InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Buscando respostas, encontrando mais perguntas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
dimy
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 20
Inscrição 06/09/2018
Idade 29

MensagemAssunto: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   6/9/2018, 02:53

Eu sempre fui bem caseiro, sempre me senti distante das pessoas. Não consigo, até hoje, encontrar alguém ou um grupo de pessoas que me aceitem como sou.
Durante toda a minha vida eu sempre percorro o mesmo caminho durante um relacionamento, seja este amoroso ou não. Eu me aproximo da pessoa, sou sincero sobre gostar dela, depois tento buscar pontos em comum, procuro ser agradável, sem me intrometer demais na vida da pessoa e depois se distanciam. Geralmente os homens que eu me aproximo pensam que eu sou gay ou virgem. As mulheres que eu me aproximo me acham estranho, ou gay, ou dissimulado ( quero algo com elas). Eu consigo me aproximar de alguém, com o tempo eles sempre ficam na retaguarda, não querem sair só comigo, ou não querem ficar sozinhos comigo. As pessoas não acreditam que eu me interesso genuinamente nas suas vidas, sem segundas intenções. Meu físico não ajuda, sou grande, e voz grossa, cara de nerd da TI.
Agora, com 29 anos, não tenho grandes amizades, tenho alguns amigos, que com o passar do tempo acabam se distanciando, seja por causas profissionais ou por causa de relacionamentos. A solidão as vezes "bate", mas eu tento ser positivo, afinal eles não me querem mal, só não estão mais no meu cotidiano.

Eu já beijei um gay, ele era muito legal comigo, e depois ele disse que tinha interesse em mim, falei abertamente para as pessoas quando o assunto surgia. Perdi minha virgindade quando tinha 5 anos, com uma mulher, ela enfiava coisas em mim, enfim, não gosto dos detalhes. Ela era uma vizinha, depois de um tempo ela se mudou. Depois tive um outro contato sexual com um pai de um aluno que estudava no mesmo colégio que o meu, essa situação ficou até os 14 anos de idade, ele tinha acho que 38 ou era 40. Quando eu cresci, tive pêlos no corpo, engrossei a voz, ele disse que não me queria mais, ele costumava me chamar de "brinquedo".
- chegou meu brinquedo favorito!
Não sei se é por causa disso, mas desde sempre não tenho interesse no ato sexual, sempre tive a fantasia de ter alguém, tipo comercial de margarina. Mas mesmo assim, eu me masturbo, não tenho problema com isso, apesar de as vezes sentir culpa.
Nunca namorei, já fiquei com algumas mas nunca foi algo sério.
Me considero demi mas ainda estou lendo sobre o assunto. A única certeza que eu tenho é que eu não tenho problema em gostar de pessoas, mas ainda não me veio a vontade de transar. Eu até acesso conteúdo pornográfico, mas eu sempre vou nos do tipo em que há romance, sem penetração ou sem mostrar a penetração.


Última edição por dimy em 19/9/2018, 19:57, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romântico
Admin
Admin
avatar

Mensagens 1837
Inscrição 16/04/2014
Idade 41
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   7/9/2018, 11:32

dimy escreveu:
Eu sempre fui bem caseiro, sempre me senti distante das pessoas. Não consigo, até hoje, encontrar alguém ou um grupo de pessoas que me aceitem como sou.
Durante toda a minha vida eu sempre percorro o mesmo caminho durante um relacionamento, seja este amoroso ou não. Eu me aproximo da pessoa, sou sincero sobre gostar dela, depois tento buscar pontos em comum, procuro ser agradável, sem me intrometer demais na vida da pessoa e depois se distanciam. Geralmente os homens que eu me aproximo pensam que eu sou gay ou virgem. As mulheres que eu me aproximo me acham estranho, ou gay, ou dissimulado ( quero algo com elas). Eu consigo me aproximar de alguém, com o tempo eles sempre ficam na retaguarda, não querem sair só comigo, ou não querem ficar sozinhos comigo. As pessoas não acreditam que eu me interesso genuinamente nas suas vidas, sem segundas intenções. Meu físico não ajuda, sou grande, e voz grossa, cara de nerd da TI.
Agora, com 29 anos, não tenho grandes amizades, tenho alguns amigos, que com o passar do tempo acabam se distanciando, seja por causas profissionais ou por causa de relacionamentos. A solidão as vezes "bate", mas eu tento ser positivo, afinal eles não me querem mal, só não estão mais no meu cotidiano.

Eu já beijei um gay, ele era muito legal comigo, e depois ele disse que tinha interesse em mim, falei abertamente para as pessoas quando o assunto surge. Perdi minha virgindade quando tinha 5 anos, com uma mulher, ela enfiava coisas em mim, enfim, não gosto dos detalhes. Ela era uma vizinha, depois de um tempo ela se mudou. Depois tive um outro contato sexual com um pai de um aluno que estudava no mesmo colégio que o meu, essa situação ficou até os 14 anos de idade, ele tinha acho que 38 ou era 40. Quando eu cresci, tive pêlos no corpo, engrossei a voz, ele disse que não me queria mais, ele costumava me chamar de "brinquedo".
- chegou meu brinquedo favorito!
Não sei se é por causa disso, mas desde sempre não tenho interesse no ato sexual, sempre tive a fantasia de ter alguém, tipo comercial de margarina. Mas mesmo assim, eu me masturbo, não tenho problema com isso, apesar de as vezes sentir culpa.
Nunca namorei, já fiquei com algumas mas nunca foi algo sério.
Me considero demi mas ainda estou lendo sobre o assunto. A única certeza que eu tenho é que eu não tenho problema em gostar de pessoas, mas ainda não me veio a vontade de transar. Eu até acesso conteúdo pornográfico, mas eu sempre vou nos do tipo em que há romance, sem penetração ou sem mostrar a penetração.
Lamento pelos abusos que vc sofreu.
De acordo com o relato, quanto à romanticidade vc pode ser bi ou pan.
Quanto à sexualidade... chegou a procurar psicólogo(a)?
É comum que pessoas que passaram por traumas tenham aversão ao sexo...


Visite o site oficial:
http://www.assexualidade.com.br


------

Confira os tópicos selecionados, na barra lateral direita do Fórum!
Obs: atualizei a lista, incluindo links que constavam apenas na minha assinatura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vk.com/megasenaminhavida
dimy
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 20
Inscrição 06/09/2018
Idade 29

MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   7/9/2018, 15:06

Fiz tratamento constante até os 23 anos. Eu acho que se for por causa do trauma, deve ser na parte de não gostar me relacionar com "qualquer um", eu preciso ter confiança, conhecer, por isso eu normalmente só fico com pessoas que já sou amigo.
Eu demorei pra entender o abuso sofrido, mas eu fiz tanto tratamento que hoje acho que tá "superado".
Eu acho muitos tipos diferentes de pessoas bonitas, ou atraentes, e por isso me acho pan. Nunca me relacionei com outro tipo de pessoa que não fosse hétero, gay, bi. Agora é correr atrás de alguém mais parecido comigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chantilly
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 23
Inscrição 31/08/2018
Idade 17
Pensamento “ Saio em busca de um grande talvez.. "

MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   7/9/2018, 21:42

Lamento ter passado por esse tipo de situação, mas fico feliz que apesar de tudo ainda não tenha desistido. Eu sei como é o sentimento de "vazio" ou solidão de quando todos parecem esta ocupados com suas proprias coisas e você só segue em frente da forma que da, mas a realidade sempre bate a porta e tem horas que não da pra segurar tudo. É normal se sentir inseguro ou confuso as vezes, mas um conselho que muitas pessoas me deram e eu vou repassar pra você é: "Siga o seu tempo, e se dê um tempo, sempre". Eu penso que tudo tem um tempo necessario para acontecer, mas isso só começa quando você encontra seu proprio ritmo, então respira fundo, acalma o coração, que no final tudo vai dar certo! ^•^

Ps: Procure sempre por informações na comunidade, ajuda bastante..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JaJa
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 28
Inscrição 09/09/2018
Idade 16

MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   19/9/2018, 18:48

dimy escreveu:
Eu sempre fui bem caseiro, sempre me senti distante das pessoas. Não consigo, até hoje, encontrar alguém ou um grupo de pessoas que me aceitem como sou.
Durante toda a minha vida eu sempre percorro o mesmo caminho durante um relacionamento, seja este amoroso ou não. Eu me aproximo da pessoa, sou sincero sobre gostar dela, depois tento buscar pontos em comum, procuro ser agradável, sem me intrometer demais na vida da pessoa e depois se distanciam. Geralmente os homens que eu me aproximo pensam que eu sou gay ou virgem. As mulheres que eu me aproximo me acham estranho, ou gay, ou dissimulado ( quero algo com elas). Eu consigo me aproximar de alguém, com o tempo eles sempre ficam na retaguarda, não querem sair só comigo, ou não querem ficar sozinhos comigo. As pessoas não acreditam que eu me interesso genuinamente nas suas vidas, sem segundas intenções. Meu físico não ajuda, sou grande, e voz grossa, cara de nerd da TI.
Agora, com 29 anos, não tenho grandes amizades, tenho alguns amigos, que com o passar do tempo acabam se distanciando, seja por causas profissionais ou por causa de relacionamentos. A solidão as vezes "bate", mas eu tento ser positivo, afinal eles não me querem mal, só não estão mais no meu cotidiano.

Eu já beijei um gay, ele era muito legal comigo, e depois ele disse que tinha interesse em mim, falei abertamente para as pessoas quando o assunto surge. Perdi minha virgindade quando tinha 5 anos, com uma mulher, ela enfiava coisas em mim, enfim, não gosto dos detalhes. Ela era uma vizinha, depois de um tempo ela se mudou. Depois tive um outro contato sexual com um pai de um aluno que estudava no mesmo colégio que o meu, essa situação ficou até os 14 anos de idade, ele tinha acho que 38 ou era 40. Quando eu cresci, tive pêlos no corpo, engrossei a voz, ele disse que não me queria mais, ele costumava me chamar de "brinquedo".
- chegou meu brinquedo favorito!
Não sei se é por causa disso, mas desde sempre não tenho interesse no ato sexual, sempre tive a fantasia de ter alguém, tipo comercial de margarina. Mas mesmo assim, eu me masturbo, não tenho problema com isso, apesar de as vezes sentir culpa.
Nunca namorei, já fiquei com algumas mas nunca foi algo sério.
Me considero demi mas ainda estou lendo sobre o assunto. A única certeza que eu tenho é que eu não tenho problema em gostar de pessoas, mas ainda não me veio a vontade de transar. Eu até acesso conteúdo pornográfico, mas eu sempre vou nos do tipo em que há romance, sem penetração ou sem mostrar a penetração.



Fiquei bem sentida com sua história, e acho que pode ser devido a seus traumas não sentir desejo sexual pois você passou a ver isso como algo ruim e não prazeroso. Mas não tem muito haver com o fato de você ainda sentir o prazer em se masturbar, pois você se dar o prazer, e faz por vontade própria, que diferente das práticas sexuais, as quais não sente muita necessidade, é necessário outra pessoa, o que não lhe gera confiança ao te fazer lembrar seus momentos. Mas esse fato de não sentir confiança em outra pessoa faz com que você realize prazer com você mesmo, pois sente desejo e a culpa vem devido estar relacionado com algo ruim... Agora devido a sexualidade, acredito que seja sim demi porém bi ou pan. Bem, sou nova aqui, mas novamente lamento pelo ocorrido em sua vida, é muito frustante, eu sei. Você se sente sozinho, quer ter alguem perto, mas seus sentimentos e desconfiança são como uma barreira. Aconselho a procurar acompanhamento psicológico,ou continuar em um se caso ja tiver. É bom conhecer alguem que saiba mais sobre o assunto, eu não encontrei niguem até hoje, mas acredito que seja muito bom para o autoconhecimento sorrindo) Muitas felicidades na vida coração ace coração ace
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ace Ventura
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 505
Inscrição 28/06/2017
Idade 24
Pensamento Meta de vida: ser útil.

MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   4/12/2018, 19:00

Você mencionou que as pessoas das quais você se aproxima geralmente pensam que você tem interesse sexual nelas. E mencionou ter passado por experiências sexuais desagradáveis na infância. Por acaso estas duas coisas têm uma correlação? Se sim, é uma relação de causa-e-efeito? Se é, qual seria a causa, e qual seria o efeito?

Estou só avaliando uma hipótese. Se eu tiver errado, não se ofenda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Buscando respostas, encontrando mais perguntas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Buscando respostas, encontrando mais perguntas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Quais Cloths são os mais raros e caros?
» Os 100 sobrenomes japoneses mais populares
» Qual as Mais Bonitas dos Animes?
» [Vendas] - Prmoção, 90% de satisfação ou o dinheiro de volta - Custon PB´sem gesso e/ou resina, Stand para cavaleiros de ouro, Estátua de Athena e Trono do Poseidon (fotos disponíveis)
» Nissan 350z - Nismo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Depoimentos-