor, então eu atribuí a dificuldade a isso e assumi que era simplesmente uma dificuldade pelo medo de sentir dor - quem vai querer fazer algo prazeroso para, na verdade, sentir só dor? Ninguém, não é? Na minha cabeça, encontrar o problema que me causava dor resolveria todos os meus problemas e eu finalmente seria como os outros. Obviamente, isso não funcionou.

Foram anos e anos me culpando, me sentindo estranha e sentindo que eu deveria simplesmente conseguir fazer para poder estar em um relacionamento, afinal, todos nos dizem que sexo é algo primordial, e eu ouvia a famosa frase "você só não encontrou a pessoa certa". Atualmente, consigo transar semanalmente com o meu namorado, mas confesso que é algo cansativo, que eu realmente faço por sentir que devo isso a ele. Ele vive perguntando se estou mesmo gostando e se realmente estou com vontade quando fazemos, ele realmente se preocupa, mas como eu sei que ele tem uma libido muito alta, acabo sentindo que preciso passar por cima das minhas dificuldades para que possamos viver uma vida feliz juntos. Já tivemos problemas relacionados à minha falta de libido, então tento não passar por isso novamente. Eu realmente amo o meu namorado, e compreendo como deve ser difícil para ele também.

E não é como se eu não gostasse nem um pouco, eu sinto vontade sim as vezes, mas é muito menos do que o restante das pessoas. Atualmente, eu posso dizer que tranquilamente teria relações a cada dois meses - ou até mais tempo. Como vocês devem imaginar, isso é cansativo e desgastante. Ao conversar com uma amiga e desabafar sobre esse "peso" que carrego em silêncio, ela me perguntou se eu não poderia ser assexual. Eu já ouvi o termo, mas nunca havia relacionado isso COMIGO. E naquela hora, fez tanto sentido! Comecei a pesquisar e encontrei alguns relatos parecidos com o meu, outros mais distantes, mas todos de pessoas que não vivem uma vida baseada em sexo. Pessoas como eu.

Passei pelo momento de "uau, então é isso que eu sou!" seguido de "mas eu realmente tenho direito de me considerar algo dentro do grupo LGBTQIAP+, mesmo sendo uma garota tão padrãozinho?" e finalmente cheguei aqui... Começando a me entender melhor, e buscando pessoas como eu para tentar me encontrar mais ainda nesse novo mundo! Pelo que busquei até agora, eu diria que eu já transitei entre demi e fray, mas nos dois casos, eu não tinha real vontade com frequência (eu realmente viveria muito bem com sexo uma ou duas vezes ao ano hahaha) - não sei se existe um nome para essa definição também.

Bom, é isso... Me sinto aliviada em ter desabafado tudo isso, e já me sinto agradecida simplesmente por ter esse espaço disponível, obrigada! coração roxo
Ir para o topo Ir para baixo
PumpkinCake
Sabido(a)
Sabido(a)
PumpkinCake

Mensagens 170
Inscrição 06/01/2021
Idade 25
Pensamento "Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar." -Vincent van Gogh
Gênero : Feminino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty13/9/2022, 01:01

Seja bem-vinda ao fórum e parabéens pela autodescoberta !!! É tão bom quando finalmente descobrimos que aquilo que tanto incomodava por ser "incomum" na verdade é realmente uma coisa válida e normal, né?

Ir para o topo Ir para baixo
O_Bala
Sabido(a)
Sabido(a)
O_Bala

Mensagens 232
Inscrição 19/09/2020
Idade 37
Gênero : Masculino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty13/9/2022, 03:57

Alek escreveu:
Pelo que busquei até agora, eu diria que eu já transitei entre demi e fray, mas nos dois casos, eu não tinha real vontade com frequência (eu realmente viveria muito bem com sexo uma ou duas vezes ao ano hahaha) - não sei se existe um nome para essa definição também.
Primeiramente seja bem vinda.
A definição que talvez se encaixe seria Gray-A.

Ir para o topo Ir para baixo
Sam
Admin
Admin
Sam

Mensagens 1611
Inscrição 03/04/2012
Idade 33
Gênero : Masculino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty13/9/2022, 14:31

Seja bem-vinda, Ale! fatia de bolo

Sinta-se à vontade para compartilhar seus desabafos sempre que quiser.


"Se você ficar sozinho, pega a solidão e dança" (Três Dias, Marcelo Camelo)


https://www.assexualidade.com.br/
Ir para o topo Ir para baixo
tonhaocms95
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
tonhaocms95

Mensagens 18
Inscrição 04/04/2021
Idade 27
Gênero : Masculino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty13/9/2022, 18:12

Seja bem vinda!
Também estou passando por esse processo de (re)descobrimento.
Ir para o topo Ir para baixo
Alek
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Alek

Mensagens 2
Inscrição 12/09/2022
Idade 27
Gênero : Feminino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty13/9/2022, 18:21

Obrigada a todos! Vou pesquisar melhor sobre grau-a e os demais espectros, mas agradeço pela sugestão! bolo
Ir para o topo Ir para baixo
BPBertolino
Aprendiz
Aprendiz
BPBertolino

Mensagens 112
Inscrição 30/09/2011
Idade 35
Gênero : Masculino

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty
MensagemAssunto: Re: Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas   Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas Empty14/9/2022, 03:03

Bem-vinda!

Não tenha pressa em se definir como alguma coisa ou outra - é melhor que isso venha naturalmente da maneira como você enxerga a si mesma em relação às categorias que as pessoas usam. Embora seja útil ter um nome para resumir isso tudo, a pressa pode levar a uma rigidez muito grande.

Eu gostaria de me referir a uma coisa que você falou para comentar sobre identidades. A sua questão sobre ter "direito" de ser "LGBTQIAP+" sendo "padrãozinho" revela uma coisa muito importante. Vou ser um pouco chato aqui, mas a resposta passa por uma análise complicada (e eu mal vou raspar a superfície). LGBTQIAP+ e termos similares contêm uma premissa de que você pertence a uma classe submetida a algo que é supostamente hegemônico (a heteronormatividade, cisheteronormatividade, etc).

Eu, que rejeito essa construção desde o princípio, sou assexual, mas não sou LGBTQIAP+. O primeiro diz respeito à minha (ausência de) atração sexual por outras pessoas, o segundo diz respeito a uma posição dentro de uma estrutura teórica sociológica da qual eu discordo (i.e. a interseccionalidade e suas precursoras). São coisas diferentes.
Ir para o topo Ir para baixo
 

Sobre descobrir que sou uma pessoa normal, no fim das contas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo 
Página 1 de 1

 Tópicos semelhantes

-
» Como ajudar uma pessoa a se descobrir ASSEXUADA e principalmente ter essa aceitação.
» Mais uma pessoa animada para criar novas amizades e descobrir mais sobre sua assexualidade
» é normal se sentir excitada pela cena e não pela pessoa?
» oiii... ainda estou tentando me descobrir
» Me descobrir um assexual.

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Apresente-se-