InícioGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Descobrindo-me Demi aos 30

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
davilfs
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
davilfs

Mensagens 1
Inscrição 20/02/2021
Idade 30

Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty20/2/2021, 21:58

Olá, gente. Me chamo Davi, sou de Recife. As coisas ainda estão confusas pra mim, mas mergulhei recentemente nesse campo da assexualidade, e tem sido um alívio pra mim ler sobre e me identificar com a demissexualidade.

Passei a vida com umas sensações de estranhamento e inadequação muito grande nos espaços de sociabilização, quando estava solteiro. Minha libido oscila bastante, e é muito difícil sentir atração sexual por alguém, sou quase que indiferente em relação a isso, não fosse uma vontade do meu racional em hipoteticamente buscar por sexo, devido á hiperssexualizacao, não sei. Mas simplesmente quando algo raramente acontece (quando alguém me "pega" na noite) sem que haja algum vínculo forte, as coisas desandam e não acontecem como ""deverião"", gerando frustração, descontentamento, etc. E nada de errado com a pessoa, apenas nao rola.

É engraçado que como tive experiências com poucas pessoas, não consigo ser muito taxativo em relação á minha vivência. O fato é que com 4 pessoas que aconteceu como relatei acima, foi muito desconfortável toda a situação. Tiveram mais talvez 2 pessoas que fluiu, porque eram muito minhas amigas, e nada muito além disso. E sinto que tive a sorte de ter 2 relacionamentos longos na vida com pessoas que eram minhas amigas e me apaixonei depois de um tempo.

Porém fora disso, não sinto tesão, não me sinto atraído pelas pessoas, e não ajo em prol disso. O engraçado é que sou lido como uma pessoa "atraente" e não sou tímido ou coisas do tipo, o que me deixam sem entender essas particularidades da minha vida sexual. E minha situação é bem discrepantes da das pessoas que me cercam, porque todos me incentivam, as situações se apresentam, e nada acontece porque fico indiferente a isso, querendo apenas conversar e conhecer as pessoas.

Bom descobrir esse campo da sexualidade está me trazendo um alívio imenso agora aos 30 anos, para me aceitar e ficar de boas com isso, e até desfazendo um pouco algumas nóias como sociofobia, medo de me encontrar em algumas situações, vontade de fugir e comecar uma vida nova, e etc, que acho que foram sendo criadas em decorrência de minha vivência.

Bom estou pesquisando muito e tentando me conhecer, vejo que no mínimo eu tenho alguns aspectos da demissexualidade bem fortes em mim. A partir disso estou tentando pensar algumas estratégias para experimentar, descobrir que tipos e profundidade de vínculos podem gerar alguma atração sexual. Fiquei com umas ideias bem vagas também de trabalhar outros campos da minha vida, e explorar o mundo também.

Fico curioso em relação ao uso de aplicativos de paquera por pessoas assexuais/demissexuais/grissexuais, como utilizá-los de um modo seguro e confortável, tendo em vista que vivemos numa sociedade machista que além de hipervalorizar o sexo joga uma carga pesada sobre a sexualidade masculina (cishetero).

Estou bastante empolgado com a comunidade e com as trocas que podem surgir aqui. E é engraçado porque mesmo sem ter nenhum contato com o campo, passei quase que 10 anos elaborando com amigos mais próximos e até no meu último relacionamento esse meu jeito particular de ser em relação ao sexo.

Um grande abraço a todos
Voltar ao Topo Ir em baixo
kahu
Aprendiz
Aprendiz
kahu

Mensagens 76
Inscrição 19/09/2020
Idade 36

Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Re: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty20/2/2021, 23:30

Saiba que você não está sozinho e tbm vivo algo bem parecido. Não fiquei com muitas pessoas em toda a minha vida e de forma íntima, da para contar nos dedos de uma mão. Sempre eram amigas ou pessoas próximas. Sempre precisei de uma ligação forte e mesmo assim nunca tive muito desejo sexual aflorado. O que ocasionava muito desgaste, frustração, cobranças e até mesmo o questionamento da minha orientação sexual por parte das parceiras.

Para algumas o desinteresse por sexo pode ser encarado como falta de amor ou rejeição a elas . Por isso que eu só fiquei com pessoas que eu conhecia muito bem mas que não eram assexuais e mesmo assim tive problemas mas tive pouco pois eu procurava não me envolver com pessoas desconhecidas ou sem vínculo emocional.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Sam
Admin
Admin
Sam

Mensagens 1366
Inscrição 03/04/2012
Idade 31

Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Re: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty26/2/2021, 00:02

Oi, Davi. Bem-vindo. fatia de bolo
Legal você estar encarando a descoberta como algo positivo. Espero que traga boas mudanças para sua vida.





"Se você ficar sozinho, pega a solidão e dança" (Três Dias, Marcelo Camelo)


https://www.assexualidade.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tiago
Sabido(a)
Sabido(a)
Tiago

Mensagens 165
Inscrição 15/02/2019
Idade 30
Pensamento "Rótulos carregam expectativas sociais e também pessoais, alimentadas pelo social." Laura Pires

Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Re: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty27/2/2021, 10:31

davilfs escreveu:
Olá, gente. Me chamo Davi, sou de Recife. As coisas ainda estão confusas pra mim, mas mergulhei recentemente nesse campo da assexualidade, e tem sido um alívio pra mim ler sobre e me identificar com a demissexualidade.

Passei a vida com umas sensações de estranhamento e inadequação muito grande nos espaços de sociabilização, quando estava solteiro. Minha libido oscila bastante, e é muito difícil sentir atração sexual por alguém, sou quase que indiferente em relação a isso, não fosse uma vontade do meu racional em hipoteticamente buscar por sexo, devido á hiperssexualizacao, não sei. Mas simplesmente quando algo raramente acontece (quando alguém me "pega" na noite) sem que haja algum vínculo forte, as coisas desandam e não acontecem como ""deverião"", gerando frustração, descontentamento, etc. E nada de errado com a pessoa, apenas nao rola.

É engraçado que como tive experiências com poucas pessoas, não consigo ser muito taxativo em relação á minha vivência. O fato é que com 4 pessoas que aconteceu como relatei acima, foi muito desconfortável toda a situação. Tiveram mais talvez 2 pessoas que fluiu, porque eram muito minhas amigas, e nada muito além disso. E sinto que tive a sorte de ter 2 relacionamentos longos na vida com pessoas que eram minhas amigas e me apaixonei depois de um tempo.

Porém fora disso, não sinto tesão, não me sinto atraído pelas pessoas, e não ajo em prol disso. O engraçado é que sou lido como uma pessoa "atraente" e não sou tímido ou coisas do tipo, o que me deixam sem entender essas particularidades da minha vida sexual. E minha situação é bem discrepantes da das pessoas que me cercam, porque todos me incentivam, as situações se apresentam, e nada acontece porque fico indiferente a isso, querendo apenas conversar e conhecer as pessoas.

Bom descobrir esse campo da sexualidade está me trazendo um alívio imenso agora aos 30 anos, para me aceitar e ficar de boas com isso, e até desfazendo um pouco algumas nóias como sociofobia, medo de me encontrar em algumas situações, vontade de fugir e comecar uma vida nova, e etc, que acho que foram sendo criadas em decorrência de minha vivência.

Bom estou pesquisando muito e tentando me conhecer, vejo que no mínimo eu tenho alguns aspectos da demissexualidade bem fortes em mim. A partir disso estou tentando pensar algumas estratégias para experimentar, descobrir que tipos e profundidade de vínculos podem gerar alguma atração sexual. Fiquei com umas ideias bem vagas também de trabalhar outros campos da minha vida, e explorar o mundo também.

Fico curioso em relação ao uso de aplicativos de paquera por pessoas assexuais/demissexuais/grissexuais, como utilizá-los de um modo seguro e confortável, tendo em vista que vivemos numa sociedade machista que além de hipervalorizar o sexo joga uma carga pesada sobre a sexualidade masculina (cishetero).

Estou bastante empolgado com a comunidade e com as trocas que podem surgir aqui. E é engraçado porque mesmo sem ter nenhum contato com o campo, passei quase que 10 anos elaborando com amigos mais próximos e até no meu último relacionamento esse meu jeito particular de ser em relação ao sexo.

Um grande abraço a todos

Olá, seja bem vindo! fatia de bolo bolo fatia de bolo

Me identifiquei bastante com seu relato, assim com vc, eu me descobri já próximo dos trinta e entendo essa angustia e desconforto com as experiências que a gente vai tendo. E é um alívio quando a gente finalmente se encontra! É uma sensação muito boa. Depois que a gente se encontra já não vai mais precisar se cobrar tanto ou tentar se encaixar no mundo sexual.

Bom, boa sorte no processo de autoconhecimento, espero que faça amizades no fórum sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana55
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
Luciana55

Mensagens 3
Inscrição 26/02/2021
Idade 54
Pensamento A gente só leva embora o que viveu..

Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Re: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty27/2/2021, 20:23

Olá, boa noite. Sem bem o que você sente. Espero também poder encontrar alguém que entenda e respeite esta orientação.

Abraços e boa sorte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Descobrindo-me Demi aos 30 Empty
MensagemAssunto: Re: Descobrindo-me Demi aos 30   Descobrindo-me Demi aos 30 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Descobrindo-me Demi aos 30

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Apresente-se-