InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Assexualidade: O próximo passo da evolução humana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   31/7/2017, 13:54

Eai pessoas, tenho pensado nisso ha um tempo, e nao tive oportunidade boa pra comentar, entao resolvi postar num tópico. É algo meio de ficçao cientifica, mas que faz algum sentido se parar pra pensar. Entao vamos ao que interessa:
Seria a assexualidade o proximo passo lógico da evolução? Pensem bem, a humanidade dominou o planeta por sua inteligencia, que sobressai a qualquer outro ser vivo conhecido. Entre os hominideos e os primeiros homo sapiens, a força e a resistencia fisica eram fundamentais para a sobrevivencia, mas o que realmente separava os humanos dos outros animais era a inteligencia, a capacidade de se comunicar com eficiencia e de criar ferramentas. 
E com o tempo a caracteristica da inteligencia foi se impondo cada vez mais como a principal, a mais importante, e hoje, apesar de muitos ainda nao perceberem ou ignorarem, é a caracteristica mais fundamental da humanidade. Nao precisamos nascer grandes, rapidos e fortes para sobreviver, e nem tao saudaveis assim. A medicina cada vez avança mais, e podemos ser curados ou conviver com um numero cada vez maior de doenças, sindromes, etc. Nao precisamos caçar ou plantar todos os dias para viver, e a habilidade fisica é cada vez menos necessaria, é possivel passar a vida inteira sem se envolver em uma briga, e ainda assim passar nossos genes adiante, disputas violentas por direitos de reproduçao são para os animais irracionais (apesar de acontecer entre humanos, são desnecessarias).
Vivendo em sociedade, ter sucesso nao é ser o mais forte, que se reproduz com mais eficiencia, mas temos outras formas de sucesso, de progredir socialmente, e a inteligencia é quase sempre uma caracteristica fundamental, para ter um bom emprego e uma vida estavel, por exemplo, geralmente é mais vantajoso ter uma boa inteligencia do que um bom porte físico. É claro que ainda existem muitas excessões e pela mentalidade atual da nossa sociedade, a beleza e a boa forma física ainda vão ser algo muito importante por muito tempo, mas e no futuro um pouco mais distante? É aí que entra a assexualidade.
Se continuarmos nesse caminho, valorizando cada vez mais os dotes mentais e menos os físicos, um dia esses quase não terão importância. Pessoas de sucesso na vida, nao necessariamente bonitas ou fortes, terão mais chances de se reproduzir, e mais vezes (pois poderão sustentar mais filhos). E se um dia a reprodução artificial for possível e segura, não haveria mais necessidade de encontrar parceiros sexuais, e assexuais poderiam se reproduzir tanto quanto alossexuais. Num cenário como esse, em que parceiros sexuais são desnecessarios, e é mais facil ter e criar filhos tendo uma vida minimamente bem sucedida, assexuais se destacariam, pois dedicamos nossas vidas integralmente à outras atividades, que não o sexo ou a busca por parceiros sexuais (vale dizer que os arromanticos se destacariam ainda mais, ja que tambem nao procuram relacionamentos romanticos). Não seria algo notavel no primeiro momento, levaria dezenas de geraçoes para fazer uma diferença realmente significativa, pois seria um efeito evolutivo, a populaçao ace tenderia a crescer percentualmente com o tempo.
Indo ainda mais alem, e se a humanidade manipulasse a propria evoluçao? Acho bem provavel, os nazistas tentaram exterminando as "raças inferiores", varios paises da america do sul tentaram, eliminando parte da populaçao negra e trazendo imigrantes brancos, linhagens reais são um exemplo de manipulaçao da evoluçao, ja que os casamentos sao escolhidos, e nao aleatorios, etc, etc, etc. Ja manipulamos a evoluçao de incontaveis especies, milho não é natural, cachorros são descendentes de lobos, etc, etc, etc. 
Enfim, ja manipulamos a evoluçao de outras especies e tentamos manipular a nossa varias vezes. Nao existe motivo para acreditar que isso nao vá acontecer denovo, só acredito que seria por meios mais pacificos, como engenharia genética. Imaginem escolher a aparencia e as principais caracteristicas de alguem antes de nascer? Isso pode ser possivel em nem tanto tempo assim. E se a humanidade reconhecesse a existencia da assexualidade, e fosse capaz de reproduzi-la geneticamente? Em um mundo onde a reproduçao artificial é mais segura e vantajosa do que a natural, por que criar alguem que tenha interesse sexual? Se sexo não é necessario para viver, nem para reproduzir, nao seria melhor para os novos humanos nao sentirem necessidade dele? Sim, seria, e assim os aces dominariam o mundo, rsrsrs.
Resumindo, o que eu quis dizer é que, se nós manipularmos nossa própria evoluçao, provavelmente vamos escolher ser uma sociedade assexual. E se não o fizermos, pelo rumo que estamos tomando, é bem possível que nos tornemos uma em algum momento, ou seja, o futuro é nosso, os aces vão dominar o mundo de um jeito ou de outro kkkk
Uma ultima informaçao que nao achei lugar melhor para colocar: pessoas mais inteligentes parecem ter menos interesse sexual. Nao sei se é impressao minha, mas parece que quanto maior o QI de alguem, maior a chance de nao sentir interesse em outras pessoas, seja afetivo, sexual ou simplesmente social. Será que o estereótipo do genio antissocial é só um estereótipo mesmo, ou tem um fundo de verdade? Pra mim parece ter...
Isso é tudo, respondam se quiserem, digam o que acharam dessa minha viajem. Li em algum lugar que superdotados e genios muitas vezes tem uma grande capacidade de "prever o futuro", de saber que rumos a sociedade vai tomar (por isso muitos ficam conhecidos como pessoas "a frente de seu tempo", e ao que tudo indica sou superdotado, entao... vai que eu tô certo sobre a dominação ace kkkk. Adoraria saber o que voces pensam sobre dominar o mundo, vamos deixar acontecer naturalmente, ou vamos nos juntar e fazer isso logo? Kkkkk. Eu digo que um dia o mundo sera dos aces, só não sei quando nem como, pode ser daqui a muito tempo, naturalmente, ou pode nao demorar tanto, os aces do mundo podem se cansar dessa sociedade que só pensa em sexo, se revoltar e tomar o poder na marra kkkkk.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 985
Inscrição 30/03/2015
Idade 20
Pensamento When you lose small mind you free your life

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   1/8/2017, 02:12

MK 35 escreveu:
Eai pessoas, tenho pensado nisso ha um tempo, e nao tive oportunidade boa pra comentar, entao resolvi postar num tópico. É algo meio de ficçao cientifica, mas que faz algum sentido se parar pra pensar. Entao vamos ao que interessa:
Seria a assexualidade o proximo passo lógico da evolução?


A evolução não tem passos lógicos. O ambiente vai mudando e os seres que melhor se adaptam continuam a existir.


MK 35 escreveu:
Pensem bem, a humanidade dominou o planeta por sua inteligencia, que sobressai a qualquer outro ser vivo conhecido. Entre os hominideos e os primeiros homo sapiens, a força e a resistencia fisica eram fundamentais para a sobrevivencia, mas o que realmente separava os humanos dos outros animais era a inteligencia, a capacidade de se comunicar com eficiencia e de criar ferramentas. 
E com o tempo a caracteristica da inteligencia foi se impondo cada vez mais como a principal, a mais importante, e hoje, apesar de muitos ainda nao perceberem ou ignorarem, é a caracteristica mais fundamental da humanidade. Nao precisamos nascer grandes, rapidos e fortes para sobreviver, e nem tao saudaveis assim. A medicina cada vez avança mais, e podemos ser curados ou conviver com um numero cada vez maior de doenças, sindromes, etc. Nao precisamos caçar ou plantar todos os dias para viver, e a habilidade fisica é cada vez menos necessaria, é possivel passar a vida inteira sem se envolver em uma briga, e ainda assim passar nossos genes adiante, disputas violentas por direitos de reproduçao são para os animais irracionais (apesar de acontecer entre humanos, são desnecessarias).


Isso num local relativamente desenvolvido e pacífico e com acessoa medicina, o que não é o caso em muitos lugares do mundo.


MK 35 escreveu:
Vivendo em sociedade, ter sucesso nao é ser o mais forte, que se reproduz com mais eficiencia, mas temos outras formas de sucesso, de progredir socialmente, e a inteligencia é quase sempre uma caracteristica fundamental, para ter um bom emprego e uma vida estavel, por exemplo, geralmente é mais vantajoso ter uma boa inteligencia do que um bom porte físico. É claro que ainda existem muitas excessões e pela mentalidade atual da nossa sociedade, a beleza e a boa forma física ainda vão ser algo muito importante por muito tempo, mas e no futuro um pouco mais distante? É aí que entra a assexualidade.

OK.


MK 35 escreveu:
Se continuarmos nesse caminho, valorizando cada vez mais os dotes mentais e menos os físicos, um dia esses quase não terão importância. Pessoas de sucesso na vida, nao necessariamente bonitas ou fortes, terão mais chances de se reproduzir, e mais vezes (pois poderão sustentar mais filhos). E se um dia a reprodução artificial for possível e segura, não haveria mais necessidade de encontrar parceiros sexuais, e assexuais poderiam se reproduzir tanto quanto alossexuais.


Imagino que você tenha pensado em algo relativamente simples, não muito caro e com altas chances de sucesso, certo ? Pois já existem métodos de reprodução assistida atualmente, como inseminação artificial e fertilização in vitro, o problema é que os custos podem ir de R$ 2.000 até R$ 20.000, ou mais, e as chances de sucesso são menores que 50%.


MK 35 escreveu:
Num cenário como esse, em que parceiros sexuais são desnecessarios, e é mais facil ter e criar filhos tendo uma vida minimamente bem sucedida, assexuais se destacariam, pois dedicamos nossas vidas integralmente à outras atividades, que não o sexo ou a busca por parceiros sexuais (vale dizer que os arromanticos se destacariam ainda mais, ja que tambem nao procuram relacionamentos romanticos).


Mas nem por isso essas atividades são produtivas, ou algo que faria alguém se destacar.


MK 35 escreveu:
Não seria algo notavel no primeiro momento, levaria dezenas de geraçoes para fazer uma diferença realmente significativa, pois seria um efeito evolutivo, a populaçao ace tenderia a crescer percentualmente com o tempo.
Indo ainda mais alem, e se a humanidade manipulasse a propria evoluçao? Acho bem provavel, os nazistas tentaram exterminando as "raças inferiores", varios paises da america do sul tentaram, eliminando parte da populaçao negra e trazendo imigrantes brancos, linhagens reais são um exemplo de manipulaçao da evoluçao, ja que os casamentos sao escolhidos, e nao aleatorios, etc, etc, etc. Ja manipulamos a evoluçao de incontaveis especies, milho não é natural, cachorros são descendentes de lobos, etc, etc, etc. 
Enfim, ja manipulamos a evoluçao de outras especies e tentamos manipular a nossa varias vezes. Nao existe motivo para acreditar que isso nao vá acontecer denovo, só acredito que seria por meios mais pacificos, como engenharia genética. Imaginem escolher a aparencia e as principais caracteristicas de alguem antes de nascer? Isso pode ser possivel em nem tanto tempo assim.


Na verdade algumas coisas nesse sentido já são possíveis, mas são, tipo, contra todos os manuais de ética do mundo. Justamente por causa de ideias como as do nazismo de eliminar as raças inferiores e privilegiar a raça superior, na visão deles. Além de provavelmente ir contra os dogmas da maior parte das religiões, por interferir na criação divina e essas coisas. Enfim, acho que só num futuro distante isso seria algo a realmente ser levado em consideração.


MK 35 escreveu:
E se a humanidade reconhecesse a existencia da assexualidade, e fosse capaz de reproduzi-la geneticamente?



Hm, mas para isso ser possível, a sexualidade teria que ser 100% genética, o que não é conclusivo até hoje. Se for algo resultado também de causas ambientais isso já não daria certo.


MK 35 escreveu:
Em um mundo onde a reproduçao artificial é mais segura e vantajosa do que a natural, por que criar alguem que tenha interesse sexual? Se sexo não é necessario para viver, nem para reproduzir, nao seria melhor para os novos humanos nao sentirem necessidade dele? Sim, seria, e assim os aces dominariam o mundo, rsrsrs.
Resumindo, o que eu quis dizer é que, se nós manipularmos nossa própria evoluçao, provavelmente vamos escolher ser uma sociedade assexual. E se não o fizermos, pelo rumo que estamos tomando, é bem possível que nos tornemos uma em algum momento, ou seja, o futuro é nosso, os aces vão dominar o mundo de um jeito ou de outro kkkk



Acho que os únicos que escolheriam criar uma sociedade assexual seriam os próprios assexuais. Um exemplo: o paladar é importante para sabermos se uma comida não está estragada, ou tenha algo que nos faça mal, então sentir o sabor doce não é essencial, assim também poderíamos retirar a capacidade de sentir o sabor doce dos futuros humanos. Mas para que fazer isso ? É melhor continuar a deixar as pessoas sentirem o prazer que é comer um doce. Assim como é melhor deixar as pessoas com atração sexual/libido, já que é algo que não faz mal*, e é um prazer para a maioria, assim como os doces.


MK 35 escreveu:
Uma ultima informaçao que nao achei lugar melhor para colocar: pessoas mais inteligentes parecem ter menos interesse sexual. Nao sei se é impressao minha, mas parece que quanto maior o QI de alguem, maior a chance de nao sentir interesse em outras pessoas, seja afetivo, sexual ou simplesmente social. Será que o estereótipo do genio antissocial é só um estereótipo mesmo, ou tem um fundo de verdade? Pra mim parece ter...


Como já falei antes, em outros tópicos, ser 'inteligente' é algo bem vago. E testes de QI só mostram uma pequena faceta da inteligência humana.


MK 35 escreveu:
Isso é tudo, respondam se quiserem, digam o que acharam dessa minha viajem. Li em algum lugar que superdotados e genios muitas vezes tem uma grande capacidade de "prever o futuro", de saber que rumos a sociedade vai tomar (por isso muitos ficam conhecidos como pessoas "a frente de seu tempo", e ao que tudo indica sou superdotado, entao... vai que eu tô certo sobre a dominação ace kkkk. Adoraria saber o que voces pensam sobre dominar o mundo, vamos deixar acontecer naturalmente, ou vamos nos juntar e fazer isso logo? Kkkkk. Eu digo que um dia o mundo sera dos aces, só não sei quando nem como, pode ser daqui a muito tempo, naturalmente, ou pode nao demorar tanto, os aces do mundo podem se cansar dessa sociedade que só pensa em sexo, se revoltar e tomar o poder na marra kkkkk.

Olha, achei interessante seus pensamentos. Mas acho que tudo isso envolve uma sociedade funcional demais, algo que eu só vejo possível numa ditadura tecnocrática. Não vejo uma vantagem suficiente para transicionar toda a sociedade para a assexualidade.
Ah, desculpe se eu contradisse praticamente tudo que você falou. Faço isso, às vezes. Mas pode ser bom para você pensar em coisas diferentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   1/8/2017, 13:24

Fernando, nao vou te citar, porque da muito trabalho inserir textos no meio das citaçoes (e eu sou preguiçoso). Entao, para cada comentario que vc fez, vou dar um numero e aqui vao as respostas:

1-Com passo logico da evoluçao, nao quis dizer que a evoluçao segue a logica, só que esse é um caminho para ela com boa probabilidade de acontecer.
2-De fato muitos lugares do mundo nao tem isso hoje, estou considerando que essa é a direçao que o mundo esta tomando, esse estilo de vida esta ficando cada vez mais comum, e a tendencia é que se torne global.
3-Nada a dizer.
4-Sim, estou falando de algo bem futurista, um método seguro, simples, barato, e que poderia ser feito em massa, nada comparado ao que se tem hoje. Seria, por exemplo, criar bebes de laboratorio em uteros artificiais. Algo muito distante, mas possivel.
5-Nao necessariamente sao produtivas, realmente, mas num contexto geral, muitos se dedicariam à atividades produtivas, e como eu disse logo em seguida, nao seria algo imediato, pra fazer uma diferença significativa levaria dezenas de geraçoes, talvez mais. Nem todos os aces se destacariam, talvez a maioria nao, mas seria um grupo com probabilidade maior de ter individuos que se destaquem, e após muito, muito tempo, isso faria alguma diferença.
6-Sim, é algo para o futuro distante, hoje há muitos impedimentos éticos a respeito. Mas ética é muito relativa, e muda muito com o tempo, o que hoje é certo amanha pode ser errado e vice versa. O que prevalece é o que parece fazer sentido na época, hoje temos exemplos ruins como esses que nos impedem de tentar algo do tipo. Mas acho razoavel pensar que algum dia vamos tentar fazer isso mais uma vez, podemos começar tentando curar doenças geneticas, por exemplo, e o tabu sobre manipular os genes humanos se enfraqueceria. Com o tempo é plausivel que tentemos "melhorar" nossa especie, aumentar nossa resistencia à ambientes adversos, nossa eficiencia para as atividades do dia a dia, e assim vai...
7-É, tem esse fator, tinha esquecido na hora de escrever, nao sabemos se é só genética... Mas provavelmente é, ao menos em parte, nao faria sentido ser algo totalmente ambiental, entao provavelmente ainda seria possivel criar pessoas com grande possibilidade de serem aces.
8-Primeiramente, estou levando em conta que nesse tempo a assexualidade seria largamente reconhecida, e quase todos entenderiam que alguem nessa condiçao nao sente falta da atraçao sexual, entao ninguem (ou quase) ficaria com pena de alguem por nao tê-la. Tirar a capacidade de sentir o doce realmente nao tem motivaçao aparente, mas tirar a atraçao sexual e o libido, teria como motivo a grande quantidade de tempo que uma pessoa gasta satisfazendo esses desejos. Vale dizer que estou falando de criar aces sem libido tambem, porque com ou sem parceiro, satisfazer o libido demanda tempo e energia. Todo o tempo que uma pessoa gasta satisfazendo o libido poderia ser usado para atividades mais produtivas para ela mesma e para a humanidade, afinal sem a necessidade da reproduçao natural, sexo nao tem sentido alem do prazer em si. Eu sei que isso é demasiadamente lógico, e a sociedade não evolui de maneira lógica, ao menos em primeira instancia. Mas se pararmos para analisar, existe sim algum sentido na evoluçao social, como exemplo temos a historia da violencia entre grupos humanos. No inicio os humanos viviam em pequenos grupos, que brigavam entre si, grupos maiores foram se formando, e estes brigavam entre si, até que chegamos ao ponto em que estamos hoje, onde temos grupos enormes, que muitas vezes brigam entre si. Disputas causam perdas de ambos os lados, e viver pacificamente uns com os outros sempre fez mais sentido do que competir, desde os grupos familiares dos primeiros humanos até os países atuais. Mesmo assim nossa natureza competitiva nos coloca frequentemente um contra o outro, e essa influência nos impediu de seguir o caminho mais lógico, de convivencia pacifica universal, desde o inicio. Ainda assim, um dia podemos chegar lá. Os grupos cada vez maiores foram surgindo porque um grupo maior tem mais chances de se impor sobre os demais, conseguindo a paz para si, mas a paz final só chegará quando houver um único grupo, que englobe toda a humanidade. Se a lógica fosse um caminho reto, o caminho que a humanidade percorre seria um zigue zague que passaria diversas vezes por esse caminho, e embora se afastasse em alguns momentos, estaria indo na mesma direçao. Ou seja, formar grupos maiores não é exatamente o caminho lógico para se chegar ao formato ideal, de um único grupo, mas é um caminho que um dia vai dar no mesmo lugar. O que eu quero dizer com tudo isso é que ninguem pensaria "criar humanos assexuais faz sentido para o bem da humanidade, agora todos tem que fazer isso" e de repente tudo mudaria, nao seria assim. Seria algo muito gradual, primeiramente, estou falando de um futuro longinquo onde satisfazer o libido perdeu boa parte do sentido, onde sexo não é necessario para a reproduçao, e as pessoas poderiam pensar: "se eu nao tivesse que transar, poderia fazer outra coisa...". Parece irreal hoje, porque a maioria esmagadora vê a sexualidade como algo extremamente fundamental, e que é impossivel viver sem ela, mas nós aqui sabemos que não é, e nesse mundo do futuro, quase todos saberiam. Repetindo, seria gradual, nao ia todo mundo começar a pensar assim do nada, mas esse é o caminho lógico, deixar de lado algo desnecessario (aqui abre espaço para interpretaçao, para mim esse é o caminho lógico, mas é perfeitamente aceitavel não concordar com isso), e como tal, mesmo que nao o seguíssemos à risca, uma hora chegaríamos lá.
9-Nao quis dizer só relativo ao QI, mas à inteligencia em geral, só disse QI pra nao repetir inteligencia, mas o que eu quis dizer é que parece que quanto mais inteligente alguem é, maior a chance de nao ter interesse nos outros. E realmente é bem vago, nao quis ser preciso nesse caso, é mais uma curiosidade aleatoria que eu tenho.
10-Como ja disse antes, a sociedade não segue um caminho lógico, mas vai na mesma direçao. Considero essa uma situaçao possivel no longuissimo prazo, muita coisa aconteceria no caminho, e até lá não pareceria tão funcional assim, nao se faria isso porque é o melhor para a humanidade, mas por ser o melhor para a humanidade, acabaria acontecendo. E tenho que ressaltar que tudo isso foi só viajem da minha cabeça, nao estou fazendo profecias ou ditando o futuro do mundo, só estava pensando sobre e acabei chegando nisso. E eu fiquei feliz com voce ter discordado de mim, acho muito mais produtivo o contato com pessoas que pensam diferente do que parecido, afinal, pra que eu vou querer alguem que diga exatamente o que eu ja estou pensando? Gosto de conhecer pontos de vista diferentes do meu, porque assim eu posso repensa-lo, muda-lo ou aperfeiçoa-lo, nunca vou chegar a uma verdade absoluta, mas quero chegar o mais perto possivel dela. Quero um ponto de vista que se aplique às mais diversas situaçoes, que seja digno de defesa e possa interagir com outros sem demonstrar fragilidade. Sou apenas um ser humano, e por mais que possa refletir sozinho, nao sou perfeito, e se nao posso enxergar todos os meus erros, posso compensar alguns permitindo que outros os vejam por mim. Entao... sim, me ajudou a ver algumas falhas nessa minha linha de raciocinio, obrigada. E foi mal se eu viajei demais nessa resposta tambem, espero nao ter ficado muito confuso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 985
Inscrição 30/03/2015
Idade 20
Pensamento When you lose small mind you free your life

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   3/8/2017, 00:20

Gostei da sua resposta. Não sei se algum dia eu chegaria em conclusões iguais às suas.
Curiosamente, hoje vi uma notícia que me fez lembrar desse tópico na hora. Pesquisadores corrigem genes defeituosos em embriões humanos
Acho que a parte que me faz começar a chegar em outras conclusões (na verdade nem cheguei em uma conclusão ainda) é a de que o libido perdeu boa parte do sentido, e que sexo não é necessário para a reprodução. Porque acho que a maioria das pessoas faz sexo só pelo prazer, não para ter filhos. Nesse sentido um método de reprodução artificial só cobriria um desses lados, e a maioria das pessoas iria continuar fazendo sexo por prazer. Passei um bom tempo lendo coisas relacionadas e esqueci o que iria escrever haha. Então, passado o ponto de que o sexo só serviria para o prazer, acho que começa a fazer sentido o que você pensou. Não haveria vantagem evolutiva para sentir prazer no sexo. Mas ao mesmo tempo isso não seria uma desvantagem. Será ? Não deixaria de ser uma atividade social.
Acho que comecei a chegar em algumas linhas de pensamento. i) Dado que, para a maioria, fazer sexo é algo prazeroso hoje, isso só deixaria de ser verdade se o contrário acontecesse, fosse algo que é pior fazer do que ficar sem - e deixar de ser necessário para se reproduzir não seria o suficiente. ii) Como não é necessário para se reproduzir, e levando em conta que a maior parte da sexualidade seja genética (o que pode não ser verdade), indivíduos aces teriam a mesma condição de passar os genes adiante, e assim o número de aces poderia aumentar, mas iii) se a assexualidade não representar uma vantagem provavelmente ela não se tornaria 'o padrão'.

Enfim, se você viajou, eu aproveitei e fui junto kkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rodrigoas9
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 109
Inscrição 22/11/2012

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   8/8/2017, 17:30

Não li toda a postagem de ambos mas vou colocar o que penso a respeito do que li.

Concordo com o MX qdo fala sobre o estereótipo do gênio antissocial, para mim isso é verdade e uma realidade pelo que observo, vejo muitas pessoas muito inteligentes com dificuldades para socializar, vejo que algumas até possuem transtornos como transtorno esquizoide, esquizofrenia, depressão e etc . Não sei se lembram de John Nash, ele apesar de ser casado tinha muita dificuldade para socializar e tinha até amigos imaginários

Concordo com o que o Fernando falou qdo disse que a inteligência é relativa e subjetiva, não sei se conhecem a teoria das inteligências múltiplas do psicólogo John Holland, acho q é esse o nome dele...alguma coisa Holland, este diz que existem vários tipos de inteligência como espacial-visual, linguística, corporal cinestésica, lógico-matemática, interpessoal e por aí vai..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alicy
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 115
Inscrição 23/05/2016
Idade 18

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   8/8/2017, 22:56

ESTE TÓPICO é interessante. Tantas coisas quero falar, mas não sei por onde começar.


1 - não me sinto muito à vontade diante desses discursos de seres humanos mais inteligentes de que os animais, nossa inteligência nos define etc. e tal, que as pessoas costumam fazer. Primeiro porque, como o Fernando apontou aí em cima, inteligência é um negócio muito vago. Além disso, não consigo conceber a ideia de que, entre 82321838092378213021838 espécies, apenas os humanos sejam superinteligentes. Deve existir várias outras espécies com nossa inteligência, ou com inteligências completamente diferentes. Os golfinhos, por exemplo. Estima-se que eles tenham uma inteligência parecida com a nossa. Os corvos também estão bem próximos porque, além de nós, eles podem criar ferramentas. Dizem que os corvos possuem uma inteligência equivalente de uma criança de 7 anos (não gosto dessa afirmação, porque existem milhares de crianças de 7 anos com inteligências completamente diferentes e em diferentes níveis). Outra coisa que também é overlooked é que os humanos também são uma das espécies mais emocionais que existem. Nossas emoções são fortes e complexas. Não somos a única espécie emocional no mundo, também - dizem que gatos também são bem emocionais...

2 - Esse tópico me fez pensar na deusa Atena, da mitologia grega: a deusa da inteligência, da sabedoria e da estratégia e provavelmente dos artigos e ensaios e bibliografias também e que, além de tudo, era assexual e arromântica. Ela não tinha interesses românticos nem sexuais. Seu relacionamento com Ulisses era inteiramente platônico. Na mitologia, ela só teve um filho, Erictônio, que praticamente nasceu da mistura de sua essência com a de Hefesto. Ela mesma nasceu de uma maneira não convencional, da cabeça de Zeus. Outra coisa interessante é também o modo como ela tem filhos em Percy Jackson e os Olimpianos. Eles nascem da mesma maneira que Atena nasceu, e são provenientes dos pensamentos divinos da deusa misturado com a engenhosidade mortal. O próprio modo como Atena se apaixona por um homem (ou mulher) é diferente dos outros deuses: philos, amor platônico. Segundo ela, a forma mais pura de amor.

3 - Outra coisa que o tópico me fez pensar é em uma ideia que eu tive para um livro uma vez: seres humanos transgênicos com "poderes" especiais. Fico imaginando que, na famosa área 51, cientistas clandestinos que trabalham para os EUA ou outra grande potência estão desenvolvendo embriões a partir da engenharia genética, criando essas pessoas e treinando-as para fazerem parte do exército, serem armas de combate. Basicamente criadas para a guerra. Ainda não sei contra o quê - uma defesa contra o Estado Islâmico, talvez. Ou outra razão que os EUA estejam ocultando. Poderíamos formar um grupo de autores e escrever algo assim - o que acham? Só avisando que na minha cabeça são adolescentes os personagens principais, logo poderia ser uma literatura YA (tirando a parte do romance - não gosto de romance).

4 - Na verdade é Howard Gardner, Rodrigo, não John Holland rindo muito Eu adoro essa teoria. Traz uma visão mais ampla de inteligências. Até hoje não sei qual é minha inteligência predominante. Mas eu gostaria de saber. Por falar nisso, adoro testes de personalidade rindo muito


5 - Essa é mais pessoal: provavelmente sou superdotada. Eu me identifico com as características (envolvimento com a tarefa, "altos viajões", perfeccionismo, overexcitabilidade etc.). Meu QI é 136 - ele varia entre 129 e 141, ou pelo menos foi esse o resultado no segundo teste (no primeiro teste deu 147, mas eu o fiz há uns sete anos atrás). E eu sou bem acanhada. Sou o estereótipo nerd ambulante, para falar a verdade (até óculos eu uso!) -, mas na sala de aula eu consigo responder a maioria das respostas e me manifestar sobre o assunto. Tiro notas altas, mesmo sem estudar (porque estudar é chato). Faço mais amizade com os professores. Sou assexual e arromântica. Ah, e eu amo Star Wars (e Percy Jackson, e Avatar o desenho, não o filme, etc.) Não tenho amigos da minha idade. Não quero parecer convencida, mas a maioria parece que não consegue me acompanhar (bem, é o que eles dizem). Eu penso rápido demais e etc. e tal (como as pessoas conseguem pensar devagar???). E as pessoas simplesmente estão o tempo todo pensando em assuntos fúteis: namoro, sexo, namoro, sexo, o cabelo da fulana, o carro do ciclano, namoro, sexo, fofoca, fofoca, fofoca, namoro, sexo... bem, você entendeu. Nem sobre meus grandes fandoms consigo conversar direito. Eu quero falar sobre Percy Jackson, mas a pessoa só fala de Percabeth, Percabeth, Percabeth, ship ship ship o tempo todo (resumindo: mais namoro)... eu quero falar de Avatar, mas a pessoa acha que é só mais um anime... e eu quero falar de Star Wars, mas a pessoa ou nunca assistiu, ou não gosta, ou duvida que eu sou fã, ou só fala da trilogia original e fala que as prequels são um lixo e nada mais *sigh*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rodrigoas9
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 109
Inscrição 22/11/2012

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   9/8/2017, 00:05

Oi Alicy, sim é Howard Garner mesmo! kkkk me confundi com outra teoria vocacional do John Holland q é parecida com esta kkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hinagiku
Sabido(a)
Sabido(a)
avatar

Mensagens 316
Inscrição 18/05/2016
Idade 39
Pensamento "Tudo é Um e Um é Tudo"

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   9/8/2017, 23:48

Sobre como a humanidade evolui, e da evolução das espécies; lembrei-me de uma reportagem q li sobre o efeito nefasto q os antibióticos estão deixando as doenças mais dificeis de serem curadas nos tratamentos. As pessoas estão usando tantos antibióticos q as bactérias estão se tornando mais resistentes a eles!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rodrigoas9
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 109
Inscrição 22/11/2012

MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   10/8/2017, 20:06

eu tbem acho que as pessoas não conseguem me acompanhar Alicy, as vezes acho q tenho que ser mais devagar para acompanhar o ritmo delas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Assexualidade: O próximo passo da evolução humana   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Assexualidade: O próximo passo da evolução humana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Assexualidade-