InícioGlossárioProcurarRegistarEntrar

Compartilhe
 

 Allonormatividade compulsória

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo 
AutorMensagem
Kate
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Kate

Mensagens 7
Inscrição 18/08/2021
Idade 21

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty2/10/2021, 18:57

Boa noite pessoal!
Recentemente surgiu uma dúvida muito grande sobre algo que eu fazia com muita frequência e ainda faço de vez em quando.

Quando eu me descobri assexual eu ficava procurando pessoas (normalmente em redes sociais como tik Tok e Instagram) e tentava imaginar-me em cenários sexuais com elas. Na minha cabeça, se eu conseguisse, então sentiria atração sexual por elas e não seria válida como assexual.
A verdade é que na maioria das vezes eu consigo mas não é algo espontâneo sabe? É algo pelo qual eu me obrigo a passar.
Eu acredito que isso seria uma espécie de allonormatividade compulsória mas não tenho certeza. Algo que me diz que eu deveria sentir atração sexual pelos outros, e por isso fico inventando esses cenários para me forçar a sentir uma excitação.
Alguém aí já passou por algo parecido, ou sabe se isso é normal?
Ir para o topo Ir para baixo
jambubble
Novato(a)
Novato(a)
jambubble

Mensagens 21
Inscrição 21/09/2021
Idade 19

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty3/10/2021, 13:55

Isso tem cara de sexualidade compulsória, que é essa necessidade de colocar sexo em um pedestal e incluir ele em todo tipo de interação/evento que seja no que diz respeito principalmente a relacionamentos e conexão com as pessoas.

"a ideia do sexo como a conexão suprema (mais profunda) entre duas pessoas sendo também percebido como sinal de maturidade não costuma ser questionado. A pessoa que não tem desejo (aqui creio que queira dizer mesmo o ato de querer, não desejo sexual) por sexo, mesmo em uma relação monogâmica é encarada como se estivesse quebrado de alguma forma justamente por conta dessa sexualidade compulsória."

O livro "Ace: What Asexuality Reveals About Desire, Society, and the Meaning of Sex" fala um pouco sobre isso. Acho bem comum a gente (assexuais) achar que *deve* sentir atração sexual, porque é algo muito internalizado, a maioria das pessoas ao redor estão sentindo isso, e em todo tipo de filme, série, algumas que retratam, por exemplo, a adolescência é tratado sobre sexo, sobre pegação, sobre esse relacionamento sexual e interações sexuais das personagens. A maior parte da galera fica muito animada com isso, e da muita audiência. É raro ver uma série sem um casal sequer, sem um romance aqui e ali, e com sexo sempre envolvido e principalmente o "tesão".

E realmente sempre fica aquilo na gente de hmmm e se eu sentir atração sexual, sendo que já se sabe que há um espectro assexual, então tem aquele que não sente absolutamente nadinha de atração sexual, outros sentem pouquíssima ou raramente, tem alguns que sentem em situações específicas, apenas com conexão emocional e outros que ficam oscilando entre esses. Se eu não me engano é isso, e podem me corrigir se eu não estiver falando corretamente. Portanto, mesmo que você por via das dúvidas acabe sentindo essa atração sexual, ainda assim você estaria dentro da assexualidade, é assim q eu interpreto.

Mesmo diante disso tudo, sim, eu ainda fico com aquilo de "é isso mesmo que sou?" não sei se um dia isso vai sumir mas that's it. E não busco fazer esse processo de me forçar a imaginar com outras pessoas e ver se me sinto excitada não.
Ir para o topo Ir para baixo
M-Aril
Sabido(a)
Sabido(a)
M-Aril

Mensagens 205
Inscrição 25/12/2014
Idade 27
Pensamento "Jamais deixarei que suas preces terminem em desespero" —Kaname Madoka

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty3/10/2021, 18:22

jambubble escreveu:

E realmente sempre fica aquilo na gente de hmmm e se eu sentir atração sexual, sendo que já se sabe que há um espectro assexual, então tem aquele que não sente absolutamente nadinha de atração sexual

Eu já fiz MUITO isso, tipo pra me testar, ou pra tentar me livrar mesmo da assexualidade pq nao me aceito, por causa disso eu ja vi MUITA COISA BIZARRA quando se diz respeito a pornografia, eu fico com vontade de postar aqui mas nao é pra todo mundo, mas imaginem vomito, mijo, merda, sangue, talheres, aquele imobilizador q dá choque, animais, frutas e plantas no geral com aspecto fálico ou com um buraco basicamente, audios sonoros de sons q prometem voce sentir um orgasmo (Idoser, e não, não funciona), gente morta, bicho morto, um cara sendo comido vivo por um cachorro, um bebê sendo comido por um javali, um cara lambendo a cloaca de uma galinha viva, um cara fodendo uma cobra. Eu acho q ja vi tudo, tudo mesmo, o ápice foi me masturbar vendo um guia de pesca. Não dá, a assexualidade nao sai de mim.

É muito complicado se aceitar, eu tenho medo de ter um futuro solitário, mas eu vou me testando com essas coisas q eu sei q só afetarão mais e mais a minha cabeça. não curti
Ir para o topo Ir para baixo
davilfs
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
davilfs

Mensagens 16
Inscrição 20/02/2021
Idade 31
Pensamento Os mundos novos devem ser vividos antes de ser explicados... (Alejo Carpentier)

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty3/10/2021, 21:03

Não me pego muito imaginando sexo com outras pessoas, mas acho que quando alguma tipo de desejo se inicia em mim, ele opera muito nesse nível da fantasia. Rola alguma identificação com algo da pessoa, estético, intelectual, gestual, comportamental, sei lá e a partir dessa identificação acende alguma luzinha que leva minha mente a especular sobre uma possível união. Não sei se é algum jeito da carência se manifestar em mim, ou alguma saudade de sexo, pois apesar de ter me relacionado com pouquíissimas pessoas, e a maioria de modo meio desastrado, tive dois relacionamentos bem longos que gostei muito (sou demissexual), e talvez tenha saudades do que sentia.

Enfim, acho que acabo fantasiando demais até, e sinto que isso é um problema, pois essa questão mais libidinosa, de tesão ou de um ímpeto sexual mesmo praticamente nunca vem, mas a imaginação corre solta e acaba me levando pra um lugar muito distante da realidade.

Queria talvez entender melhor como essas coisas se dão pra mim, mas é tão difícil porque elas são tão raras... É difícil enxergar um padrão pra poder operar com ele em vista. No fim das contas, quando esporadicamente acontece algo, é alguma menina muito alo que me pega, e a maioria das vezes não se desenvolve muito...

Mas isso da imaginação com sexo tentei me descolar um pouco porque vejo o quanto tem varias coisas nocivas embutidas no que a pornografia representou pra mim na minha vida... Não assisto mais nada
Ir para o topo Ir para baixo
Kate
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Kate

Mensagens 7
Inscrição 18/08/2021
Idade 21

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty3/10/2021, 21:27

[quote="jambubble"]Isso tem cara de sexualidade compulsória, que é essa necessidade de colocar sexo em um pedestal e incluir ele em todo tipo de interação/evento que seja no que diz respeito principalmente a relacionamentos e conexão com as pessoas.

Olha realmente! Tudo que você falou na minha cabeça faz muito sentido. Eu sempre vivi com as pessoas dizendo "olha quando vc encontrar a pessoa certa, vai sentir vontade de fazer certas coisas".
A verdade é que sexo é algo muito romantizado na nossa sociedade e vem sendo cada vez mais normalizado. As pessoas acham impossível existir um relacionamento sem sexo mas é super plausível sexo sem relacionamento.
Toda essa questão dificulta muito pra mim (ainda mais porque eu não sei ao certo o que de fato é sentir atração sexual). Sempre penso que senti isso por alguém e depois analisando entendo que não.

Temos que nos conhecer muito bem (o que tá difícil aqui KSKSKSKSKKSKSKSK mais confusão impossível) e não permitir que as pessoas ultrapassem limites pessoais que nós delimitamos.

Muitoooooo obrigada pelo seu quote foi muito esclarecedor de verdade! Vou inclusive procurar por esse livro pra poder ler e ver se entendo um pouco mais sobre o assunto
Ir para o topo Ir para baixo
Kate
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Kate

Mensagens 7
Inscrição 18/08/2021
Idade 21

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty3/10/2021, 21:35

M-Aril escreveu:
jambubble escreveu:

E realmente sempre fica aquilo na gente de hmmm e se eu sentir atração sexual, sendo que já se sabe que há um espectro assexual, então tem aquele que não sente absolutamente nadinha de atração sexual

Eu já fiz MUITO isso, tipo pra me testar, ou pra tentar me livrar mesmo da assexualidade pq nao me aceito, por causa disso eu ja vi MUITA COISA BIZARRA quando se diz respeito a pornografia, eu fico com vontade de postar aqui mas nao é pra todo mundo, mas imaginem vomito, mijo, merda, sangue, talheres, aquele imobilizador q dá choque, animais, frutas e plantas no geral com aspecto fálico ou com um buraco basicamente, audios sonoros de sons q prometem voce sentir um orgasmo (Idoser, e não, não funciona), gente morta, bicho morto, um cara sendo comido vivo por um cachorro, um bebê sendo comido por um javali, um cara lambendo a cloaca de uma galinha viva, um cara fodendo uma cobra. Eu acho q ja vi tudo, tudo mesmo, o ápice foi me masturbar vendo um guia de pesca. Não dá, a assexualidade nao sai de mim.

É muito complicado se aceitar, eu tenho medo de ter um futuro solitário, mas eu vou me testando com essas coisas q eu sei q só afetarão mais e mais a minha cabeça. não curti

MDS EU NUNCA ME VI TÃO DESCRITA
no começo da minha descoberta o que eu mais fazia era procurar vídeos pornográficos pra tentar me imaginar num cenário em que gostasse de fazer sexo. Se tornou algo vicioso inclusive e eu sempre tentava refutar minhas conclusões tentando "tirar a assexualidade de mim" como vc disse.

Acho que isso é algum tipo de reflexo da sexualidade super romantizada inserida na sociedade em que fomos inseridos. Vira e mexe eu me pego pensando que é impossível não sentir atração sexual por ninguém e talvez só precise amadurecer. Isso torna meu processo de aceitação muitoooo complicado porque sempre fico me testando pra ver se sinto alguma coisa pelas pessoas e chego até a confundir um desejo forçado por sexo com atração sexual.

Essa história de normalizar o sexo só embananou minha cabeça e hoje, embora me entenda como assexual estrita, sempre duvido dessa afirmação. Parece que eu preciso sentir atração sexual, ou pelo menos deveria e por isso eu PRECISO encontrar alguém que me dê esse desejo.

É tudo muito complicado de verdade kskskksksksk mas acredito que um dia eu consiga parar de fazer essas coisas e apenas me aceite. Muitooo obrigada pelo seu quote de verdade, ajudou de mais
Ir para o topo Ir para baixo
O_Bala
Sabido(a)
Sabido(a)
O_Bala

Mensagens 187
Inscrição 19/09/2020
Idade 36

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty4/10/2021, 16:32

Kate escreveu:
Boa noite pessoal!
Recentemente surgiu uma dúvida muito grande sobre algo que eu fazia com muita frequência e ainda faço de vez em quando.

Quando eu me descobri assexual eu ficava procurando pessoas (normalmente em redes sociais como tik Tok e Instagram) e tentava imaginar-me em cenários sexuais com elas. Na minha cabeça, se eu conseguisse, então sentiria atração sexual por elas e não seria válida como assexual.
A verdade é que na maioria das vezes eu consigo mas não é algo espontâneo sabe? É algo pelo qual eu me obrigo a passar.
Eu acredito que isso seria uma espécie de allonormatividade compulsória mas não tenho certeza. Algo que me diz que eu deveria sentir atração sexual pelos outros, e por isso fico inventando esses cenários para me forçar a sentir uma excitação.
Alguém aí já passou por algo parecido, ou sabe se isso é normal?
Acredito que muitos ACEs tenham passado pela mesma situação. Ter tentando ficar por ficar, transar por transar, pornografia e até mesmo "inventado" experiências sexuais para contar numa roda de conversa para não se sentir deslocado.
Quando amigos falam que determinada pessoa é sexualmente atraente e você não enxerga assim e acaba concordando pra não te perguntarem...
Enfim, tudo isso se encaixaria na allonormatividade....
Ir para o topo Ir para baixo
Tarsila
Sabido(a)
Sabido(a)
Tarsila

Mensagens 199
Inscrição 10/02/2018
Idade 32

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty10/10/2021, 13:48

Assim, às vezes eu vejo q até para allos rola um problema com a visão de relacionamentos como são apresentados na mídia. Já escutei de mais de uma pessoa q tinha parado de ler certos tipos de livros ou ver certos tipos de filmes pq eles estavam bagunçando a cabeça delas, fazendo com q esperassem um tipo de relacionamento/comportamento q na realidade não existe ou q elas nem queriam de verdade (ou q fossem saudáveis), mas era apresentado como algo q "deveria ser".

E isso tanto a parte q não tem a ver com sexo quanto a q tem a ver (aí entraria a questão da pornografia, de coisas q só acontecem nesses vídeos. Pessoas podem até reproduzir, mas não estariam elas se forçando, pq foi apresentado como algo q acontece, então ela acha q "teria q" fazer também?)

Então, eu acho q é "vendida" uma imagem que a pessoa "tem q" "comprar" e q afeta é todo mundo. Tipo, uma "necessidade fabricada", digamos assim.

Só jogando ideias aqui, na verdade.
Ir para o topo Ir para baixo
davilfs
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
davilfs

Mensagens 16
Inscrição 20/02/2021
Idade 31
Pensamento Os mundos novos devem ser vividos antes de ser explicados... (Alejo Carpentier)

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty12/10/2021, 10:30

Tarsila escreveu:
Então, eu acho q é "vendida" uma imagem que a pessoa "tem q" "comprar" e q afeta é todo mundo. Tipo, uma "necessidade fabricada", digamos assim.

Dia desses li na revista Cult ed. 270, num dossiê sobre "Psicanálise, gênero e estudos queer", que foi ilustrado com pinturas de um amigo daqui de Recife chamado Fefa Lins, que tematiza questões de gênero em sua arte, sobre a Teoria do Dejeto, algo do tipo. As precisões com a palavra vão fugir um pouco mas vou tentar elucidar o que entendi.

Esse debate sobre a teoria do dejeto (não lembro se a palavra é essa mesmo kkk chocado ) começou na década de 70/80 com alguns gays no Oeste dos EUA que tinham mais inserção nos círculos heteronormativos por questões de aparência ou comportamento, e aí eles vivam uma vida dentro da heteronormatividade, para desfrutar de todos os benefícios que isso ocasiona na vida social, e "rejeitavam" gays mais afeminados que destoavam mais da heteronormatividade, que eram tidos como "dejeto" pela norma.

A reflexão sobre isso revelou que a heteronormatividade pressupõe um certo modelo ideal de "hetero", das quais todas as pessoas dentro da norma buscam de alguma maneira inconsciente se "igualar", porém esta é uma tarefa impossível, todas as pessoas acabam reprimindo determinados pensamentos, desejos, etc, para não destoar muito da norma e não serem compreendidos como "dejeto". Haveria então uma espécie de linha divisória ao redor deste padrão inalcançável, onde todas as pessoas que estão dentro desta linha são reconhecidos como pessoas "padrão", nos conformes da norma, e todas as pessoas que estão fora desta linha são alvo de estranhamento, quanto mais longe estiverem.

O curioso é que esse padrão inalcançável inerente à norma acaba gerando uma espécie de desconforto interno à norma, de algo sempre inalcançável.

Eu sei bem que é muito difícil pra todos nós essa inserção na sociedade, até por a assexualidade ser algo tão pouco debatido e conhecido, mas tenho a certeza hoje, a partir do momento que comecei a ter acesso a esse debate e me identificar como demissexual/gray-A, que o desconforto muito maior é tentar se identificar com esse padrão inalcansável.

Enfim esta resposta de Tarsila me lembrou disto. Abraços
Ir para o topo Ir para baixo
PumpkinCake
Aprendiz
Aprendiz
PumpkinCake

Mensagens 114
Inscrição 06/01/2021
Idade 24
Pensamento "Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar." -Vincent van Gogh

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty14/10/2021, 19:06

O engraçado é que todas as minhas amigas ficaram solteiras novamente e voltaram a ter os assuntos da adolescência sobre ficar por ficar, "vontade só de dar uns beijos com qualquer um" e assim vai. Fiquei como um peixe fora d'água, mas agora sabendo que sou ace fiquei pensando se realmente isso é uma necessidade real e fisiológica de alos ou se faz parte dessa allonormatividade compulsória que vocês estão comentando. Me pego pensando se a pessoa nem está com vontade, mas só porque outros fazem acabam reproduzindo esse "comportamento de manada" para preencher algum vazio, na impulsividade ou para parecerem legais. Nada contra quem o faz, mas é muito difícil de entender o sentido de certas coisas, por mais que a libido deles seja elevadíssima.
Ir para o topo Ir para baixo
Kate
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Kate

Mensagens 7
Inscrição 18/08/2021
Idade 21

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty14/10/2021, 21:55

PumpkinCake escreveu:
O engraçado é que todas as minhas amigas ficaram solteiras novamente e voltaram a ter os assuntos da adolescência sobre ficar por ficar, "vontade só de dar uns beijos com qualquer um" e assim vai. Fiquei como um peixe fora d'água, mas agora sabendo que sou ace fiquei pensando se realmente isso é uma necessidade real e fisiológica de alos ou se faz parte dessa allonormatividade compulsória que vocês estão comentando. Me pego pensando se a pessoa nem está com vontade, mas só porque outros fazem acabam reproduzindo esse "comportamento de manada" para preencher algum vazio, na impulsividade ou para parecerem legais. Nada contra quem o faz, mas é muito difícil de entender o sentido de certas coisas, por mais que a libido deles seja elevadíssima.

Eu penso mto nisso realmente. Certa vez eu li um depoimento de uma pisicologa ace, ela dizia que acreditava que mto mais do que 1% da população estava dentro do espectro assexual mas que, por estarem inseridos numa sociedade tão sexualizada, não se davam conta disso. Eu acho que realmente existem pessoas que tem libido extremamente alta e por isso sentem atração sexual facilmente e meio que por qualquer um (daí a facilidade de pegar todo mundo em alguma festa não importa quem seja) e já li vários relatos (da minha época de negação da assexualidade kskskskskksskk) que explicavam que é bem normal a atração sexual ocorrer com pessoas que vc nunca nem viu, meio que à primeira vista.
Eu definitamente não sei como funciona porque não sinto isso (sou assexual estrita o que complica muita coisa na hora de entender como de fato a atração sexual age nas pessoas) mas acredito que muitas pessoas se sintam pressionadas a seguir um padrão onde elas devem "aproveitar" a festa para se encaixarem. Quantas vezes já não ouvi comentários de parentes que diziam que eu >devia< sair e passar o rodo porque era algo da idade? A verdade é que em todo lugar nós vemos contato sexual sendo abordado como algo necessário e que até indica uma conexão maior com determinada pessoa, muitos personagens aces tem a pouca representatividade que possuem tratada como falta de maturidade ou por não terem encontrado a pessoa certa com quem se sentissem confortáveis ou que despertasse neles o desejo de desenvolver esse tipo de relação.
Acho que tudo isso, essa forma maçante com que o sexo é posto em TODO tipo de conteúdo, leva as pessoas a banalizaram e até tratarem como algo certo e preciso sair pegando qualquer um.
Bom isso foi meio que mais um desabafo do que uma resposta mas eu realmente concordo com os seus pontos. No entando, contrariando metade do que eu disse, para que o sexo se tornasse algo tão superestimado tem que haver algum motivo. Mas acho que não conseguimos entender qual é exatamente por não sermos alos.
Ir para o topo Ir para baixo
C.a.s.lin
Aprendiz
Aprendiz
C.a.s.lin

Mensagens 77
Inscrição 24/06/2021
Idade 18
Pensamento " ✨History,huh? Bet we could make some"

Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty18/10/2021, 23:39

Como se a pessoa devesse sentir atração sexual. Acho que isso vem muito também de como a sociedade ver as relações. Porque a maioria das pessoas allos que eu conheço não entende que existe várias atrações e atrela o amor romântico a sentir atração sexual obrigatoriamente. E com isso vermos muito em filmes,séries como falaram aqui,eu achava por exemplo que deveria ser assim inclusive me deixei levar por isso algumas vezes e também toda questão. Fora a questão que muitos tem o prqzer sexual,as relações sexuais como uma necessidade básica em relacionamento. E isso confunde bastante,e tudo isso contribuir para tentarmos sentir atração de forma forçada, busca coisas mais e mais que provoquem isso. Como falaram aqui uma sexualidade compulsória.
Existe várias coisas que abragem esse diálogo,mas ele é importante
Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado




Allonormatividade compulsória Empty
MensagemAssunto: Re: Allonormatividade compulsória   Allonormatividade compulsória Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 

Allonormatividade compulsória

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissões neste fórumVocê não pode responder aos tópicos
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-