InícioFAQMembrosGlossárioBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | .
 

 Vamos escrever então

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Vamos escrever então   22/10/2018, 23:40

Olá, Meu nome é João Pedro, tenho 24 anos e moro em Encantado-RS. Minha vida é extremamente simples, com poucos detalhes, mas também atípica. Meu primeiro beijo foi aos 19 anos, já no segundo semestre do curso de medicina na Ufpel, 1 mês após a morte da minha mãe por câncer, que tratava há 4 anos e que foi o que me motivou a cursar medicina. Meu relacionamento durou 7 meses, eu tinha extrema(mesmo) atração sexual com ela mas a garota acabou não querendo realizar nenhum ato e me largou logo em seguida. Ela também cursava medicina em outro local, mas éramos da mesma cidade natal o que tornava semanal nossos encontros. Ela tinha histórico de competir ciclismo. Após o fim do relacionamento, para compensar a sua falta, eu iniciei ciclismo, desde então pedalo cerca de 16 mil km/ano.  Descobri durante o curso que eu tenho transtorno de personalidade esquizoide, isto é, sou desligado da realidade, isolado, recluso socialmente, com uma vida interior emocional muito forte, evito a ansiedade de lidar com as pessoas, usando sempre uma máscara do que eu realmente sou; não consigo demonstrar sentimentos, apesar de tê-los, pois eles são confusos, são sentimentos de paixão de algo que nunca realmente tive, dessintonizados com a realidade.
Desenvolvi um fascínio enorme por culinária e nutrição, principalmente confeitaria, panificação, e cozinha moderna (aka sous vide, molecular, científica), lendo muitos livros sobre...

Não tive mais nenhum relacionamento durante toda faculdade, apesar de ter vontade de me relacionar com uma mulher, nunca fui a nenhuma festa, pois odeio me sentir sozinho em meio a multidão.
Em 5 anos, surgiram poucas (<5)mulheres que tive atração romantica e sexual mas estavam compromissadas, e eu sigo um código moral bem forte. Ao mesmo tempo, evitei as que tentaram uma aproximação comigo pois eu não sentia atração nenhuma, muitas vezes pelo contrário, ao ver as tentativas de aproximação eu sentia repulsa.
Os últimos dois anos da faculdade que são o internato, foram complicados pela minha personalidade e por ter decidido que não queria a medicina como profissão, principalmente pelo fato de já ter dinheiro suficiente para sempre.
Agora estou de volta à minha cidade natal, formado médico, morando sozinho, pedalando 20 horas por semana + musculação, aprendendo a capinar para plantar minha própria horta, vivendo essencialmente sozinho. lendo, lendo, lendo e chegando até este fórum em que senti que existe pelo menos algo em comum comigo, muitas pessoas demissexuais. Mas só isso também, como bem percebo. Ou seja, agora nos últimos meses após formado e ter conseguido me libertar do inferno que estava sendo cursar medicina em uma cidade distante da minha, surgi das cinzas procurando uma garota que eu consiga sentir qualquer tipo de conexão e atração; ao longo do tempo percebi que eu só consigo sentir atração quando alguns vários quesitos estão presentes, e todos eles remontam à única garota a qual eu já me apaixonei e provavelmente morrerei apaixonado.
Sad life ~=s
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
Yar
Novato(a)
Novato(a)
avatar

Mensagens 22
Inscrição 06/10/2018
Idade 22

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   24/10/2018, 00:08

Olá João, muito bom ler esse tipo de relatos tão detalhado, ajuda a entender melhor, aprendi que cada um é muito relativo, cada um tem algo diferente dentro de si, também sinto turbilhões de coisas dentro de mim que nem sei explicar, complexo psicologico fudido o meu haha, mais já nem tento mais entender, apenas convivo com isso, espero que se encontre aqui no fórum.

Enviado pelo Topic'it
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   24/10/2018, 09:44

Obrigado Yar.  Não mandei MP por não ser permitido para mim ainda pela qtd de posts.
Realmente estou com tempo de sobra para pensar.
Há 16 dias esta minha ex veio puxar papo, me jogou de volta às correntezas do oceano, e logo em seguida decidiu parar de falar ao ver que não funciono para ela. Difícil para mim...
Enfim, pedi ajuda como amigo para ela há 2 dias, e ela me fez entender que esse fanatismo que sinto por ela é gratidão por ter conseguido fazer eu estabelecer vínculo e talvez não amor...
O meu caso é estranho, e eu não gosto de discutir em voz porque quando eu digo oralmente, me fere...
Ao refletir bastante, eu vejo que sou mesmo esquizoide e demissexual romantico, complicado.
Veja bem, eu gostaria de ter relação sexual, mas com alguém que tenho vínculo; como não consigo criar vínculo não posso ter relação sexual, então provavelmente ficarei preso nesta situação até encontrar alguém parecido, se é que encontrarei pelo tempo limitado de vida que temos.
É como se eu fosse um grupo separado dentro dos grays-a.
São anos procurando um grupo em que eu procure me encaixar, e infelizmente, vejo que o que tu dizes é o que preciso aceitar mas em plenitude, não só tenho algo diferente como sou totalmente diferente sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
Sam
Mestre
Mestre
avatar

Mensagens 557
Inscrição 03/04/2012
Idade 29

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   24/10/2018, 20:18

Olá, João Pedro. Seja bem-vindo  fatia de bolo

Sei que você é médico e não me entenda errado, não estou questionando sua capacidade de identificar o transtorno de personalidade esquizoide. Só fiquei pensando num detalhe: você não mencionou se recebeu o diagnóstico de outro médico. Como você deve saber, o auto-diagnóstico é desaconselhado para médicos e espero que não seja o seu caso.

joaopedro escreveu:
É como se eu fosse um grupo separado dentro dos grays-a.

Por um lado, a sexualidade de uma pessoa dificilmente é igual a de outra, então nunca é bom tentar comparar a fundo ou tentar se encaixar 100% em uma classificação. Somos muito mais complexos do que um grupo de palavras é capaz de descrever. Por outro, as características gerais abrangidas pela demissexualidade parecem ser bem características ao seu caso. Já vi muitos relatos parecidos ao seu.

joaopedro escreveu:
Não mandei MP por não ser permitido para mim ainda pela qtd de posts.

Nesse momento que escrevo a mensagem, você tem quatro mensagens postadas. Só falta mais uma postagem para ser capaz de mandar MP.


The piano is not firewood yet.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   24/10/2018, 23:43

Muito obrigado Sam! O diagnóstico foi feito por mim e por colegas agora médicos durante uma aula de psiquiatria sobre este transtorno de personalidade... não consegui aguentar o atraso de 15' na sala de espera da psiquiatra no ano seguinte quando fui buscar ajuda, complicado.
Planejo iniciar acompanhamento logo, quando criar coragem.
Espero que se eu conseguir evoluir um pouco consiga formar alguma relação, pois eu sei que ter relação é melhor que não ter, baseado na experiência prévia... por enquanto não estou conseguindo sair da confortante situação com a bicicleta, enxada, cozinha e dezenas de livros de gastronomia..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
PaulaAP
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 8
Inscrição 28/10/2018
Idade 36

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   10/11/2018, 22:55

Te entendo João, já fiquei ligada a um ex por 3 anos, e olha que ele morava em outro estado, mesmo a distancia eu me mantinha ligada a ele através de pensamentos e mensagens, até que depois de determinadas situações vi que não tinha como manter esse meu amor platônico, se é que eu sentia amor, hoje até duvido disso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 07:36

PaulaAP escreveu:
Te entendo João, já fiquei ligada a um ex por 3 anos, e olha que ele morava em outro estado, mesmo a distancia eu me mantinha ligada a  ele através de pensamentos e mensagens, até que depois de determinadas situações vi que não tinha como manter esse meu amor platônico, se é que eu sentia amor, hoje até duvido disso.

Eu nem sei mais, ela pode me mutilar em cubos de strogonoff e todos cubinhos continuariam com essa mesma atração inexplicável kkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
llllElohimllll
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 51
Inscrição 02/11/2018
Idade 20
Pensamento "Só sei que nada sei" - Sócrates

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 16:16

Olá joão, eu super entendo sobre este vinculo que é necessário para ter um relacionamento com alguém. Bom o único vinculo forte que formei foi com um cara que fez o mesmo curso que eu de Web Designer , bom a pessoa era extremamente educado e gentil comigo, coisa que nunca tinha acontecido comigo fora do núcleo familiar, as outras pessoas que eu conheci apenas ficavam me zombando e fazendo o famoso bullying comigo, passei por isso na maior parte da minha adolescência. Uma pessoa chegou a me falar que tudo aquilo que eu sentia por aquele cara era um amor platônico pois não chegamos a ter nada além do coleguismo dentro da sala de aula. Eu até hoje penso nesse cara, apesar de ter descoberto que ele era gay, eu ainda sinto muita falta da presença dele. Nessa descoberta de ele ser gay gerou uma mágoa profunda em mim, pois eu e ele na época tínhamos muitas coisas em comum, eu diria até que eramos muito parecidos em termos de conhecimentos esotéricos. E esse cara foi o único até hoje que eu sentia vontade de ter um relacionamento com ele. Pra você ter uma noção faz um pouco mais de 6 anos que ainda penso nele. Eu sou do tipo de pessoa que acha algumas pessoas insubstituíveis na minha vida. Eu também quando vou olhar para alguém eu procuro alguém idêntico ao meu primeiro amor, mas sempre é aquela história só existem pessoas pessoas similares não exatamente iguais.

Bom eu já cheguei a me apaixonar outras vezes mas nada igual ao que eu senti por esse cara gay. Já teve alguns amigos meus que quiseram ter algo a mais além de amizade comigo, e eu sempre achava super inconveniente esse tipo de situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 18:05

llllElohimllll escreveu:
Olá joão, eu super entendo sobre este vinculo que é necessário para ter um relacionamento com alguém. Bom o único vinculo forte que formei foi com um cara que fez o mesmo curso que eu de Web Designer , bom a pessoa era extremamente educado e gentil comigo, coisa que nunca tinha acontecido comigo fora do núcleo familiar, as outras pessoas que eu conheci apenas ficavam me zombando e fazendo o famoso bullying comigo, passei por isso na maior parte da minha adolescência. Uma pessoa chegou a me falar que tudo aquilo que eu sentia por aquele cara era um amor platônico pois não chegamos a ter nada além do coleguismo dentro da sala de aula. Eu até hoje penso nesse cara, apesar de ter descoberto que ele era gay, eu ainda sinto muita falta da presença dele. Nessa descoberta de ele ser gay gerou uma mágoa profunda em mim, pois eu e ele na época tínhamos muitas coisas em comum, eu diria até que eramos muito parecidos em termos de conhecimentos esotéricos. E esse cara foi o único até hoje que eu sentia vontade de ter um relacionamento com ele. Pra você  ter uma noção faz um pouco mais de 6 anos que ainda penso nele. Eu sou do tipo de pessoa que acha algumas pessoas insubstituíveis na minha vida. Eu também quando vou olhar para alguém eu procuro alguém idêntico ao meu primeiro amor, mas sempre é aquela história só existem pessoas pessoas similares não exatamente iguais.

Bom eu já cheguei a me apaixonar outras vezes mas nada igual ao que eu senti por esse cara gay. Já teve alguns amigos meus que quiseram ter algo a mais além de amizade comigo, e eu sempre achava super inconveniente esse tipo de situação.  

Bom saber que existe outra pessoa que mesmo após tanto tempo continua procurando alguém com as mesmas características! Ontem eu dei uma stalkeada de 1hora nos teus comentários e apesar de ser o oposto de ti em muitas coisas como a questão de religião e por eu ser extremamente cético e seguir a vida numa abordagem de método científico, te achei a pessoa mais interessante que surgiu nas minhas páginas nos últimos anos, provavelmente por causa da complexidade dos teus pensamentos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
Lucy Human
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 13
Inscrição 06/04/2017
Idade 24
Pensamento "Esses prazeres violentos têm fins violentos" William Shakespeare

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 21:13

joaopedro escreveu:
PaulaAP escreveu:
Te entendo João, já fiquei ligada a um ex por 3 anos, e olha que ele morava em outro estado, mesmo a distancia eu me mantinha ligada a  ele através de pensamentos e mensagens, até que depois de determinadas situações vi que não tinha como manter esse meu amor platônico, se é que eu sentia amor, hoje até duvido disso.

Eu nem sei mais, ela pode me mutilar em cubos de strogonoff e todos cubinhos continuariam com essa mesma atração inexplicável kkkkkk

Foi a melhor alegoria de retalhação de sentimento que já li!, mas de verdade espero que consiga superar o término e bola pra frente. sorrindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joaopedro
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 15
Inscrição 22/10/2018
Idade 24

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 22:10

Lucy Human escreveu:
joaopedro escreveu:
PaulaAP escreveu:
Te entendo João, já fiquei ligada a um ex por 3 anos, e olha que ele morava em outro estado, mesmo a distancia eu me mantinha ligada a  ele através de pensamentos e mensagens, até que depois de determinadas situações vi que não tinha como manter esse meu amor platônico, se é que eu sentia amor, hoje até duvido disso.

Eu nem sei mais, ela pode me mutilar em cubos de strogonoff e todos cubinhos continuariam com essa mesma atração inexplicável kkkkkk

Foi a melhor alegoria de retalhação de sentimento que já li!, mas de verdade espero que consiga superar o término e bola pra frente. sorrindo

fazer o quê! acho que quando eu encontrar alguém eu vou esquecê-la; o fato é que como foi a única ''semi relação'' é minha única fonte de imaginação no quesito amoroso! Eu queria MESMO conseguir conversar com alguma menina in-vivo macaco 2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.strava.com/athletes/4306539
Lucy Human
Acabei de chegar!
Acabei de chegar!
avatar

Mensagens 13
Inscrição 06/04/2017
Idade 24
Pensamento "Esses prazeres violentos têm fins violentos" William Shakespeare

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   11/11/2018, 22:53

joaopedro escreveu:
Lucy Human escreveu:
joaopedro escreveu:
PaulaAP escreveu:
Te entendo João, já fiquei ligada a um ex por 3 anos, e olha que ele morava em outro estado, mesmo a distancia eu me mantinha ligada a  ele através de pensamentos e mensagens, até que depois de determinadas situações vi que não tinha como manter esse meu amor platônico, se é que eu sentia amor, hoje até duvido disso.

Eu nem sei mais, ela pode me mutilar em cubos de strogonoff e todos cubinhos continuariam com essa mesma atração inexplicável kkkkkk

Foi a melhor alegoria de retalhação de sentimento que já li!, mas de verdade espero que consiga superar o término e bola pra frente. sorrindo

fazer o quê! acho que quando eu encontrar alguém eu vou esquecê-la; o fato é que como foi a única ''semi relação'' é minha única fonte de imaginação no quesito amoroso! Eu queria MESMO conseguir conversar com alguma menina  in-vivo  macaco 2
Entendendo, cada um faz a alusão que imagina melhor, hahaha... e se eu fizer seu tipo pode me adicionar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
llllElohimllll
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens 51
Inscrição 02/11/2018
Idade 20
Pensamento "Só sei que nada sei" - Sócrates

MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   12/11/2018, 14:25

joaopedro escreveu:

Bom saber que existe outra pessoa que mesmo após tanto tempo continua procurando alguém com as mesmas características! Ontem eu dei uma stalkeada de 1hora nos teus comentários e apesar de ser o oposto de ti  em muitas coisas como a questão de religião e por eu ser extremamente cético e seguir a vida numa abordagem de método científico, te achei a pessoa mais interessante que surgiu nas minhas páginas nos últimos anos, provavelmente por causa da complexidade dos teus pensamentos!

Gratidão, fico feliz em saber que eu apresento ter algum conteúdo interessante para alguém.
Modéstia a parte eu apenas procuro estudar sobre diversos assuntos que agreguem tanto culturalmente quanto para o meu auto conhecimento.Eu gosto de aprender coisas novas.

E quanto ao seu aspecto cético eu não o vejo como errado, afinal cada um sabe o melhor para si.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Vamos escrever então   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Vamos escrever então

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Bon dia
» Hola !!! Soy Sofia
» Evento de Carros na Horiginal - 17/09/2011
» [Resultado] XXX Torneio de Fotos Cloth Myth Revolution
» Vamos contar até 10000

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade Assexual :: Comunidade Assexual :: Apresente-se-