InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Um pequeno desabafo sobre real aceitação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Gabes
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 57
Inscrição 22/05/2017
Idade 19
Pensamento Contemple sua originalidade.

MensagemAssunto: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    23/12/2017, 20:02

Bom, isso é meio que um desabafo pois me sinto meio estranha, então vou tentar colocar organizar de forma que não fique tão confusa.

Eu leio sobre assexualidade desde 2015(foi apenas dois meses) quando ouvi o termo e em 2016(que me aprofundei). Li sobre uma boa parte das orientações que existe e o mais interessante é que só me senti mais confortável com o rótulo (esse é o termo que preferi usar aqui) ASSEXUAL. Por mais que aparecesse alguém querendo duvidar, eu conseguia explicar um pouco.

Enfim e já até contei a alguns amigos que sou, mas vez ou outra me bate uma certa dúvida, como se fosse meu subconsciente querendo me colocar dúvidas e dúvidas que eu basicamente sei a resposta. Recentemente aconteceu de um amg do grupo se assumir para os pais sobre ser gay e o irmão dele começou: "É pq vc não tentou com uma mulher de vdd". Esse tipo de comentário me faz pensar que eu não seja assexual porque não experimento o sexo pra confirmar. E eu não entendo porque fico com esse sentimento, se eu não sinto nem vontade de experimentar. Talvez um dia eu namore e eu me atraia por um homem ou mulher, mas não vejo necessidade agora e muito menos depois. Porém, depois desses pensamentos e conversas acabei levando minha mente a ficar conturbada e até pensei em tentar, mesmo sabendo que vou me arrepender.

O que vocês fariam? Ou fazem? (se vcs passam por isso) É como se fosse uma espécie de atraso na minha mente toda vez que sinto isso, porque eu poderia está a fazer coisas como ler, ouvir música, desenhar e tudo mais que fosse contribuir pro meu bem estar, e não eu tô preocupada com minha orientação sexual, que na verdade nem é o ponto forte de debate(na família) até pq como não trago namorados(as) eles nem se importam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Darth Dyvah
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 2176
Inscrição 06/10/2013
Idade 28
Pensamento "starwars e comunismo"

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    23/12/2017, 22:24

Eu ando pensando em reconsiderar minha assexualidade, fico pensando que meu desinteresse em sexo possa ter relação com ser uma transsexual não operada, ou seja, quando eu tiver meu corpo condizendo com o que há em minha mente eu vou começar a querer transar como qualquer pessoa, sacas?


O que quero dizer com isso, ora. Você deve procurar saber do que gosta, e principalmente do que não gosta e isso só vai saber fazendo.


Entende meu ponto? buscando conforto antes de prazer, no minimo, para saber se realmente gosta.

Não se aplica em todos os casos, mas não tem como saber se você gosta de certo tipo de comida se você não experimentar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://comdoisene.tumblr.com/
Romântico
Admin
Admin
avatar

Mensagens 1628
Inscrição 16/04/2014
Idade 40
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    23/12/2017, 22:46

Gabes escreveu:
Enfim e já até contei a alguns amigos que sou, mas vez ou outra me bate uma certa dúvida, como se fosse meu subconsciente querendo me colocar dúvidas e dúvidas que eu basicamente sei a resposta. Recentemente aconteceu de um amg do grupo se assumir para os pais sobre ser gay e o irmão dele começou: "É pq vc não tentou com uma mulher de vdd". Esse tipo de comentário me faz pensar que eu não seja assexual porque não experimento o sexo pra confirmar.
Homossexuais não precisam ficar com alguém do sexo oposto para terem certeza de que preferem alguém do mesmo sexo. Da mesma forma, vc não precisa transar com alguém se não sente vontade.

Gabes escreveu:
E eu não entendo porque fico com esse sentimento, se eu não sinto nem vontade de experimentar. Talvez um dia eu namore e eu me atraia por um homem ou mulher, mas não vejo necessidade agora e muito menos depois. Porém, depois desses pensamentos e conversas acabei levando minha mente a ficar conturbada e até pensei em tentar, mesmo sabendo que vou me arrepender.
Se tem convicção de que se arrependerá, por que tentar?

Gabes escreveu:
O que vocês fariam? Ou fazem? (se vcs passam por isso)
O que eu faria no seu lugar? Procuraria me aceitar.
Não faria algo só porque a maioria gosta ou acha que devo fazer.

Gabes escreveu:
É como se fosse uma espécie de atraso na minha mente toda vez que sinto isso, porque eu poderia está a fazer coisas como ler, ouvir música, desenhar e tudo mais que fosse contribuir pro meu bem estar, e não eu tô preocupada com minha orientação sexual, que na verdade nem é o ponto forte de debate(na família) até pq como não trago namorados(as) eles nem se importam.
Pois é... SE um dia vc vier a gostar bastante de alguém e se descobrir demissexual, sentindo-se atraída e com vontade de praticar sexo, tudo bem, caso contrário, desencane. sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vk.com/megasenaminhavida
Darth Dyvah
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 2176
Inscrição 06/10/2013
Idade 28
Pensamento "starwars e comunismo"

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    23/12/2017, 23:11



O problema desse discurso identitário, Romântico, é que você não tem certeza se depois de se afirmar algo vai passar por alguma experiência que mude sua perspectiva sobre si mesmo, isso é algo que qualquer pessoa de qualquer sexualidade passa. Pra mim isso é tapar o sol com peneira, mas cada um que sabe de si. Se a pessoa não quer ter alguma experiência com sexo, não tem como obrigar. Mas é importante refletir sobre o que nos apoiamos pra nos justificarmos como tais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://comdoisene.tumblr.com/
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    24/12/2017, 15:19

O maior problema pra mim,Darth Dyvah é quando alguém se força a algo por se sentir pressionada socialmente. Eu também já me senti como Gabes, só que toda vez que me via pensando daquela maneira ,percebia que meu discurso (o de que eu deveria experimentar) simplesmente não fazia sentido e nem condizia com o que eu sinto.

Senti isso várias vezes com relação ao racismo, onde eu me achava inferior socialmente e esteticamente por ser negra e só depois é que analisava meus pensamentos e percebia que eles não faziam sentido e eram mais por pressão externa que interna.Entende?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Darth Dyvah
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 2176
Inscrição 06/10/2013
Idade 28
Pensamento "starwars e comunismo"

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    24/12/2017, 16:17

Não estou dizendo para a pessoa fazer algo forçosamente em nenhum momento, estou sugerindo que é importante ter um respaldo mais sólido do que simplesmente se identificar com algo. Eu também me senti como a colega que criou o tópico, e como você também se sentiu como ela. Não tive a oportunidade de fazer, mas se tivesse talvez o meu caminho pudesse ter sido diferente. A questão é, se há uma oportunidade para fazer, não vejo o porquê de jogar isso fora. Parece que a pessoa que fez o tópico já se arrepende de qualquer modo, não fará diferença se fizer ou não, então que faça para ao menos ter certeza de que não quer, mas como eu disse: faça se sentindo o mais confortável possível. Você talvez possa não sentir prazer, mas não se sentirá desconfortável. Daí você pode depois pensar a respeito da experiência e ver o que é melhor pra você.


EDIT: você citou sua experiência enquanto negra, eu cito minha experiência enquanto mulher trans: as pessoas não aceitam só auto identificação, não funciona você apenas dizer que é mulher, as pessoas ou não acreditam ou acham que você está louca ou tem alguma perversão. Eu tive que fundamentar minha experiência enquanto trans para o estado me dar uma certidão de nascimento nova para eu mudar todos os meus documentos para só assim viver como uma pessoa qualquer, eu precisei de laudos psiquiátricos para receber tratamento médico e mesmo sendo retificada eu vou precisar disso se quiser fazer a cirurgia, viram? eu precisei procurar vários meios (duvidosos e cruéis, que eu tive que me submeter) para me justificar no que me identifico pra receber aprovação não só dos outros mas de mim mesma, porque não ficava satisfeita com apenas dizer que "me sinto mulher", eu precisava de algo material que me deixasse satisfeita para ter certeza do que eu sou e agora eu tenho isso depois que tudo oque vivi e experimentei. Análogo a isso, está a experiência de ser lgb, ela vai além de apenas se identificar como lgb, mas em ter vivência e elas são multiplas e livres, porque boa parte das pessoas foram atrás do que eram e provaram ou não o que acharam que deveriam provas para saber na própria pele o que são. É assim que funciona, geralmente. Se criou um tópico para expor isso é porque você tem dúvidas fortes do que é, e precisa de algo pra que você possa se saciar com o que é. Eu te digo sinceramente que há um mundo todo lá fora para você provar, é só escolher e ir. Não vai perder um pedaço de si ou algo assim, talvez um pouco de tempo. É algo que você pode controlar inclusive, você pode ir no seu tempo, seguindo o seu ritmo e principalmente, seu instinto e talvez, como eu disse, não sinta prazer, mas não vai ser um experiência traumática ou ruim. Por que no final das contas, sexo é só sexo. No big deal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://comdoisene.tumblr.com/
Gabes
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 57
Inscrição 22/05/2017
Idade 19
Pensamento Contemple sua originalidade.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    25/12/2017, 01:43

obrigada Darth Dyvah, Karine, Romântico, pelos pontos de vista expostos, irei pensar melhor, sinto que isso foi por causa do assunto do meu amigo, entendo que realmente posso tentar e tbm sei que não preciso provar para os outros a minha assexualidade, apenas preciso me compreender melhor. São muitas maneiras de experienciar atrações com diferentes tipos das mesmas e sei que uma hora ou outras elas poderão se manifestar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabes
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 57
Inscrição 22/05/2017
Idade 19
Pensamento Contemple sua originalidade.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    25/12/2017, 01:52

Acho que passo muita parte do meu tempo analisando os tipos de atrações, e procurando detalhes nas pessoas que me façam gostar delas, mas não como namorado ou namorada, e sim como amigo/a. Acabo esquecendo dos relacionamentos baseados nesses tipos de afetos (beijos, afeto de forma sensual, sexual etc.). E quando aparece alguém falando isso pra min, me fez e fazia ficar preocupada. Mas depois de refletir antes e depois de ler os pontos de vistas de vocês, me abriu um leque de ideias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romântico
Admin
Admin
avatar

Mensagens 1628
Inscrição 16/04/2014
Idade 40
Pensamento "O amor está acima da morte, assim como como o céu, do oceano" (Jean Baptiste Henri Lacordaire)

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    25/12/2017, 10:40

Darth Dyvah escreveu:
Eu ando pensando em reconsiderar minha assexualidade, fico pensando que meu desinteresse em sexo possa ter relação com ser uma transsexual não operada, ou seja, quando eu tiver meu corpo condizendo com o que há em minha mente eu vou começar a querer transar como qualquer pessoa, sacas?
No seu caso específico, faz sentido (essa possível reconsideração).

Darth Dyvah escreveu:
O que quero dizer com isso, ora. Você deve procurar saber do que gosta, e principalmente do que não gosta e isso só vai saber fazendo. Entende meu ponto? buscando conforto antes de prazer, no minimo, para saber se realmente gosta.
Não é bem assim... sou hetero e não precisei sair com alguém do mesmo sexo para ter certeza de que só me sinto atraído por mulheres (logo, uma experiência homossexual iria contra a minha natureza). Ao ler o relato da Gabes, a impressão que tive foi de que a curiosidade que surgiu foi mais em decorrência do que outras pessoas disseram (para ela) do que por uma vontade dela de transar (vide trechos que destaquei anteriormente).

Darth Dyvah escreveu:
Não se aplica em todos os casos, mas não tem como saber se você gosta de certo tipo de comida se você não experimentar.
Não se aplica a todos os casos, como vc disse.
Vou dar um exemplo: Nattō. Vc já provou? Eu nunca, e nem pretendo. O cheiro já me deixa com ânsia de vômito. Não precisei experimentar para saber que não tenho a menor vontade de fazer isso (e provavelmente vomitaria mesmo se colocasse tal alimento na boca)...
Conforme comentei acima, com relação ao sexo, SE um dia a autora do tópico sentir atração por alguém e estiver convicta de que deseja praticar, tudo bem. piscando Caso contrário, não precisará experimentar para ter a certeza de que não gosta.
Fui administrador/moderador de algumas das maiores comunidades sobre relacionamentos/sexualidade no Orkut, e cansei de ver garotas falando sobre os medos da primeira vez; algum tempo depois muitas delas voltaram (às comunidades) e algumas falaram sobre o arrependimento (por terem feito sexo).
Sendo mais específico: dor, sangramento, gravidez indesejada/DSTs, possível abandono do companheiro após o ato, etc. Valem a pena os riscos? Deve-se pensar bem antes (principalmente no caso das mulheres), para se evitar decepções depois.

Darth Dyvah escreveu:
O problema desse discurso identitário, Romântico, é que você não tem certeza se depois de se afirmar algo vai passar por alguma experiência que mude sua perspectiva sobre si mesmo, isso é algo que qualquer pessoa de qualquer sexualidade passa. Pra mim isso é tapar o sol com peneira, mas cada um que sabe de si. Se a pessoa não quer ter alguma experiência com sexo, não tem como obrigar. Mas é importante refletir sobre o que nos apoiamos pra nos justificarmos como tais.
Concordo que podemos passar por uma experiência que mude nossa perspectiva sobre nós mesmos.
E se ela (Gabes) achar que deve tentar, ótimo, minha intenção é a de ajudar (e acredito que a sua também seja, apenas discordamos em alguns aspectos). sorrindo
Expus meu ponto de vista para que a Gabes analise bem os prós e contras antes de tomar sua decisão.

Gabes escreveu:
obrigada Darth Dyvah, Karine, Romântico, pelos pontos de vista expostos, irei pensar melhor, sinto que isso foi por causa do assunto do meu amigo, entendo que realmente posso tentar e tbm sei que não preciso provar para os outros a minha assexualidade, apenas preciso me compreender melhor. São muitas maneiras de experienciar atrações com diferentes tipos das mesmas e sei que uma hora ou outras elas poderão se manifestar.
Não tem de que, Gabes. sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vk.com/megasenaminhavida
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    26/12/2017, 04:09

Darth Dyvah escreveu:
eu precisei procurar vários meios (duvidosos e cruéis, que eu tive que me submeter) para me justificar no que me identifico pra receber aprovação não só dos outros mas de mim mesma, porque não ficava satisfeita com apenas dizer que "me sinto mulher", eu precisava de algo material que me deixasse satisfeita para ter certeza do que eu sou e agora eu tenho isso depois que tudo oque vivi e experimentei.
Realmente, às vezes precisamos de algo mais concreto que nos reafirme.
Muito interessante a sua colocação do ponto de vista-trans, realmente!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    26/12/2017, 04:11

Gabes escreveu:
obrigada Darth Dyvah, Karine, Romântico, pelos pontos de vista expostos, irei pensar melhor, sinto que isso foi por causa do assunto do meu amigo, entendo que realmente posso tentar e tbm sei que não preciso provar para os outros a minha assexualidade, apenas preciso me compreender melhor. São muitas maneiras de experienciar atrações com diferentes tipos das mesmas e sei que uma hora ou outras elas poderão se manifestar.

Obrigada você por levantar a discussão. É sempre bom, a gente enriquece sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Darth Dyvah
Mestre Supremo(a)
Mestre Supremo(a)
avatar

Mensagens 2176
Inscrição 06/10/2013
Idade 28
Pensamento "starwars e comunismo"

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    26/12/2017, 13:39

Gabes escreveu:
Acho que passo muita parte do meu tempo analisando os tipos de atrações, e procurando detalhes nas pessoas que me façam gostar delas, mas não como namorado ou namorada, e sim como amigo/a. Acabo esquecendo dos relacionamentos baseados nesses tipos de afetos (beijos, afeto de forma sensual, sexual etc.). E quando aparece alguém falando isso pra min, me fez e fazia ficar preocupada. Mas depois de refletir antes e depois de ler os pontos de vistas de vocês, me abriu um leque de ideias.


Fico satisfeita que o que tenhamos dito tenha te feito pensar, isso é o mais importante. Pense bem. As possibilidades que o nosso corpo oferece são sempre infinitas, você pode dizer sim pra isso ou simplesmente não. Se disser não, tudo bem, não vai acontecer nada e vida que segue, mas se disser sim, bem, talvez você tenha outras percepções da vida ao fazer e isso vai te tornar melhor. Qualquer coisa que você faça na vida, seja boa ou ruim, vai te tornar melhor. Tenha isso em mente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://comdoisene.tumblr.com/
Emerson Romanski
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 112
Inscrição 02/12/2017
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    27/12/2017, 12:43

Eu concordo um pouco com o Romantico, o fato de você não ter interesse agr já te pode fazer assexual, mas mesmo assim assexuais não precisa obrigatoriamente não-transar ou isso ou aquilo, lembre que é só uma maneira de classificar e melhorar o entendimento. Se você não tem interesse em fazer certas coisas, sinceramente não acho que deva se obrigar, honestamente eu acho bom tentar mas teria q ser com alguém de confiança, que não vá te obrigar a nada e fazer merda.
Eu passo pelo mesmo que tu, Gabes, só que em relação a namoros, vejo com muito maus olhos e fico "Será q eu deveria tentar namorar? Vale a pena namorar alguém só por namora mesmo não estando se quer apaixonado? Vale a pena esperar alguém que goste?"
Acho q eu me arrependeria de namorar, mas seria interessante tentar pq sem tentar como saberia se dá certo.
Ou seja não deva fazer o que tu não quer e se for fazer só faça se sentir confortável e totalmente de acordo com isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabes
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 57
Inscrição 22/05/2017
Idade 19
Pensamento Contemple sua originalidade.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    27/12/2017, 17:43

Isso mesmo Emerson, as vezes penso assim tbm em relação a namoros. Mas eu tenho algumas pessoas ao meu lado que me faz esquecer isso.
É tão estranho como isso é cobrado na nossa sociedade, e muitas pessoas só fazem pra estar dentro desse limite. E acaba levando, quem não interesse em namorar ou fazer sexo, a ficar meio perdido, mesmo que você não veja em você essa necessidade, são sempre coisas externas que te fazem chegar nesse estado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emerson Romanski
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 112
Inscrição 02/12/2017
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    31/12/2017, 21:16

Gabes escreveu:
É tão estranho como isso é cobrado na nossa sociedade, e muitas pessoas só fazem pra estar dentro desse limite.
Cara, eu chego a dizer que o numero real de assexuais é muuuito maior, porque pensa: todas as mulheres, e até homens também, que são/foram forçados a casar, transar e ter filhos numa idade tão jovem que não entende direto o que é sexo, ter filhos, relacionamentos e não entende a si mesmo(porra, tenho 24 anos e não sei de nada rsrs), pode até dizer que muitas mulheres foram estrupadas(a BBC Brasil fez um artigo sobre casamentos infantis falando disso), ai crescem sem muito interesse em sexo, tem só um interesse no relacionamentos romanticos, isso quando tem.
Até hj tenho isso de "tenho q transar, estou sozinho em casa tenho q chamar uma mina e comer ela", mas também cresci com meus amigos falando disso, assistindo filmes alá American Pie, isso entra tanto na cabeça e a gente fica "Estranho, esse pensamento não parece eu, mas esta aqui há tanto tempo que acho q foi eu que pensei nisso livremente, mas ainda assim não parece pensamento meu"
É foda, rsrs.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    2/1/2018, 00:52

Emerson Romanski escreveu:
"Estranho, esse pensamento não parece eu, mas esta aqui há tanto tempo que acho q foi eu que pensei nisso livremente, mas ainda assim não parece pensamento meu"
É foda, rsrs.
EXATAMENTE ASSIM! KKKK


Última edição por Romântico em 2/1/2018, 20:01, editado 1 vez(es) (Razão : Correção de quote (a citação feita pela Karine foi de mensagem do Emerson, e não da Gabes))
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ace Ventura
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 318
Inscrição 28/06/2017
Idade 23
Pensamento Meta de vida: ser útil.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    10/1/2018, 15:35

Gabes escreveu:
Recentemente aconteceu de um amg do grupo se assumir para os pais sobre ser gay e o irmão dele começou: "É pq vc não tentou com uma mulher de vdd". Esse tipo de comentário me faz pensar que eu não seja assexual porque não experimento o sexo pra confirmar. E eu não entendo porque fico com esse sentimento, se eu não sinto nem vontade de experimentar.

Existem mulheres de verdade, e mulheres de mentira? Isso é falacioso: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia_do_escoc%C3%AAs_de_verdade .

Se você quer experimentar transar e ver se gosta, experimente. Depois conte o que achou. Mas se você não tem vontade, qual o sentido? Você não está só cedendo à pressão social?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ace Ventura
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 318
Inscrição 28/06/2017
Idade 23
Pensamento Meta de vida: ser útil.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    10/1/2018, 15:45

Darth Dyvah escreveu:
O que quero dizer com isso, ora. Você deve procurar saber do que gosta, e principalmente do que não gosta e isso só vai saber fazendo.
[...]
Não se aplica em todos os casos, mas não tem como saber se você gosta de certo tipo de comida se você não experimentar.

Nem todo conhecimento é obtido de forma experimental, empírica. Alguns podem ser de forma hipotética, especulativa, teórica. Você precisa beber soda cáustica para ter certeza de que beber soda cáustica seria ruim para você?

Darth Dyvah escreveu:
O problema desse discurso identitário, Romântico, é que você não tem certeza se depois de se afirmar algo vai passar por alguma experiência que mude sua perspectiva sobre si mesmo, isso é algo que qualquer pessoa de qualquer sexualidade passa.

Não é possível adivinhar o que pode acontecer na vida de uma pessoa, mas não é viável ficar esperando para sempre para resolver os problemas existentes no presente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabes
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 57
Inscrição 22/05/2017
Idade 19
Pensamento Contemple sua originalidade.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    17/1/2018, 14:15

"Existem mulheres de verdade, e mulheres de mentira? Isso é falacioso: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia_do_escoc%C3%AAs_de_verdade . "

Isso que ele disse Ace Ventura, foi meio que uma maneira de dizer que aquela mulher não sabia fazer sexo pra agradar o homem que no caso era meu amigo. Eu tbm não entendo isso, faz parecer que mulher que não é boa na cama é menos mulher e toda aquela coisa que acabam dizendo: Se não faz isso não é (homem/mulher) de verdade. Aquelas coisas ridículas pra fzr vc provar se vc é ou não de tal forma.

"Nem todo conhecimento é obtido de forma experimental, empírica. Alguns podem ser de forma hipotética, especulativa, teórica. Você precisa beber soda cáustica para ter certeza de que beber soda cáustica seria ruim para você?"

justamente, eu costumo ser a pessoa que leva tudo pro lado da reflexão pra saber se realmente vale a pena, mesmo que pra isso eu precise pesquisar com as pessoas. No geral, eu não tenho interesse em sexo, na vdd não consigo me imaginar nessa situação, mas consigo imaginar pessoas demonstrando seu afeto/carinho/seus contato sensuais, até aí beleza, e se aparecer algo como o "climão" pq nem isso eu consigo perceber tão bem, aí deixo de imaginar as duas pessoas e pronto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ste S
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 16
Inscrição 02/01/2017
Idade 19
Pensamento In the end, we'll all become stories.

MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    19/1/2018, 02:10

Passo pela mesma situação. Cheguei a me aceitar e a falar para algumas amigas e alguns parentes, mas sempre bate aquela dúvida. No meu caso, já tentei fazer algumas vezes, mas nunca consegui ir até o final, além de não sentir desejo, sinto uma repulsa. Mesmo assim, ainda tenho dúvidas às vezes, do tipo "talvez possa surgir alguém que me faça ter vontade". A mesma coisa com relacionamentos românticos, eu acho que sou arromântica, pois nunca gostei de ninguém para namorar, fico pensando "pode ser que ainda me apaixone por alguém", mas quando eu gosto de alguma pessoa, gosto apenas na amizade. Já pensei em tentar namorar alguém para ver se eventualmente eu passe a gostar dela, mas sei que não vai passar de um pensamento, gosto muito de estar sozinha.
Apesar das dúvidas (que estão mais raras atualmente), não tento mais me forçar a nada, nem a fazer sexo, nem a gostar de alguém, já me frustrei muito com isso. Não forçar mais me deixou muito mais feliz e espero continuar na aceitação. Mas, isso que eu sinto pelo menos. Não acho que forçar ajude, pois todas as minhas amigas que gostam de sexo, por exemplo, já sentiam vontade antes de fazer.
Tem assexuais que fazem sexo para agradar o parceiro, mas se você não pretende ter um relacionamento romântico também, acho que forçar não é a resposta. O melhor caminho é a aceitação e, se algum dia você tiver vontade de fazer, aí sim você faz.
Pelo menos é o que eu penso, se você acha que vai ser uma boa experiência, mesmo no final não gostando do ato, mas achar que a experiência valeu a pena, tudo bem. Pode tentar também e ver até onde se sente confortável (que foi o que fiz), se quiser parar em algum momento, não tem problema, pelo menos me ajudou a ver que realmente não quero sexo. No final, você quem decide o que vale a pena para você.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Um pequeno desabafo sobre real aceitação    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Um pequeno desabafo sobre real aceitação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Dúvida sobre vitrines
» Falar sobre mim(filipao3)!
» Força sobre-humana / Super-força
» Chrono Trigger - Figurinhas Repetidas(Preciso dessas figurinhas)
» [Imagens] Miro e Shaka OCE

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-